Novo palco! Galinho faz primeiro jogo no Estádio Mário Helênio

  Em busca da quarta vitória consecutiva no Campeonato Mineiro, a equipe sub-20 do Tupi recebe o Boston City neste sábado, dia 11, às 13h, em Juiz de Fora. O jogo marca a estreia do Galinho no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, já que o time vinha mandando seus jogos no Salles Oliveira. 

  A partida será preliminar de Tupi x  Itaboraí, às 16h, pelo Campeonato Brasileiro da Série D.  Os ingressos estão à venda na Sede Social do Tupi, no Calçadão da rua Halfeld e garantem ao torcedor o direito de assistir tanto o Galinho quanto a equipe profissional.

Alteração

Wesley Assis não vê alterações necessárias na forma de atuação da equipe

  Ao Toque de Bola, o técnico Wesley Assis analisou a mudança do palco do jogo. “A diferença é a dimensão. Apesar de não parecer, o tamanho dos campos é parecido, mas a gente vê como um fator positivo a qualidade do gramado do Mário Helênio. Nossa equipe é muito técnica, gosta de jogar com a bola no pé, o que facilita se você tem um terreno que possibilita esse tipo de jogo”.

  Segundo ele, a postura da equipe não altera por conta das diferenças de um campo para o outro. “Não temos nenhuma tática específica para um jogo no Estádio Municipal. Temos trabalhado com o mesmo modelo de jogo desde o início. Independente de onde formos jogar, vamos tentar aplicar esse modelo. Ficamos felizes por poder atuar em um palco tão importante para a cidade, mas nada de especial em termos táticos. Independente do espaço, do terreno, do campo, temos sempre que fazer o nosso melhor”, finalizou o treinador.

Foco

Classificação do Mineiro sub-20

  Com boas atuações em todas as partidas até aqui, inclusive na derrota para o América na estreia, o Tupi chega como favorito diante da equipe de Manhuaçu. Para o lateral direito Pablo, salvador do Tupi na última rodada, o momento de fragilidade do adversário não pode influenciar na postura do alvinegro dentro de campo.

  “Mesmo sabendo que o adversário está em um momento ruim, temos que entrar ligados em todos os jogos. É um time de empresário e que tem potencial. Temos que entrar focados no jogo, com a cabeça boa, para conseguirmos mais uma vitória em casa e subir ainda mais na tabela”.

Se entendem

  Os garotos se dão bem. Boa parte dos atletas já se conhece há muitos anos. Oito deles jogaram juntos nas categorias de base do América-MG e logo depois foram transferidos para o Tiradentes, equipe de São João Del Rei, que tinha André Luiz, atual consultor de futebol Carijó, como gestor. Em conjunto com os jogadores de Juiz de Fora e sob o comando do técnico Wesley Assis, o grupo “deu liga” e vem bem no Estadual da categoria.

Jogos da quinta rodada

  Com exclusividade ao Toque de Bola, o zagueiro e capitão da equipe, Matheus Mega, ressaltou a importância da união do grupo e do apoio da torcida. “A expectativa é a melhor possível. Nossa equipe vem bem na competição, nosso grupo tá bem unido, entrosado. Nos conhecemos muito bem. Viemos de três vitórias, mas sabemos que temos que colocar os pés no chão. Dentro de casa, com apoio da nossa torcida, que sempre está com a gente, vamos em busca dos três pontos”, garantiu.

Quem joga?

  Com as expulsões do goleiro Davyd e do zagueiro Pedro Romano na última rodada, as únicas mudanças na equipe titular serão para cobrir a ausência dos suspensos. A meta Carijó será defendida por Matheus, enquanto Octávio formará a dupla de zaga com Matheus Mega.

  Com isso, Wesley Assis escalou o Tupi com Matheus, Pablo, Octávio, Gustavo; Wesley, Thales Fernandes, Gabriel Tchó Tchó; Washington, Samuel Cazares e Patrick. 

Texto: Toque de Bola

Fotos: Toque de Bola, com informações da Federação Mineira de Futebol

Deixe seu comentário