Amarga rotina! Tupi perde na estreia da Série D

Atacante do Tupi, Felipe, tenta apertar a marcação

  Mesmo reformulado, o Tupi repetiu erros já vistos na temporada 2019, e terminou a estreia no grupo A14 da Série D do Campeonato Brasileiro derrotado por 2 a 1 para o Hercílio Luz, em Tubarão, interior de Santa Catarina, neste domingo, dia 5. Os atacantes Juliano e Mateuzinho fizeram os gols catarinenses, e o meia Hugo Rodrigues descontou para os juiz-foranos.

  Na outra partida da primeira rodada da chave neste domingo, os cariocas receberam o Novorizontino, e o jogo terminou em empate em 1 a 1. Assim, o Carijó já inicia a competição na lanterna do grupo. No próximo sábado, dia 11, às 16h, o Tupi recebe o Itaboraí em Juiz de Fora, e o técnico do Tupi, Beto Souza, quer pensar nesse confronto. “Foi uma partida muito disputada. Entramos com o propósito de ficar bem postado e sair no contra-ataque. Fechamos certinho, mas não conseguimos dar prosseguimento. No segundo tempo, a postura foi muito melhor. Podíamos ter empatado. Eles chegaram três vezes no nosso gol na primeira etapa e marcaram duas vezes. Agora é pensar e refletir para ter um bom desempenho e casa”, deseja.  

Não funcionou

Classificação do grupo A14 da Série D

  Escalado com os zagueiros Adalberto, Lucas Tavares e Guilherme Canela, o Tupi buscava as jogadas em velocidade. A bola pouco passava pelo meio de campo, e o expediente não funcionava. Aos 23 minutos, os donos da casa quase abriram o placar com Juliano, que pintou cara a cara com Vilar, mas bateu para fora. Aos 24, não teve jeito. Após erro na saída de bola, o mesmo Juliano recebeu na entrada da área pela esquerda, ajeitou e bateu longe do alcance de Vilar, fazendo Hercílio Luz 1 x 0 Tupi.

Resultados dos jogos deste domingo

  Mesmo perdendo, o Tupi não conseguia articular ataques e nem finalizar. Aos 36 minutos, os juiz-foranos levaram o segundo. Mateuzinho, após cobrança rápida de falta, recebeu lançamento nas costas da zaga alvinegra, limpou o lance, e bateu firme para ampliar a vantagem do Hercílio Luz. A única finalização do Carijó no primeiro tempo foi aos 45, em cabeçada fraca do volante Max Carrasco.

Reação tardia

  Com Wellington Sabão no lugar de Felipe, o Tupi começou a segunda etapa indo para cima. Mais ofensivo, o Carijó pressionava em busca de diminuir o placar para buscar o empate em seguida. Os juiz-foranos apareciam mais no ataque, mas sem finalizar ainda, enquanto o Hercílio Luz administrava a vantagem.

  De tanto insistir, o Tupi conseguiu marcar aos 38 minutos da segunda etapa. Juninho sofreu pênalti, cobrado por Hugo Rodrigues com precisão para diminuir. Animado, o Carijó se lançou para tentar o empate. Mas não teve sucesso. Final, Hercílio Luz 2 x 1 Tupi.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Foto: Kako Caniggia/Hercílio Luz

Artes: Toque de Bola com informações da CBF

 

Deixe seu comentário