O adeus a Deber Zambelli

Deber Zambelli faleceu no último domingo

  Neste início de 2020, a ginástica de Juiz de Fora perdeu um de seus principais pilares. Morreu, aos 51 anos, o técnico da equipe do Clube Bom Pastor, Deber Zambelli Pedrosa.

  Ele estava internado desde o dia 19 de dezembro de 2019 no Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e faleceu no sábado, dia 4. A causa da morte não foi informada. Uma missa em memória de Deber foi marcada para sexta, dia 10, na Igreja de Santa Terezinha.

Referência

  Sempre ao lado do irmão e técnico da Academia de Comércio, Wanderson Zambeli, o treinador levou o nome da ginástica de trampolim de Juiz de Fora pelo País, através do continente e para o mundo. Deber foi comandante de diversos atletas locais com sucesso em disputas escolares, estaduais, campeonatos brasileiros, sul-americanos e pan-americanos, além de participações em mundiais.

  Recentemente, levou o ginasta Rodrigo Ribeiro ao título do Pan. A medalha de ouro garantiu presença do técnico e do pupilo no Mundial de Sofia, na Bulgária, em 2017.

Grande perda

Rodrigo e Deber em Sofia, na Bulgária

  Em mais 20 anos de carreira, também comandou a equipe do Instituto Vianna Júnior. Deber deixa, além do irmão e diversos alunos e atletas, também mãe e irmã. O corpo do treinador radicado em Juiz de Fora foi velado na cidade e sepultado em sua terra natal, Piau, no domingo, dia 5.

  O presidente do Panathlon Clube Juiz de Fora, Basileu Tavares, lamentou a grande perda para o desporto do município. “É um momento de dor e tristeza pela ausência do Deber, irmão do nosso querido companheiro panatleta, Wandeson Zambeli. Um técnico super premiado, que tinha orgulho das indicações que recebia, convocado para compor a comissão técnica da Seleção Brasileira. Isso descrito por seu próprio irmão. Juiz de Fora perde um grande nome da ginástica. Perde um referencial, um técnico profissional dedicado e que tinha o prazer de trabalhar com as crianças. Nos despedimos dele, sentindo a enorme perda para o esporte da cidade e de Minas Gerais também.”   

Gratidão

Clube Bom Pastor fez postagem de agradecimento

  Em postagem no domingo, o Clube Bom Pastor lamentou a perda do profissional que tinha, na agremiação, mais de 140 crianças sob sua orientação. Na manifestação de pesar do Aurianil, também ficou registrada a satisfação por ter contado com os ensinamentos de Deber no curso da história da instituição. 

  “Mestre muito querido, profissional dedicado, Deber Zambelli amava a Ginástica com todo seu coração. Seu amor pelo esporte inspirou centenas de pessoas que passaram por sua tutela, agradecidos por terem aprendido muito mais do que saltos e acrobacias. Deber deixa um legado valiosíssimo à nossa comunidade, em conquistas e técnicas, mas também nas lições gravadas no coração de todos os que com ele conviveram. Aprender a levantar e tentar novamente, a dedicar-se a um objetivo, a aprimorar cada vez mais o que nos propomos a fazer… Estamos com o coração apertado de tristeza por sua partida, mas certos de que ele está agora com Deus, e gratos por termos tido o privilégio de tê-lo em nossa história para sempre”, diz a postagem no Facebook do Bom Pastor.

Adeus dos pupilos

  Nas redes sociais, desde o fim de semana, foram muitas as manifestações de carinho e pesar com o falecimento de Deber. Atletas treinados pelo técnico do Bom Pastor em diferentes épocas deixaram seu adeus aos mestre, palavras emocionados reproduzidas na íntegra pelo Toque a seguir:

Raphael Vasconcellos

  “Aperta o peito em saber que você partiu. Da um nó na garganta. Por tantos anos na minha infância você se fez presente, ensinando que existem dias em que você ganha e outros que você perde. Tantas memórias. Tantas conquistas. Tantas “voltas olímpicas” no retorno das competições. Tantas vitórias. Passo na entrada do Vianna e vejo os nossos títulos, com recordações lindas. E hoje nos despedimos de você, com seu sorriso largo e acolhedor, e é assim que vou lembrar de ti, meu técnico. A paixão pela Ginástica de Trampolim, as medalhas, e todas as lembranças que fazem menção a você, estão guardadas no fundo do coração. Faltam palavras para te descrever, mas tenha certeza que marcou a vida de todos a sua volta. Descanse em paz, tio Deber.”

Julio Nascimento

  “Obrigado por tudo professor. Foram 15 anos de muito aprendizado, muitas vitórias e muitas derrotas. Sempre fomos obstinados pelo sucesso, costumávamos repetir esta frase nas competições, e esta forma de viver sempre cumprimos a risca. Desistir, desanimar, esmorecer, nunca foi uma opção apesar das adversidades. Sou grato por ter tido a oportunidade de conviver com uma pessoa tão generosa, competente, perspicaz e de uma envergadura moral invejável. Você mudou o destino de várias pessoas através do esporte, e é justamente esta forma de enxergar o mundo e as pessoas que morava seu brilhantismo. Que Deus esteja ao seu lado e que, de alguma forma, minha fé possa levar estas palavras até você!”

Cláudia Santos

  “É tio desde 4 aninhos vc estava comigo quantas viagens, quantas risadas, quantas broncas para me fazer melhor. Meu primeiro professor de educação física meu amado professor de GT por 14 anos te amo te amo te amo vai fazer no céu o que fez de melhor aqui BRILHAR meu sempre tio Deber Zambelli Pedrosa.”

Deber ao lado de Lohayne

Lohayne Clavelari

“Foram 13 anos do lado dessa pessoa maravilhosa , que me ensinou desde meus 5 aninhos a ser forte , a ser determinada , que sempre me dizia “se cair vc levanta e continua”, a pessoa q sempre acreditava em mim mesmo eu não acreditando, a pessoa que quando eu falava “eu não vou conseguir” ele tava lá brigando cmg e dizendo q eu conseguiria… É tio Deber vc me ensinou a perder nas competições e continuar, mais não ensinou um dia ter que perder você eu estou literalmente sem chão com essa notícia, mais sempre lembrarei de vc nos momentos em que mais nos divertíamos, nos treinos, nas viajem, nos seus estresse quando agt queria só zuar e falava com agt que tínhamos que durmir, lembrarei de todos os momentos com vc que foram os melhores, eu só tenho agradecer por todos os ensinamentos e por ter me tornado essa pessoa q sou hoje por vc eu amo vc e vc nunca vai ser esquecido.”

Marina Loures

  “Com o coração apertado comunico o falecimento de uma das pessoas mais incríveis que conheci, meu pra sempre professor Deber Zambelli Pedrosa. Pra sempre vai estar nas minhas melhores lembranças, e é assim que quero lembrar de você, com esse sorriso aberto e do abraço gostoso no final das séries que sabíamos que dariam medalha! Obrigada por ter me dado a melhor infância que uma criança poderia ter tido! Que deus te receba com a mesma alegria que você sempre distribuiu aqui na terra! Te amo!”

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Facebook Clube Bom Pastor; Divulgação; e Facebook Deber Zambelli

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário