Luiz Maurício é prata no Pan!

Luiz Maurício ficou com a prata em San José

  O juiz-forano Luiz Maurício Dias conquistou a medalha de prata no Campeonato Pan-Americano de Atletismo sub-20 no lançamento de dardo.

  O atleta bateu seu recorde pessoal com a marca de 74,51m na noite de sábado, dia 20, na Costa Rica, ficando atrás apenas do americano Tzuriel Pedigo, que lançou 76,95m na última tentativa. Em entrevista ao Toque de Bola, o treinador de Luiz no CRIA/UFJF, Jefferson Verbena, analisou o desempenho e os resultados na competição.

‘Mais importante do mundo’

  “O campeonato mais importante do mundo, no ano, da categoria dele, ele fez sua melhor marca. Isso demonstra para nós que ele é um atleta muito maduro, que sabe lidar com a pressão de competições grandes e entende a importância de fazer isso bem. Tudo que a gente elaborou para ele funcionou perfeitamente. É difícil manter a performance do atleta no seu auge por mais de um mês, e ele conseguiu. É um ponto muito positivo. Estamos muitos satisfeitos”, disse o Verbena.

  A evolução de Luiz Maurício impressiona. A cada campeonato, ele aumenta sua marca pessoal e bate uma marca atrás da outra outro. Nos últimos três meses, o juiz-forano melhorou seu índice três vezes: em maio, no Campeonato Mineiro, lançou 70,04m; em junho, o Sul-americano sub-20 viu Luiz atingir 71,17m e, depois, 74,32m no Estadual. Por fim, o vice-campeonato no Pan veio acompanhado de um novo recorde na carreira: 75,51m.

Felicidade e descanso

O resultado final no Lançamento de Martelo de 800 g

  “Luiz já vinha de uma crescente há um mês atrás, desde o Campeonato Brasileiro até o Pan. A cada etapa ele melhora sua marca e, dessa vez, ele conseguiu se superar em uma competição internacional que só perde para o Mundial. É o segundo campeonato mais importante na categoria e ficamos muito felizes com isso”, disse Jefferson.

  O momento é de curtir. A temporada foi de grande evolução para Luiz Maurício e os resultados foram muito expressivos. Segundo Verbena, ainda não é hora de pensar no próximo ano. “Agora vamos descansar um pouco. Ainda estamos vendo a viabilidade de irmos ao Troféu Brasil de Atletismo na categoria adulto, que é o maior no país. Mas agora ele terá um tempo para curtir os resultados que ele obteve, que foram muito bons. Depois vamos sentar e decidir metas para a temporada 2020-2021”, finalizou.

Texto: Toque de Bola

Fotos: Arquivo Pessoal/Jefferson Verbena; Divulgação/Site Oficial Panamericano sub-20 (panam2019.org)

Deixe seu comentário