Vôlei de JF: profissionais e amadores em ação!

Equipe que vai formar a base do JF Vôlei na temporada

  O embate entre o time de vôlei profissional local e uma das mais tradicionais equipes amadoras da cidade, na última quinta, dia 24, mostrou: a modalidade é mesmo uma paixão de quem milita no meio esportivo em Juiz de Fora e está longe de estar adormecida.

   Na vitória do JF Vôlei por 3 sets a 0 sobre o time adulto masculino da Escola de Vôlei Barata, o que menos contou foi o placar. O que valeram mesmo foram as avaliações para a base da equipe que vai disputar a Superliga B no próximo ano, e a manutenção do ritmo dos atletas que estão na disputa de um acesso na Liga de Vôlei Estado do Rio de Janeiro (Liverj).

Em formação

  Segundo o diretor técnico do JF Vôlei, Maurício Bara, as partidas de início de ciclo visando a disputa da Superliga B 2020 – o time tem mais um teste na segunda, dia 28, contra a equipe da Faculdade Universo – servem para dar ritmo. “A equipe está sendo formada inicialmente por atletas da cidade e região. Os amistosos servem para colocá-los em ritmo. Estamos dando oportunidade a esses garotos que merecem e têm correspondido. Ao mesmo tempo, prospectando no mercado, um trabalho árduo do Marcão (Marcos Henrique) principalmente, nomes que caibam em nosso orçamento e formem uma equipe forte”, explicou.

Grupo da Superliga B deve estar completo em dezembro

  Bara acredita que o grupo do JF Vôlei estará completo em pouco mais de um mês, e trabalha para 2020 com a mesma época de início da Superliga B da última temporada. “A projeção é ter o grupo completo no início de dezembro. Já começar a treinar e fazer a preparação específica. A competição deve começar, como no ano passado, por volta de 20 de janeiro. Então, teríamos 50 dias de treinos e jogos para evoluirmos nesse processo”, prevê.   

Amador em disputa

  Já a turma da Escola de Vôlei Barata está em plena competição, como explica o treinador e coordenador, Ricardo “Barata” Lucas. “A Liverj é um campeonato de voleibol amador disputado por 143 times, divididos nas categorias de mirim a master 55+, nos naipes femininos e masculinos, nos moldes da Superliga. Este é o primeiro ano que disputamos, e tivemos que jogar a Liga C adulta masculina”, explica.

Equipe masculina da Escola de Vôlei Barata está na semi

  Após a primeira fase disputada, neste domingo, dia 27, às 14h, o time juiz-forano terminou na liderança e faz a semifinal com o Barra Vôlei, quarto colocado. “Vencemos todos os 10 jogos da fase de classificação e terminamos em primeiro lugar. O vencedor da semifinal terá o direito de jogar a decisão no dia 1º de dezembro (contra o vencedor de Voleibol Três Rios x WSM Voleibol) e se classifica para jogar a Liga B em 2020”, conta Barata.

  Alem do time masculino amador, a agremiação juiz-forana ainda tem o time adulto feminino também na semifinal da Liga B da Liverj,  que ocorre no dia 3 de novembro, contra o Artemix. Já o time master 40+ das mulheres foi vice-campeão na mesma competição. “Superamos todas as expectativas para um primeiro ano de participação na Liverj e acreditamos em bons resultados nas disputas das semifinais da Liga C masculina e da Liga B feminina”, acredita Barata.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Divulgação JF Vôlei; Divulgação Escola de Vôlei Barata

Deixe seu comentário