Bom Pastor volta com troféu do Paraná

  As equipes de vôlei masculina e feminina sub-18 do Clube Bom Pastor retornaram a Juiz de Fora comemorando os bons resultados na Taça Paraná.

Equipe sub-18 feminina do Bom Pastor comemora no PR

  As meninas juiz-foranas faturaram o troféu de terceiras colocadas da Chave Bronze da competição, disputada entre 28 de outubro e 1º de novembro, em São José dos Pinhais, no Paraná, reuniu 155 times de todo o País.

  Os meninos ficaram em quarto na Chave Prata de sua faixa etária. Estavam representadas no torneio agremiações tradicionais do vôlei nacional como Minas Tênis Cube (BH), Sesi (SP) e Sada/Cruzeiro (BH), além de clubes de massa como os cariocas Fluminense, Botafogo e Flamengo.

Meninas 

  Após serem derrotadas na primeira fase, por 3 a 0, pelas paulistas do Barueri, pelas paranaenses do Círculo Militar/ARBS e pelas cariocas do Flamengo, as meninas de Juiz de Fora venceram o Clube dos Funcionários, do Rio de Janeiro, por 2 a 1. Em seguida, caíram diante do Avoar, do Paraná, por 2 a 0, o que as encaminhou para a disputa da Chave Bronze. 

Equipe feminina sub-18 do Clube Bom Pastor

  Nas quartas, o Bom Pastor passou pelo Brasília Vôlei, do Distrito Federal, por 2 a 1. Mas, em novo confronto com o Flamengo, ficou de fora da decisão da Chave Bronze. Na disputa do terceiro lugar, as juiz-foranas conquistaram a vitória, por 2 a 0, sobre o Colégio Vicente Rijo do Paraná. 

  Para o treinador das meninas do Bom Pastor, André Muzzi, o torneio saiu melhor do que a encomenda. “Fomos para que elas pudessem vivenciar um campeonato de alto nível. Jogamos contra equipes muito mais experientes e rodadas. As meninas evoluíram durante a competição e pudemos conquistar a terceira colocação da Chave Bronze. Foi muito melhor do que o esperado e serve de estímulo para alavancar o projeto, até mesmo pela mobilização das próprias atletas.”

Meninos 

  Depois de iniciarem com derrota para o Fluminense, do Rio, por 3 a 0, os garotos juiz-foranos venceram, por 2 a 1, o SMEL Araucária/ASPMA/Berneck e bateram o Galatasaray, do Paraná, por 3 a 0. Com vitórias sobre os paulistas do Itu, por 2 a 1, e sobre os paranaenses do Colégio Vicente Rijo, por 2 a 0, os meninos locais se mantiveram firmes na Chave Prata.

Para Mandela, time masculino surpreendeu no torneio

  Já nas quartas de final, vitória sobre os donos da casa, São José dos Pinhais, por 2 a 0. Mas, na semifinal da Chave Prata, os juiz-foranos não resistiram aos catarinenses do ABC do Voleibol/FMEBC, caindo por 2 a 1. Na decisão do terceiro lugar, nova derrota, dessa vez por 2 a 0, para os gaúchos do Vôlei Nova Petrópolis.

  De acordo com o técnico Marcos Vinícius “Mandela” Beviglieri, o desepenho dos rapazes surpreendeu positivamente. “A equipe foi para competição numa categoria acima da deles. No meu ponto de vista, surpreendeu chegando em quarto lugar na chave prata e oitava no geral, com 26 equipes na disputa. Foi muito importante para ganharem experiência, rodagem para o futuro.”

Os elencos

  Representaram o feminino do Bom Pastor no Paraná: Agatha de Souza, Ana Liz Hallack, Andressa Vasconcelos, Bruna de Freitas, Diana da Silva, Fernanda Hargreaves, Giovanna do Valle, Giuliana Serqueira,  Kaylanne dos Reis, Lara Pereira, Mirella Wunderlich, Paula Lauar, Rafaela Moraes, Yanka Nogueira e Yasmin Coelho. 

  No masculino, atuaram pelo time de Juiz de Fora: Gabriel Mesquita, Gabriel Spinelli, Gustavo do Valle, Gustavo Cardoso, Gustavo Lee, Gustavo Oliveira, Jadher Conceição, João Vitor Araújo, Kolber Aguiar, Luiz Fernando Andrada, Pedro Berti, Pietro Fávero, Ralwan Castro, Thigo Mazzoni e Yan Foresti. 

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos:  Facebook Taça Paraná; Divulgação/Clube Bom Pastor

Deixe seu comentário