Módulo 2! Serranense bate Uberlândia. NAC e Coimbra empatam

  O Serranense fez o dever de casa (1 a 0 sobre o Uberlândia) e o Nacional de Muriaé não aproveitou o mando de campo (1 a 1 diante do Coimbra) nas partidas de ida das semifinais do Módulo 2 do Campeonato Mineiro, disputadas na noite desta segunda-feira, dia 29, em Nova Serrana e Muriaé.

  Os jogos de volta estão programados para domingo, dia 5. Quem avançar para a final já estará classificado para a primeira divisão do futebol mineiro em 2020. Serranense e Coimbra dependem de um empate para conquistar o acesso.

Gleisson marcou o gol do NAC sobre o Coimbra

Em Muriaé

  Nacional e Coimbra ficaram iguais no marcador (1 a 1) no primeiro jogo da semifinal. No Estádio Soares de Azevedo, o NAC saiu na frente, mas viu o adversário igualar o marcador e manter a vantagem conquistada na primeira fase da competição.

O jogo

  Em duelo muito equilibrado, o início da partida foi de pressão dos donos da casa. O tricolor teve a primeira chance logo no início com Gleisson, mas o atacante não conseguiu finalizar. Líder absoluto e invicto na Primeira Fase, o Coimbra equilibrou as ações da partida e teve grande oportunidade com Thalis, mas o goleiro Léo Flores fez boa defesa. Na sequência, aos 34, o NAC abriu o placar com Gleisson, que bateu forte após boa assistência de Léo Índio e deu a vitória parcial aos mandantes.

  A segunda etapa viu um Coimbra melhor em campo e em busca do empate, o que não tardou a acontecer. Aos 13, após cobrança de escanteio, o zagueiro Bruno Simões, do NAC, acertou uma pancada de cabeça, mas contra o próprio gol. Com o empate, o Coimbra retomou a vantagem de poder empatar o próximo jogo e mesmo assim garantir vaga na final. Com isso, a igualdade permaneceu no placar até o fim e a vaga vai ser decidida no segundo jogo.

Como fica

  O Coimbra só precisa de um empate no domingo, às 16h, na Arena do Jacaré, para ir à final e subir para a elite do Estadual. Ao Nacional, resta buscar a  vitória em Sete Lagoas.

Nacional precisa da vitória para se classificar

Em Nova Serrana

  Na outra semifinal, o Serranense venceu o Uberlândia por 1 a 0 na Arena do Calçado, em Nova Serrana. Com grande superioridade durante toda a partida, os donos da casa abriram o placar e tiveram oportunidades de ampliar, mas pararam na trave.

O jogo

  Para fazer valer o mando de campo, o Serranense começou em cima do adversário. No primeiro minuto de partida, após cobrança de escanteio de Wellington, Everton abriu o placar. Com a vantagem, o time da casa aumentou a pressão e criou várias oportunidades, mas não converteu em gols.

  A segunda etapa começou diferente. O Uberlândia passou a buscar mais o gol de empate, enquanto o aurinegro manteve a atitude ofensiva, o que tornou o jogo aberto.

Que isso, professor?!

  Aos 15, o técnico do UEC, Ademir Fonseca, foi expulso após se envolver em uma confusão com o lateral esquerdo Guilherme. De acordo com os relatos, o atleta chutou uma garrafa ao ser substituído, o que provocou a ira do comandante. Ademir deu dois socos na cobertura do banco de reservas e atirou uma garrafa na direção do jogador.

 Na súmula, o árbitro Wanderson Alves de Souza registrou: “Expulsei da área técnica o treinador da equipe do Uberlândia Esporte Clube, o Sr. Ademir Fonseca, por arremessar uma garrafa de água, no atleta de número 6, da sua própria equipe, que se encontrava sentado no banco de reservas, não atingindo o mesmo”.

Serranense saiu na frente do Uberlândia logo no início da partida

  Como fica

  Na sequência, a partida esfriou em emoção e o resultado de 1 a 0 permaneceu até o fim. Com a vitória, o Serranense joga pelo empate para conquistar o acesso à elite e a vaga na final do Módulo 2. Ao Uberlândia resta vencer a partida de volta por qualquer placar para conquistar os mesmos objetivos.

  As duas equipes se reencontram no próximo domingo, às 10h, no Parque do Sabiá, em Uberlândia.

Texto: Toque de Bola

Fotos: Teodorico Torres; Federação Mineira de Futebol

Deixe seu comentário