É campeão! Coimbra conquista o Módulo 2 do Mineiro

Equipe do Banco BMG levantou o troféu do Módulo 2

  Após o empate em 1 a 1 com o Uberlândia, no dia 8 de março, o Coimbra se sagrou campeão do Módulo 2 do Campeonato Mineiro no sábado, dia 11. Com gol do centroavante Bruno Mineiro, o time que tem sede em Contagem e pertence ao Banco BMG, venceu o Verdão por 1 a 0 e levantou o caneco na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, de forma invicta. 

  A conquista coroou uma temporada quase perfeita do Coimbra. Dono da melhor campanha da primeira fase, o time de Contagem chegou à decisão em vantagem, jogando por dois empates ou derrota e vitória com a mesma diferença de gols. Na segunda partida da decisão, marcou aos 33 minutos do primeiro tempo, com Bruno Mineiro cobrando pênalti, e garantiu o título invicto, tendo também a melhor defesa da competição.

Sequência

  Tanto Coimbra como Uberlândia, comandado pelo ex-técnico do Tupi, Ademir Fonseca, disputarão ao Módulo 1 do Estadual em 2020. O Coimbra chega à elite do futebol de Minas com dois títulos em sequência, já que em 2018 ficou com a taça da Segunda Divisão do Mineiro, e agora venceu o Módulo 2.

Bruno Mineiro fez o gol do título do Coimbra

  Fundado em 1986, em Nova Lima, originalmente o Coimbra tinha as cores preta e branca em sua camisa. Quando o Banco BMG passou a investir diretamente em atletas de futebol, adquiriu a equipe e mudou suas cores para o laranja,  mesma da instituição financeira. Há três anos, com a construção de um centro de treinamentos em Contagem, agora sede do time, começou o projeto de ir subindo os degraus do futebol estadual, concretizado este ano.

Caras conhecidas

  Além do centroavante Bruno Mineiro, autor do gol do título, que atuou no América, o Coimbra tem em seu time campeão caras conhecidas do torcedor mineiro. Estão no elenco o zagueiro Carciano, ex-Villa Nova; seu companheiro de zaga Diogo, ex-Tupi; e o goleiro Glaycon, também ex-América. O técnico é Diogo Giacomini, que tem trabalhos nas categorias de base de América, Cruzeiro e Atlético, onde foi auxiliar técnico do profissional, além de ter atuado no sub-20 do Palmeiras. 

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: João Guilherme/Agência i7

Deixe seu comentário