JF Vôlei vence a Copa Trade!

Saque do JF Vôlei fez diferença contra o São José

  No ensaio geral para a Superliga B 2020, o JF Vôlei não vacilou e, perdendo apenas um set, venceu a segunda edição da Copa Trade, disputada no último fim de semana no Ginásio da Faculdade de Educação Física e Desporto (Faefid) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

  A conquista do torneio amistoso veio com vitória por 3 sets a 0 (25/22, 25/21 e 25/23) sobre o São José Vôlei, do interior de São Paulo, na manhã deste domingo, dia 19. Na sexta, dia 17, os juiz-foranos haviam batido o Lavras, por 3 a 1 (25/17, 22/25, 25/13 e 25/19). Ambos os oponentes na Copa Trade disputam a Superliga B ao lado do JF Vôlei que estreia no sábado, às 19h, contra o Vedacity/Guarulhos-SP, no Ginásio da Faefid.

Na base do volume 

Marcos Henrique destacou sistema para vencer

  Na partida deste domingo, por conta da derrota do São José, no sábado, dia 18, por 3 a 1, para o Lavras, o JF Vôlei só precisava vencer dois sets para se sagrar campeão da Copa Trade. Os juiz-foranos fizeram uma partida de altos e baixos, segundo o técnico Marcos Henrique. “Na sexta, nosso sistema de sideout (a virada direta no serviço do adversário) estava muito elevado. Já contra o São José, caiu um pouco e conseguimos nos recuperar no segundo set, no sistema de saque, bloqueio e defesa, que gosto muito”, avalia. “Vencer o torneio nos dá moral, confiança e conhecimento das ações dentro de quadra”, completa o treinador.

  A entrada do ponteiro Lucca, sacando bem, dando volume à defesa e virando bolas foi fundamental para a retomada do controle do marcador. O jogador ficou contente em vir do banco para brilhar e está na luta por uma vaga entre os titulares. “Uma equipe base sempre tem. Mas nosso grupo é muito homogêneo, forte. Todo mundo está brigando por posição. Não tem ninguém muito melhor que o outro. Fiquei feliz em contribuir. Ganhamos confiança com o título, mas não podemos deixar isso subir à cabeça. Agora começa pra valer o grande objetivo da temporada, A Superliga B”, diz o jogador.

Como foi    

Vindo do banco, Lucca foi decisivo contra o São José

  Logo no inicio do jogo deste domingo, o JF Vôlei se impôs e abriu vantagem confortável. Mas os jovens do São José não desistiram da parcial, chegaram a empatar em 10 a 10, embora não tenham mais conseguido acompanhar após grande passagem do central Renan Levandosky pelo saque. No fim, vitória juiz-forana por 25 a 22.

  O segundo set poderia dar o título aos locais, mas quem começou dominando, aproveitando-se de erros de recepção e no ataque foi o São José. Foi então que Lucca veio do banco para ajudar o JF Vôlei a retomar a frente, com consistência no passe e saques potentes. A nova vitória, por 25/21 garantiu o caneco, mas os donos da casa queriam fechar com um 3 a 0, que veio com o 25/19 na terceira parcial, novamente por conta da pancadas e volume proporcionadas pelo camisa 8 juiz-forano.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Toque de Bola  

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário