Na briga pela liderança!

Galinho garantiu a decisão da vaga na semi em casa

  No segundo jogo consecutivo no Estádio Mário Helênio após a parada das férias, o Tupi venceu o Serranense, por 2 a 0, nesta sexta, dia 9. O alvinegro assumiu a liderança provisória do Campeonato Mineiro sub-20, mas viu Atlético e Uberlândia passarem a frente com as vitórias de sábado, dia 10, diante de Coimbra e América, respectivamente. Com gols de Samuel Cazares e Luiz Henrique (contra), o Galinho garantiu classificação entre os quatro primeiros colocados e decide as quartas de final em casa.

  Em entrevista ao Toque de Bola, o treinador Wesley Assis analisou a vitória e a postura do elenco diante de um jogo que valia a liderança. “Fundamental é que é um grupo que sabe o que quer. Internamente temos metas e trabalhamos em cima das metas. O grupo é muito bom e prova disso é que os que têm entrado nos jogos têm ajudado muito. Todo jogo eles têm guerrilhado lado a lado junto conosco e fico muito feliz com os resultados”, disse Assis.

O jogo

Tupi voltou bem para o segundo tempo e venceu mais uma em casa

  A possibilidade de assumir a liderança caso vencesse fez o Tupi começar o jogo em cima do adversário. Apesar do domínio completo das ações, o Galinho se mostrava nervoso na hora de concluir as jogadas. O fato de não fazer o gol rapidamente fez com que a equipe saísse da sua característica de troca de passes e adotasse as ligações diretas, o que resultou em um 0 a 0 sem muitas oportunidades de gol na primeira etapa.

  A palavra do treinador no intervalo deu o tom da conversa no vestiário. Wesley falou ao Toque de Bola e pediu mudança de atitude dos atletas. “Um jogo muito difícil igual a gente esperava, mas nosso time saiu da característica nossa, de ter a posse de bola, tentar envolver o adversário. Vamos consertar isso agora para o segundo tempo. Com paciência nós vamos achar um passe vertical e vamos fazer o gol”, finalizou.

Na mosca

  A declaração do técnico parecia mais uma previsão. Na volta para o segundo tempo, o Galinho retomou o bom futebol dentro de seu estilo de jogo e pressionou o Serranense. Aos 19 minutos, após boa troca de passes, Pablo serviu Neném, que finalizou bem e carimbou o travessão do goleiro Peretti.

  Pouco tempo depois, o Tupi chegou ao gol da previsão de Wesley. Após blitz Carijó na frente da área do time de Nova Serrana, o meia Max, em lance de craque, achou Samuel Cazares entre os zagueiros. O atacante teve tranquilidade para bater na saída do goleiro e abrir o placar.

  Com a vantagem, o Tupi não diminuiu o ritmo e cansou o adversário. Aos 42 minutos, após cobrança de escanteio de Max, a bola desviou no zagueiro Luiz Henrique e morreu no fundo da rede. O gol esfriou qualquer possível reação do Serranense e deu números finais à partida.

O dono do jogo e o dono do gol

Samuel Cazares marcou o segundo gol dele na competição

  Apesar da grande partida coletiva do Galinho, principalmente no segundo tempo, o meia Max comandou as ações do time e foi decisivo nos dois gols do Tupi. Tímido, ele falou ao Toque de Bola e, em poucas palavras, analisou a vitória.

  “Foi um bom jogo. No primeiro tempo jogamos um pouco mal, mas consertamos no vestiário. Na volta para o segundo tempo nos dedicamos mais e, graças a Deus, conseguimos sair com a vitória”, disse Max.

Balançou

  Além dele, Samuel Cazares teve boa atuação, coroada com o gol que abriu o placar. Sobre a jogada, ele confessou que trabalha o movimento com os companheiros durante a semana e dedicou o gol para alguém que está longe.

  “Eu até brinquei com o Max ali dizendo que ele colocou aquela bola com a mão. Pude dominar bem a bola e executar bem o que trabalhamos durante a semana. As jogadas não estão saindo atoa. Tudo é trabalho. Hoje fui feliz e pude fazer esse gol. É agradecer primeiro a Deus e dedicar esse gol para o meu filho. Não consigo muito ficar perto dele por estar aqui correndo atrás do meu sonho, mas é uma forma de mostrar para ele que não vou desistir”, finalizou.

A sequência

  Apesar da classificação antecipada entre os quatro primeiros, o que dá vantagem de decidir em casa nas quartas de final, o Galinho ainda tem um último compromisso na primeira fase. No próximo sábado, dia 17, o alvinegro vai a Ouro Branco encarar o Betis e briga pela liderança do campeonato. O jogo está marcado para as 10h, no Estádio Municipal José Mapa Filho.

Texto: Toque de Bola – Pedro Sarmento

Fotos: Toque de Bola

Deixe seu comentário