Eliminação humilhante!

Tupi levou cinco do Itaboraí

  Sendo goleado por um time formado por resquícios do elenco de uma equipe que perdeu seus principais jogadores por falta de pagamentos de salário, o Tupi foi eliminado matematicamente da Série D do Campeonato Brasileiro até pelo menos 2022 neste sábado, dia 1º de junho.

  Como em praticamente toda a competição, o Carijó não conseguiu articular jogadas e finalizações, sendo inofensivo diante de uma equipe do Itaboraí em frangalhos. A humilhante derrota por 5 a 1, com Ademilson marcado o único gol do Tupi e Bruno Bahia (2), Gian Carlos, David e Gean Miller garantindo a vitória, serve de crônica em 90 minutos de uma desastrosa temporada. Melancolicamente, o Alvinegro tem mais um compromisso pela Quarta Divisão, no próximo domingo, dia 9, às 18h, no Estádio Mário Helênio, contra o Hercílio Luz.    

Diferente

  Desfalcado do lateral-esquerdo Lucas Sampaio, o Tupi começou com o zagueiro Lucas Tavares na posição. Na zaga, Arthur Sanches fez dupla com Adalberto. Muito diferente e com um time jovem por conta de jogadores abandonaram o clube com salários atrasados, o Itaboraí tentou aproveitar o fator casa no início. A primeira chegada foi aos 6 minutos, quando David tocou no canto cobrança de falta da intermediária na área. Vilar colocou para escanteio.

Resultado e próximo jogo do grupo A14

  Mesmo tendo à sua frente um time desfigurado e em crise, os juiz-foranos não conseguiam criar. Quando o Carijó ensaiou uma pressão, levou gol. Aos 28 minutos, após arrancada de Cristian pela esquerda, Bruno Bahia entrou livre e tocou de dentro da pequena área para fazer Itaboraí 1 a 0 em cima do Tupi. Dez minutos mais tarde, o mesmo Bruno Bahia ampliou, escorando cobrança de falta da direita, no segundo pau. Sem reação, o Alvinegro de Santa Terezinha foi para o intervalo levando de 2 a 0 sem dar um chute sequer no gol.

Virou goleada

  Perdendo, o Tupi se lançou à frente na volta do intervalo e conseguiu diminuir aos nove minutos. De pênalti, marcado quando a bola pegou na mão de um defensor do Itaboraí em cruzamento de primeira de Thiago Ryan, Ademilson fez o de honra do Carijó e colocou 2 a 1 no placar. A reação acabou aos 19, com o gol de Gian Carlos que recebeu e, de fora da área, acertou um belo chute, sem chance para Vilar, fazendo 3 a 1.

  A reta final do jogo foi mais uma amostra do que foi o Tupi durante toda a Série D. Perdido, o time carijó partia para cima, sem articular jogadas ou finalizar e levava gols contra-ataque. Foi assim aos 29 minutos, quando Gian Carlos bateu, Vilar pegou e, na sobra, Davi tocou, a bola pegou no travessão e entrou. Também aos 34, quando Gean Miller furou na primeira, mas fez na segunda, finalizando na pequena área para fechar o caixão carijó em 5 a 1.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Artes: Toque de Bola com informações da CBF

Deixe seu comentário