Mais três!

  Após uma terça, dia 3, recheada de novidades, o JF Vôlei manteve o ritmo no mercado e anunciou mais três nomes para a temporada 2020. O líbero Matheus Oliveira e o oposto Lucca Beltrão, que estavam no São José (SP), e o ponteiro Vinicius dos Santos, ex-AVP Palmas (PR), são os três que fecham a lista de reforços para a temporada, pelo menos por enquanto.

Na retaguarda

Matheus é líbero e chega com créditos com Marcão

  Com passagens por importantes clubes como Taubaté, Corinthians Guarulhos e Minas, além de convocação para a seleção brasileira juvenil, o líbero Matheus, de 25 anos e 1,80m, falou sobre o convite recebido pelo técnico Marcão.

  “Recebi o convite do treinador Marcos. Foi falando os atletas que estavam contratando também, me interessou muito o projeto e surgiu a oportunidade. Estou muito ansioso e confiante para o início da temporada”, afirmou o atleta.

  Responsável direto pela contratação, Marcão enaltece a qualidade de Matheus e coloca como jogador de nível Superliga A: “É um atleta fantástico, um líbero de nível muito acima, na minha visão é um dos principais da Liga B e tem condições tranquilamente de jogar novamente a Superliga A. Trabalhei com ele em Volta Redonda, conheço desde a categoria de base, quando jogava contra. É um cara que está muito obstinado em conquistar o espaço no mercado e se firmar. Tecnicamente muito preciso no passe e tem como ponto forte a defesa e suas recuperações”, analisou o treinador.

Jovem promessa

Lucca é reforço do JF Vôlei

  Um pouco mais jovem, o oposto Lucca Beltrão tem 20 anos, 1,98m, e atua também como ponteiro. Com atuações de destaque no Minas, o atleta se transferiu para o São José.

  “O JF Vôlei é um time que consegue mesclar bem experiência e jovialidade. Minha expectativa é que a gente consiga a vaga na A, colocar de volta Juiz de Fora na Superliga A, na elite do voleibol brasileiro, que é o que a cidade merece, pois tem uma torcida muito presente e que abraça o projeto. Quero brilhar o máximo possível e trazer alegria para a cidade e para o projeto”, disse o garoto.

“Vinícius multifuncional”

  Ponteiro, de fato, Vinicius dos Santos foi companheiro de Caio, Fernando Pilan e Muryllo Coutinho no AVP Palmas durante o Campeonato Paranaense. O atleta completou 23 anos recentemente e mede 2m.

Vinícius falou em levar o JF Vôlei de volta a Superliga A

  “O que me levou a fechar com Juiz de Fora foi a filosofia de trabalho. Sou um cara que estou sempre me desafiando, acredito que o Marcão é um cara que vai sempre me desafiar e me tirar da zona de conforto. É uma evolução pessoal e profissional. O time, apesar de jovem, é bem rodado e conta com atletas experientes. Espero retribuir a confiança que a comissão técnica tem depositado em mim e conquistar bons resultados para a equipe”, finalizou.

  O técnico Marcão foi só elogio para Vinicius. Além de ter acompanhado seu desempenho, reforça que recebeu referências positivas sobre o atleta.

  “Foi uma grata surpresa. Já tinha visto jogar por Minas Gerais, no Brasileiro de Seleções Juvenil, ele jogava de oposto. Foi adaptado para a ponta. Se destacou no Paranaense, tive várias referências boas. É um menino que vem para ser nosso ponteiro de força, um cara que vai, junto com oposto, ter a responsabilidade de rodar a bola. Tem também um saque viagem muito interessante e um ataque potente, com certeza vai contribuir muito para a equipe”.

Texto: Toque de Bola – Pedro Sarmento, com colaboração e informações de Eduardo Kaehler/JF Vôlei

Fotos: Vinicius Serra/JF Vôlei 

Deixe um comentário