Início pesado!

Técnico Paulo Campo analisou dura sequência do Baeta

  Logo quando foi divulgada, a tabela do Campeonato Mineiro 2020 causou espanto em torcedores e imprensa: o Tupynambás pegará, logo após a estreia, na mesma semana, os três grandes clubes da capital: Atlético, América e Cruzeiro.

  O técnico Paulo Campos falou com exclusividade sobre a sequência mais dura da competição estadual para o Tupynambás. “É a primeira vez na história de um campeonato estadual na qual uma mesma equipe joga contra os três gigantes de um estado em sequência. Falando dos quatro principais torneios do País, não tem um clube que jogue contra os principais times daquela competição seguidamente”, destaca.

Tem que ir pra cima

  Segundo Campos, por conta do que ocorreu na temporada 2019, os gigantes de Minas Gerais farão mudanças. Mas, para conseguir ir bem no Mineiro 2020, seu time tem que superar o que os times de maior investimento vão apresentar. “Os três, Atlético, América e Cruzeiro, estão entre os maiores clubes do futebol brasileiro. Estou certo de que virão diferentes, virão fortes. Se o Tupynambás quiser fazer uma grande campanha tem que passar por cima de todos.” 

  O experiente treinador projeta o que vai se passar com os rivais pelo que foi mostrado em 2019, e acredita em reação já no Mineiro. “O Atlético virá forte, querendo mostrar no Estadual que está pronto. O América Mineiro por uma questão de detalhe não avançou para a Série A. E o Cruzeiro, em um momento que as pessoas não acreditavam, acabou descendo para a Série B. Mas voltará mais forte do que nunca. É o grande Cruzeiro”, avalia Campos.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Foto: Toque de Bola

Deixe seu comentário