Galinho: imposição depois do revés!

Carijós comemoraram vitória na Cidade do Galo

  Completando nesta sexta, dia 21, a sequência de dois jogos em Belo Horizonte, o Tupi se impôs mesmo fora de casa, vencendo o Atlético, por 1 a 0, na Cidade do Galo, em Vespasiano, pelo Campeonato Mineiro sub-20

  Antes, na terça, dia 18, a garotada do Carijó havia sido derrotada por 2 a 0 pelo Cruzeiro, na Toca da Rapos 1, em Belo Horizonte. O próximo compromisso dos alvinegros juiz-foranos será no dia 30 de junho, às 10h, contra o Minas Boca, em Três Corações, na última partida antes da parada do Mineiro sub-20. A competição retorna no dia 2 de agosto, quando o Galinho recebe o América de Teófilo Otoni, em Juiz de Fora. 

Em Vespasiano

A sequência do gol da vitória, do volante Wesley

  Na partida desta sexta, o Tupi controlou a posse de bola no primeiro tempo Mas as chances de marcar foram em chutes de Gabriel Tchó Tchó e Patrick de fora da área, defendidos pelo goleiro Matheus. O destaque ficou com o arqueiro carijó, Davyd. Aos 18 minutos, o juiz-forano pegou um pênalti e ainda salvou o Alvinegro de Juiz de Fora em outras três oportunidades.

  Mantendo o ritmo e se impondo, o Tupi conseguiu marcar logo aos 12 minutos do segundo tempo. Depois de cobrança de falta da lateral direita da área atleticana, o volante Wesley desviou antes do goleiro adversário e fez 1 a 0 para o Carijó. Consistente, o time de Juiz de Fora não perdeu o controle da partida, teve mais oportunidades e garantiu a vitória dentro do CT do Atlético.    

Contra a Raposa

Galinho perdeu para o Cruzeiro na Toca ad Raposa 1

  Na terça o Galinho havia sido derrotado pelo Cruzeiro, na Toca da Raposa 1, por 2 a 0. Com gols de Vinícius Popó, aos 16 minutos do primeiro tempo, e Caio, aos 15 do segundo, o time celeste fez o placar do confronto.

  Na avaliação do técnico do Tupi sub-20, Wesley Assis, a Raposa se aproveitou de um começo de partida ruim do Carijó. “Não fizemos um início de jogo bom. Entramos abaixo do que rendemos, desligados. O Cruzeiro se aproveitou desses momentos e marcou o primeiro. Igualamos o jogo, mandamos até no segundo tempo. E eles fizeram o gol da vitória em um contra-ataque”, avaliou o treinador que ainda reclamou bastante da postura da arbitragem e de dois pênaltis não marcados para o Galinho.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: reproduções das redes sociais do Tupi F.C.; reprodução mycujoo.tv/FMF; e divulgação Cruzeiro E.C.

Deixe seu comentário