Ibitipoca Offroad 2021

O mais charmoso do Brasil. Edição Épica!

IOR 2019: a festa dos campeões


05 ago 2019

   Com a representatividade, na trilha, de mais de 700 participantes entre pilotos e navegadores de motos e carros, o Yamaha Racing Ibitipoca Off Road  2019 – Edição Histórica de 30 Anos terminou com a consagração dos campeões, no domingo, dia 4, depois de um total aproximado de 400 quilômetros em dois dias de prova-

   Competidores com sorriso no rosto, falando do “gostinho de quero mais” da edição deste ano do rallye de regularidade mais charmoso do Brasil, já garantiam presença para 2020, dando a medida do sucesso. “Fizemos uma prova pensando em comemorar os 30 anos de forma marcante. Ver os participantes satisfeitos é nosso maior prêmio”, avalia o coordenador do IOR, Manoel Resende.

 

 

 No topo da motos

Tunico Maciel, campeão motos master

  Entre as mais de 560 motos, quem se sobressaiu na principal categoria da prova, a Master, foi o piloto de Lavras, Tunico Maciel. Atual campeão do Rally do Sertões, ele completou a dobradinha na Edição Histórica do IOR e se emocionou ao falar da conquista.

    “Nem tenho palavras para descrever. Estou muito satisfeito com essa vitória. Eu venho treinando muito. Estou até emocionado. Muita gente vê a vitória, mas não vê o que a gente passa. É isso. Estou muito feliz, gosto muito do Manoel e do Thiago, estão de parabéns com a prova. Se Deus quiser, em 2020 estamos de volta”, disse Tunico, com a voz embargada, após ser coroado no pódio.

Na frente dos carros

Matheus Mazzei e Pedro Agrelle com mascote Bernardo Serpa – Foto Ãngelo Savastano-Divulgação IOR

    Entre os mais de 70 carros, a dupla juiz-forana do piloto Pedro Agrelle com o navegador Matheus Mazzei subiu ao alto do pódio. A reedição da parceria, que já esteve junta no passado, deu ao integrante de trás do volante o bi consecutivo da prova em um evento especial.

    “A prova foi muito disputada, estava todo mundo muito junto. A chuva no final veio para apimentar, mas deu tudo certo. Largamos lá para trás no segundo dia, mas viemos recuperando durante o dia. Não tem igual ganhar o Ibitipoca”, comemorou Pedro. “A dupla voltou depois de quatro anos longe um do outro. É o terceiro IOR que eu ganho ao lado dele. Estou feliz demais”, celebrou Mazzei.

Os campeões da Edição Histórica de 30 Anos do IOR:

MOTOS

MASTER – Tunico Maciel (Lavras-MG)

BRASIL – Dário Júlio (Lavras-MG)

SÊNIOR – Samir Amaral (Santos Dumont-MG)

OVER 40 – Júlio César de Assis (Resende Costa-MG)

DUPLA GRADUADO – Francis Feliciano/José Roberto de Freitas (Paraguaçu-MG)

DUPLA OVER 35 – Leonardo Nannetti/Wanderley de Souza (Elói Mendes-MG/Bragança Paulista-SP)

OVER 45 – Eduardo Salvarani (São João Nepomuceno – MG)

JÚNIOR – Arthur Ferreira Teodoro (Juiz de Fora – MG)

DUPLA JÚNIOR – Bruno Cesar Silva/Pedro Campos de Oliveira (Lima Duarte-MG)

BRASIL INICIANTE – Cássio Ricardo Ferreira (Santo Antonio do Monte-MG)

OVER 50 – Noé de Oliveira (Formiga-MG)

OVER 55 – Cassius Vieira Nunes (Belo Horizonte-MG)

FEMININO – Késsia Pires Tristão (Vitória-ES)

OVER 60 – José Antônio Fernandes (Santo Antônio do Monte-MG)

NOVATO – Jayme do Vale Ribeiro (Santa Barbara do Tugúrio-MG)

DUPLA NOVATO – Carlos José Pinto de Assis/Douglas Caldareli Dias (Astolfo Dutra-MG)

PAIS E FILHOS – Jony Jachtchechen/Rudá Tulio Fortes Jachtchechen (Curitiba-PR)

ESTREANTES – Kaio de Castro Ferreira (São Thomé das Letras-MG)

 

CARROS

MASTER – Pedro Agrelle/Matheus Mazzei (Juiz de Fora-MG)

GRADUADO – Rodrigo Peternelli/Luana Alvarenga (Juiz de Fora-MG)

TURISMO – Osvaldo Prezotto/Nathália Graciano (São José dos Campos-SP)

TURISMO LIGHT – Diego Fernandes/Bernardo Gravina (Juiz de Fora-MG)

PASSEIO PAIS E FILHOS – Bráulio Ferreira/Erick Ferreira (Juiz de Fora-MG)

 

Texto: Misto Quente Comunicação

Fotos: Misto Quente, Erik Araujo e Angelo Savastano


Voltar

Todos os direitos reservados.