Vaga carimbada!

Jean Albuquerque conduziu a equipe juiz-forana à fase final

  O Clube Bom Pastor está classificado para a fase final do Campeonato Mineiro do Interior sub-20 de futsal. A conquista veio após a equipe vencer os dois primeiros jogos da fase semifinal da competição, diante de Três Corações e Uberaba, no ginásio do Sport Club JF na sexta, dia 28, e sábado, dia 29. 

Quase perfeito

  Mesmo com a classificação, o Bompas foi derrotado na última partida da chave B do Estadual pelo Passense, por 2 a 1. Apesar do revés no jogo final, o técnico Jean Albuquerque saiu satisfeito com o desempenho de seus comandados.

  “O objetivo principal era esse: classificar. Conseguimos atingir essa meta vencendo na sexta e no sábado e entramos classificados na partida diante do Passense. Tivemos a oportunidade de conseguir trazer a final do interior para casa, mas infelizmente não conseguimos. É um pouco frustrante, porque jogar em casa seria ótimo para nós, além de não termos desgaste de viagem. Mas o grupo está de parabéns pela classificação, que era nosso objetivo principal nessa fase da competição”, analisou Jean.

O caminho

CBP foi derrotado pelo Passense por 2 a 1 no ginásio do Sport

  No primeiro confronto, contra a equipe tricordiana, o CBP venceu por 4 a 1 na partida de estreia. Diante do time de Uberaba, mais dificuldade. Mesmo assim, vitória por 5 a 3 e vaga garantida na fase final. No domingo, dia 30, o confronto que decidiria quem seria o primeiro colocado na chave e, consequentemente, teria preferência em sediar a fase decisiva.

“Decisão”

  Também com duas vitórias sobre Três Corações e Uberaba e já classificada, a forte equipe do Passense foi o adversário da vez para o Bom Pastor. Os visitantes abriram 2 a 0 no primeiro tempo com um belo gol de Igor Estevo e outro de Guilherme Victor, após falha do goleiro Eric. Na segunda etapa, o técnico Jean Albuquerque colocou Evaristo como goleiro linha. O próprio camisa 10 diminuiu o placar e deu ânimo ao Bompas, mas o resultado se manteve.

  Sobre a atuação diante do Passense, Jean viu sua equipe abaixo do nível que está acostumada a atuar e reconheceu o mérito do adversário. “Jogamos um pouco abaixo do que apresentamos nos dois primeiros jogos. Não fomos surpreendidos pelo volume de jogo da equipe deles, já esperávamos isso, mas também tivemos alguns desfalques de dois jogadores importantes. Eles começaram muito bem e nos pegaram com a concentração baixa. No fim, o resultado não é fora do normal, pelo que foi o jogo é um resultado aceitável”, finalizou.

  Com os três triunfos, o Passense terá a preferência de sediar a fase final do interior da categoria, que ainda não tem datas definidas.

Texto: Toque de Bola

Fotos: Toque de Bola

 

Deixe seu comentário