Larissa: a Miss Pan das piscinas!

Larissa e o ouro no revezamento medley misto

  A juiz-forana Larissa Martins Oliveira, de 26 anos, se tornou na noite da última quinta-feira, dia 8, a nadadora brasileira mais vitoriosa na história dos Jogos Pan-Americanos. E a medalha com a qual superou as marcas de Joanna Maranhão e Tatiana Lemos foi dourada.

  Quando a equipe de revezamento brasileira, formada por Larissa, João Gomes Júnior, Giovanna Diamante e Guilherme Guido ficou com o ouro nos 4x100m medley misto – após a desclassificação da equipe americana -, a nadadora de Juiz de Fora conquistou sua nona medalha. Joanna e Tatiana têm oito cada uma.

Não sabia

Reprodução Instagram Larissa Martins Oliveira

  A nadadora, nascida em Juiz de Fora, treinada pelo técnico Gerson Oliveira na cidade e radicada há cerca de dez anos no Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo, comemorou na manhã desta sexta, dia 9, as conquistas em sua conta no Instagram. “Sorriso no rosto de gratidão por tudo que estou vivendo aqui, no meu 2º Jogos Pan Americano!5 caídas na água, 5 medalhas. OBRIGADA! E bora que ainda não acabooou. Ainda tem muito Brasil na água (sic)”, destacou Larissa.

  Logo após a quebra do recorde, Larissa não sabia que tinha alcançado a marca expressiva dentro da natação nacional. “Eu não fazia ideia”, disse. A juiz-forana lembrou que, após o Pan de 2015, pensou até em abandonar a carreira.  “Deu aquela ‘louca’ de querer parar, de falar que não quero mais. Mas isso faz parte de qualquer nadadora. Temos momentos bons, momentos ruins. No último Pan, saí muito desapontada comigo mesmo, não gostei dos meus resultados individuais. Mas nada como quatro anos depois vir aqui e pegar minhas medalhas individuais. Precisamos acreditar”, disse a nadadora ao globoesporte.com.

Drama pessoal

A juiz-forana nada pelo Pinheiros, de São Paulo

  Além de superar o desempenho no Pan de 2015, em Lima 2019 Larissa, que esteve nas Olimpíadas do Rio em 2016, atesta de vez a volta por cima após um drama pessoal. No início de 2017, a atleta juiz-forana sofreu um grave acidente. Durante uma tempestade em São Paulo, um galho atingiu o carro dirigido pela nadadora, ferindo o músculo adutor de sua perna direita. A esportista de Juiz de Fora teve que passar por cirurgia, fisioterapia intensa e lutar para retomar sua rotina de treinos e competições.

  Os resultados nos Jogos Pan-Americanos deste ano estão comprovando a retomada completa da carreira de Larissa. A nadadora de Juiz de Fora pode seguir fazendo história, se conquistar mais medalhas nos revezamentos 4x200m livre e 4x100m medley feminino, para os quais está escalada. 

As medalhas de Larissa Martins até aqui no Pan de Lima 2019:

– ouro no revezamento 4x100m medley  misto

– prata no revezamento 4x100m livre feminino

– prata no revezamento 4x100m livre misto

– bronze nos 100m livre

– bronze nos 200m livre

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos com informações da CBDA e globoesporte.com

Fotos: Reprodução site oficial da CBDA; reprodução Instagram Larissa Martins Oliveira e Facebook Larissa Martins Oliveira

Deixe seu comentário