Nascif: ‘Sei que só tenho dois, três jogos’

  O Módulo 2 do Campeonato Mineiro 2020 ainda nem começou, e o técnico do Tupi, Alex Nascif já sabe que tem apenas poucas oportunidades de mostrar serviço.

Alex treina um time profissional pela primeira vez

  Falando nesta segunda, dia 27, sobre a pressão de assumir como técnico de um time profissional pela primeira vez na carreira, o comandante do Carijó acredita que, a partir da estreia na Segunda Divisão do Estadual, no dia 8 de fevereiro, às 15h, contra o Pouso Alegre, fora de casa, seu cargo está em jogo.

  “Sei que só tenho aí, dois, três jogos para demonstrar resultado. Se não, é o ciclo do futebol brasileiro”, avalia o treinador.

Pressão pessoal

 Embora saiba que tem que vencer para permanecer no cargo, Nascif prefere que seu time tenha uma forma de jogar definida e não vença por acaso. “Falei com os jogadores essa semana. Se eu não for continuar para a frente, que o time tenha ideias. É assim que baseio meus treinamentos. Se o resultado não vier, trabalhamos com ideias. Prefiro assim do que ter o resultado sem elas. Penso dessa forma”, explica.

  O profissional diz estar acostumado com a pressão pois, além da experiência e rodagem no futebol, pessoalmente se cobra bastante. “Minha vida toda foi pressão. Nunca tive nada fácil. Não fui jogador, e atualmente estou com 32 anos com passagens por dez clubes de futebol. Sempre tive esse sonho, de ser um treinador de futebol, e estou realizando ele no Tupi, clube do meu coração e da minha cidade. Ninguém me cobra mais do eu”, define.

Mathues Mega marcou no teste de domingo

Bom teste    

  No último domingo, dia 26, o Tupi fez mais um teste de seu grupo em formação. A vitória sobre o Núcleo Esportivo São João Nepomuceno, por 3 a 0, com gols do atacante Ânderson, do centroavante Gueguel e do zagueiro Matheus Mega agradou, não pelo placar em si, mas pelo desempenho do time em campo.

  “Jogamos contra a equipe do (Marco Aurélio) Ayupe (ex-jogador do Vasco). Já enfrentei ele em 2012, com o Tupi, e em 2014 com o Tombense. Sempre foram jogos muito difíceis. Neste domingo tinham jogadores lá que atuam na China e outros internacionais. Me agradou pelo que foi feito em campo, não tanto pelo resultado”, avalia Alex.

  No próximo fim de semana, o Carijó fará mais um teste, no sábado, dia 1º, jogando em Rio Pomba, contra o América local. Este deve ser o último amistoso do time alvinegro antes das estreia no Módulo 2.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Foto: Toque de Bola

Deixe seu comentário