Foi caindo, caindo…

  O desempenho desastroso do Tupi nos últimos quatro campeonatos que disputou permite que o torcedor não se surpreenda com a atual posição do clube no cenário do futebol estadual e nacional. O fim da última temporada já anunciava o caminho que estava sendo seguido pelo Carijó rumo ao abismo que se encontra hoje.

Tupi foi goleado em Erechim e rebaixado em 2018

  As despedidas melancólicas da Série C, em 2018, e do Mineiro, Copa do Brasil e Série D, em 2019, reduzem a história do Alvinegro em 2020 ao modesto Módulo II do Estadual.

Números

  Desde a derrota por 5 a 1 para o Ypiranga (RS) na última rodada da Série C de 2018, passaram-se 294 dias até o novo 5 a 1 sofrido diante do Itaboraí (RJ) no sábado, dia 1º de junho, pela Série D do Brasileiro.

  Nesse período de seca, incluindo os jogos acima, o Galo disputou 18 partidas em quatro competições e não conquistou uma vitória sequer. Foram seis empates e 12 derrotas, com apenas nove gols marcados e impressionantes 34 gols sofridos.

Início

  Na última rodada do Nacional em 2018, diante do Ypiranga, com chances de se livrar do rebaixamento, o Tupi foi goleado e teve a queda decretada. Ainda assim, houve quem considerasse a possibilidade de ter sido algo pontual. Havia uma esperança de que o clube se reerguesse no ano de 2019.

Carijó foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil 2019

  O erro na montagem do elenco do Campeonato Mineiro, reconhecido pelo então diretor de futebol do Tupi, Nicanor Pires, levou a esperança pelo ralo. Com o início da competição, a preocupação de jogadores, comissão, diretoria e torcida passou a ser não cair também no Estadual.

Meio

  Em meio a tediosas apresentações estaduais, o Galo foi a Natal encarar o desconhecido Santa Cruz pela Copa do Brasil. A equipe potiguar disputava um torneio nacional pela primeira vez em sua história.

  Com uma atuação apática, o Tupi perdeu por 1 a 0 e foi eliminado. De volta a Juiz de Fora, um empate e cinco derrotas derrubaram o Carijó para a última colocação do Mineiro e a consequente queda ao Módulo II.

A crise culminou na derrota por 5 a 1 para o Itaboraí

Fim?

  Para salvar a temporada 2020, já que não conseguiu a classificação para nenhuma competição nacional, o objetivo era chegar às semifinais da Série D, o que garantiria o Tupi na Série C do próximo ano.

  Mais uma vez, sem reação alguma em nenhum momento dos jogos, o Galo encerrou a sequência desgovernada de rebaixamentos e eliminações na lanterna do Grupo A14 da Série D, e a garantia de apenas três meses de futebol em 2020. Nada mais.

Texto: Toque de Bola

Fotos: CBF TV; Diego Simonetti/Santa Cruz de Natal;

Foto de capa: Raphael Lemos/globoesporte.com;

Este post tem um comentário

  1. Jose carlos lopes netto

    Espero que a proxima administração seja seria e honesta e que goste de futebol só assim teremos um tupi vitorioso no ano que vem

Deixe seu comentário