Festa no futsal dos Intercolegiais!

Saci venceu o Jesuítas por 3 a 2 no infantil feminino

  Em tarde de grandes jogos, o Ginásio Francisco Queiroz Caputo, do Sport Club Juiz de Fora, recebeu, na quinta, dia 12, as finais do futsal dos Jogos Intercolegiais 2019. Em quadra, as categorias infantil e juvenil, tanto no masculino quanto no feminino, protagonizaram partidas emocionantes, com muitos gols.

Recompensadas

  No primeiro jogo do dia, Escola Internacional Saci e Colégio dos Jesuítas decidiram o título da categoria infantil feminino. Com grande atuação de Sofia Saggioro, que marcou duas vezes, o Saci venceu por 3 a 2 e conquistou a medalha de ouro.

  Ao lado da irmã gêmea Paula, Sofia falou ao Toque de Bola sobre a conquista. “É muito bom ser campeã. É a primeira vez que a gente joga e já conseguimos chegar na final, o que já era muito bom. Conseguimos conquistar o primeiro lugar e isso é muito bom. A gente lutou muito pra isso, e nos esforçamos para conseguir a vitória”, comentou a atleta.

A força do grupo

Fernando Lobo faturou o ouro no infantil masculino

  Na decisão da categoria infantil masculino, a Escola Estadual Fernando Lobo não teve dificuldades para derrotar o Instituto Metodista Granbery, por 6 a 2, e faturar o título. Comandante da equipe campeã dentro de quadra, o garoto Gabriel de Paula falou em “resultado de muito trabalho” como fator primordial para a conquista e agradeceu a torcida presente no ginásio.

  “A gente já vem trabalhando para isso: buscar os resultados. Só de ter trabalhado com esse grupo já tá bom demais, mas poder ser campeão é só alegria. A presença da torcida foi muito importante. São amigos nossos do dia a dia, que vieram nos apoiar, e nos ajudaram a conquistar esse título”, emocionou-se Gabriel.

Respeito

Meninas da Maria Magalhães venceram o juvenil feminino

  No juvenil feminino, a Escola Estadual Maria de Magalhães Pinto conquistou o bicampeonato consecutivo do torneio. O título veio após vitória por 3 a 2, com gol nos últimos minutos, sobre o Colégio dos Jesuítas, com grande atuação da camisa 10, Ana Luiza, que consolou as adversárias após o apito final.

  Ao Toque, Ana exaltou a campanha invicta da equipe e elogiou o Jesuítas pelo grande jogo. “Fomos muito bem no campeonato né, vencemos todas. A final hoje foi um belo jogo também, mas conseguimos fazer valer os treinos que tivemos durante a semana para levarmos esse bicampeonato para a nossa escola. A amizade com as meninas do Jesuítas prevalece, até porque algumas de nós treinamos juntas no São Bernardo. Elas fizeram um grande jogo, estão de parabéns também.”

Fernando Lobo também conquistou o juvenil masculino

“Nos momentos certos”

  Para fechar o dia de decisões, o Fernando Lobo reencontrou o Granbery na final da categoria juvenil masculino. Em quadra, a equipe granberyense trabalhava melhor a bola, mas não soube aproveitar as oportunidades. Nesse cenário, o time campeão não hesitou em matar o jogo.

  Destaque para o fixo Guilherme e para o ala Vinícius Carrasco, que marcou três gols. “Tivemos um jogo muito difícil. O time do Granbery tem bons marcadores e é muito bem treinado. Felizmente conseguimos trabalhar muito bem nosso jogo, fazer os gols nos momentos certos e sair com esse título importante”, finalizou Guilherme.

Texto: Toque de Bola – Pedro Sarmento
Fotos: Toque de Bola

Deixe seu comentário