Enduro da Independência começa levando pilotos de Ubatuba até Lavras

  Chegou a hora de cair nas trilhas. A quarta-feira (4) é o primeiro dos quatro dias de desafio do Enduro da Independência 2019, a 37ª edição da principal prova da modalidade no país. De Ubatuba, litoral norte de São Paulo, a ordem é encarar os 213 quilômetros de trilhas que levarão os pilotos à primeira parada do percurso: Itajubá, já em Minas Gerais. Um caminho que inclui a travessia da Serra do Mar e que começa com médias mais tranquilas, para fazer com que os 300 inscritos entrem no clima do Ei 2019 progressivamente, mas já com alguns sufocos e desafios pela frente.

Largada em 2019 ocorreu em Ubatuba (SP)

Economia girando

  Outros números referentes à prova, aliás, ajudam a dar uma ideia de sua grandeza, importância e impacto econômico nas regiões atravessadas e no motociclismo. Afinal, considerando pessoal de apoio, organização e imprensa, são cerca de 700 pessoas envolvidas, movimentando hotéis e restaurantes. Considerando um custo médio de R$ 500/piloto são, ao todo, R$ 450 mil em despesas pessoais, combustível e peças de reposição. O montante envolvendo os pneus chega aos R$ 100 mil, mesmo considerando a possibilidade de fazer toda a prova com apenas um jogo por moto.

Estreia

  Esse é o caso, aliás, de um estreante com uma história bastante peculiar. Depois de crescer vendo o desafio do Independência nas páginas das revistas do pai, igualmente apaixonado, Marcos Taguchi resolveu se aventurar sobre duas rodas. Chegou a fazer 20 mil quilômetros por seis países sobre uma CB 450, alcançando Machu Picchu, no Peru. Também viajou sobre uma Sundown Hunter 90cc e, em 2010, tornou-se dono de uma Honda Tornado com a qual foi ao Jalapão e, no ano passado, à Amazônia, com poucos problemas mecânicos, resolvidos sem sustos.

Pilotos alinhados na linha de largada

  Agora que o EI larga de Ubatuba, próximo de São Vicente, onde vive, finalmente foi possível concretizar o sonho. De casa até o local de largada e, de Lavras, no domingo, o caminho será feito sobre a própria moto, com pneus de asfalto. Devidamente trocados por um par específico para as trilhas e uma nova relação de câmbio. “Eu sempre tive esse espírito aventureiro e até agora ficava na vontade. Desta vez estou concretizando um sonho e participando de uma prova que é um ícone do motociclismo no Brasil. Até essa semana nunca tinha usado uma bota off-road, mas já passei por tantos caminhos complicados que acredito estar pronto para completar o Independência”, explica Marcos, inscrito na categoria Brasil Iniciantes, para motos nacionais refrigeradas a ar com suspensão e motores originais.

  O Enduro da Independência conta com o patrocínio da Honda Brasil, Pro Tork Racing Development, Yamaha Racing, Totem, Rinaldi Pneus, Menta Motos, ASW Racing, By Moto – A casa da Honda, Cervejaria Backer, Slin Graphics, BMP Special Parts, Ello Benefícios, FIAT/Carro Oficial e apoio das Prefeituras Municipais de Ubatuba/SP, Itajubá/MG, Caxambu/MG e Lavras/MG.

 

Enduro da Independência 2019

PROGRAMAÇÃO 04/09

Ubatuba/SP a Itajubá/MG

06h – Largada de Ubatuba/SP sentido Itajubá/MG

13h – Chegada dos pilotos do Enduro do Independência

19h – Entrevista com os Campeões do Dia e Briefing

20h – Desafio do Kart – Corrida com os Campeões do dia

21h – Apresentação com a equipe Alto Giro – Pro Tork

Local: Parque da Cidade

 

Lista de pilotos inscritos: http://www.ipesoffroad.com.br/inscricoes/index.php/pilotos/inscricoes/lista/110

Banco de imagens Enduro da Independência: https://photos.app.goo.gl/cSsMNAycPNEeRWPZA

 

Texto: Rodrigo Gini

Deixe seu comentário