Estreia com confiança!

Coimbra foi campeão da Segundona em 2018

  Após o título invicto do Módulo II do Campeonato Mineiro em 2019, o Coimbra estreia no Módulo I na próxima temporada e terá um clube juiz-forano pela frente na fase de classificação: o Tupynambás.

  Na sequência de reportagens sobre os clubes em rápida ascensão no cenário estadual, a reportagem conversou de forma exclusiva com o treinador do Coimbra, Diogo Giacomini, que comanda a equipe de Contagem desde 2017. O período de trabalho do técnico coincide, justamente, com o crescimento meteórico do time ao longo das divisões do futebol mineiro. Ao Toque, ele falou sobre a ascensão do clube.

  “Eu reporto a rápida ascensão do Coimbra no cenário estadual pela estrutura física que o clube montou, pela estrutura de recursos humanos, de profissionais que o clube contratou para fazer parte do corpo técnico e pela seriedade das pessoas que comandam o projeto em termos de direção”, disse Giacomini.

O início

Diogo Giacomini levou o time da Segunda Divisão ao Módulo I em dois anos

  Fundado em 1986, o Coimbra recebeu esse nome como forma de homenagem a Artur Antunes Coimbra, o Zico. Por muitos anos como clube amador, tornou-se um clube empresa e fez seu cadastro na CBF (Confederação Brasileira de Futebol) em 2006.
  A partir daí, disputou campeonatos amadores, profissionalizou-se em 2009 e iniciou o projeto de construção de um novo Centro de Treinamento em 2016, que rendeu frutos a partir de 2017.

Subindo!

  No primeiro ano, o Coimbra ficou a um ponto de subir para o Módulo II do Estadual. Já em 2018, superou o Araxá na semifinal, garantiu o acesso e foi campeão sobre o Athletic, de São João Del Rei, nos pênaltis.
   Em 2019, outro acesso com título. Invicto, o clube de Contagem não foi derrotado nenhuma vez e garantiu seu segundo acesso consecutivo em dois anos.

  “O título do Módulo II de forma invicta, sem dúvida, fortalece muito o trabalho e acelera o processo de formatação da equipe para o Módulo I, visto que a gente manteve uma base de 80% desse elenco vencedor, que conseguiu dois acessos consecutivos pro clube. Com isso, nós já iniciamos o trabalho para o Módulo I com uma equipe muito mais sólida e vencedora”, analisou o treinador.

CT é destaque entre os clubes mineiro

Que venha o Módulo I

  Ansioso pela estreia com o clube no Módulo I, Diogo manter a confiança em seu elenco e prega “um passo de cada vez” no dia a dia do clube na próxima temporada.

  “A expectativa do Coimbra para o Módulo I em 2020 é fazer uma campanha bonita, obviamente com alguns objetivos na competição. O primeiro deles, que eu considero primordial para o nosso trabalho, é a equipe se manter no Módulo I. Foram dois acessos consecutivos de forma muito rápida, mas não podemos dar nenhum passo para trás nesse momento. Tendo cumprido esse objetivo, nós podemos pensar em buscar uma vaga na Série D para termos uma possibilidade de calendário durante o ano todo”, finalizou.

 Leia também:

Como o Pouso Alegre chegou ao Módulo 2

Conheça a trajetória do Betim, adversário do Carijó em 2020

Texto: Toque de Bola – Pedro Sarmento
Fotos: Divulgação/Coimbra Sports

 

Deixe seu comentário