Uberabinha encarou duas vezes a Raposa. Veja como foi!

Sub-15 foi derrotado por 6 a 0 pela equipe celeste

  A Associação Esportiva Uberabinha, que disputa a primeira divisão do Campeonato Mineiro sub-15 e sub-17, ainda busca bons resultados na temporada.

  No sábado, dia 25, as equipes de Juiz de Fora foram derrotadas no Estádio Salles Oliveira pelo Cruzeiro, em ambas as categorias. No primeiro jogo, o time celeste não encontrou dificuldades para fazer 6 a 0 no aurinegro, enquanto a segunda partida apresentou grande equilíbrio entre os adversários, mas também apontou vitória da Raposa, por 1 a 0.

  Ao Toque, o técnico Sérgio Eduardo (Dudu) falou sobre os resultados:

  “Começamos bem no sub-15, com boa postura defensiva, mas o primeiro gol do Cruzeiro desestabilizou nossa equipe. A sequência de três gols ainda no primeiro tempo nos abateu. Voltamos para o segundo tempo com a mesma postura e conseguimos suportar bem os ataques deles. A arbitragem marcou dois pênaltis para eles e o jogo fechou em 6 a 0, mas a postura defensiva no segundo tempo foi melhor em relação ao primeiro”, disse Dudu.

  “No sub-17 tivemos uma postura totalmente diferente. Conseguimos marcar bem o ataque deles e sair em algumas bolas com rapidez para tentar surpreendê-los. Não aproveitamos nossas chances, mas eles também não tiveram tantas oportunidades. Quase no fim do jogo o árbitro marcou um pênalti discutível e ainda expulsou meu zagueiro. Mesmo com o atacante perdendo o pênalti, não tivemos tempo de mudar a zaga, porque eles marcaram logo na sequência. Tentamos ir para o “abafa”, mas muito desorganizados. O um a zero pode ser considerado um bom resultado”, finalizou.

Sub-15

  Com boa presença de torcedores em Santa Terezinha, o Uberabinha começou bem diante do Cruzeiro na categoria sub-15. Com uma proposta defensiva, os donos da casa conseguiram segurar a Raposa nos minutos iniciais e tiveram boas oportunidades de contra-ataque, mas não conseguiram concluí-las.

  Aos 15 minutos da primeira etapa, a barreira foi rompida. Após rebate na entrada da área, o meia Kauã abriu o placar. Com o gol sofrido, o Uberabinha não conseguiu manter o desempenho defensivo e sofreu outros três gols no primeiro tempo, um de Leandro Albino e dois do artilheiro do jogo, Vitor Roque.

No sub-17, apesar da boa atuação, também deu Cruzeiro

  No início da segunda metade, o Cruzeiro teve dois pênaltis a seu favor. O atacante Rikelmy marcou o quinto e entregou a bola para Kauã ter a oportunidade de fazer o sexto. Na cobrança, Danilo defendeu, mas Vitor Roque pegou o rebote e marcou seu terceiro gol na partida, decretando os 6 a 0.

Sub-17

  Por outro lado, o Uberabinha fez frente ao Cruzeiro no segundo jogo do dia. Com a mesma postura defensiva, porém com maior eficiência, a equipe juiz-forana foi melhor durante boa parte do jogo e acertou a trave no primeiro lance de perigo. A partida se tornou muito disputada, sem tantas oportunidades de gol.

  Aos 25 da etapa final, após o goleiro Arthur, do Uberabinha, salvar a equipe em cabeçada de Wesley, a bola tocou na mão de Mateus dentro da área e o árbitro marcou pênalti. A marcação revoltou os jogadores da equipe mandante, principalmente o zagueiro Diogo, que acabou recebendo cartão vermelho direto por reclamação.

  Na cobrança, Alejandro acertou a trave e perdeu a chance de tirar o zero do placar. No lance seguinte, Stenio fez boa jogada pela esquerda e Riquelme, lançado no segundo tempo, abriu o placar. Ao Uberabinha restou ir com tudo ao ataque, mas a pressão não surtiu efeito e a Raposa venceu pelo placar mínimo.

  Veja, abaixo, informações sobre a competição, divulgadas pela Federação Mineira de Futebol.

  Clique sobre as imagens que deseja ampliar

Como fica?

Com os resultados, o Uberabinha ficou com a décima colocação na categoria sub—15, com quatro pontos, enquanto o sub-17 é o lanterna na tabela, com apenas um ponto conquistado.

  A sétima rodada está programada para 8 de junho e as equipes vão a Araxá enfrentar o Dínamo Esporte Clube no Estádio Municipal Fausto Alvim.

Texto: Toque de Bola

Fotos: Toque de Bola, com informações da Federação Mineira de Futebol

Deixe seu comentário