Confronto de ponta!

  A garotada do Tupynambás/Futebol UFJF volta a campo neste sábado, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, a partir das 9h, para confrontos que valem a liderança da classificação conjunta da Segunda Divisão do Campeonato Mineiro sub-15 e sub-17.

Sub-17 do Baeta/UFJF joga às 11h deste sábado

  Os times juvenil e infantil do Leãozinho encaram as equipes do tradicional Villa Nova, de Nova Lima, com entrada franca. Os primeiros a entrarem em campo são os mais novos, do sub-15, às 9h. Logo depois, o sub-17, às 11h.  Os garotos locais tiveram que superar um adversário diferente antes mesmo de a bola rolar no fim de semana.

  “Tivemos alguns atletas do infantil e do juvenil que ficaram doentes. Suspeita de dengue. Jogamos desfalcados em Pouso Alegre. Mas, para os confrontos com Villa Nova, estarão em campo. Vamos com força máxima. São jogos importantes para nos manter na ponta da classificação”, destaca o coordenador do projeto Baeta/UFJF, Marcelo Matta. 

Vitórias fora

Sub-15 do Baeta/UFJF abre os trabalhos do sábado às 9h 

   Mesmo com algumas baixas nos elencos, o Leãozinho vem de duas vitórias fora de casa, sobre o Pouso Alegre. No infantil, os juiz-foranos venceram por 2 a 0. “Os desfalques pelo problema da suspeita de dengue afetaram mais o infantil, com quatro atletas. Mas mesmo assim, o time se comportou muito bem defensivamente, conseguimos dois gols em chutes de fora da área e a vitória”, explica Matta.

  Já no juvenil, a vitória do Leãozinho foi por 3 a 1. “O jogo começou igual, mas controlamos a partir do primeiro gol e terminamos em vantagem o primeiro tempo. No segundo, o Pouso Alegre empatou, mas não perdemos o ritmo e conseguimos fazer outros dois gols controlando a partida”, conta Marcelo. 

Conjunta

Classificação conjunta da 2ª Divisão do Mineiro de base

  Pelo regulamento, a Segunda Divisão do Mineiro sub-15 e sub-17 2019 é disputada no sistema de turno e returno, em pontos corridos. Para o acesso à Primeira Divisão do Estadual, a pontuação das equipes em ambas as categorias é somada. Os três primeiros colocados jogarão a elite da base da competição em 2020.

  “Para o projeto, estamos muito bem, liderando a classificação conjunta. Para os meninos, ganhar fora gera confiança e experiências positivas para os atletas. Não se sentem ameaçados quando jogam fora de casa. Isso demonstra um desenvolvimento psicológico de não se abalar. É bem legal. Vamos continuar o trabalho que está dando certo”, pretende Matta.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Artes: Baeta/UFJF e Toque de Bola com informações da FMF

Fotos: Rise Up Sports

Este post tem um comentário

  1. Alexsander

    Muito bem orientado e direcionado esse trabalho realizado pelo basta/ufjf, a equipe toda esta de parabens e motivada pra chegar na frente e estar em 2020 na elite do mineiro. Vamos que vamos!!!

Deixe seu comentário