Deu a lógica! Cruzeiro e Atlético farão a final do Mineiro

Atleticanos golearam o Boa Esporte neste domingo

  Deu a lógica nos jogos de volta das semifinais do Campeonato Mineiro 2019. Com goleada por 5 a 0 para cima do Boa Esporte, no Mineirão, neste domingo, dia 7, o Atlético definiu a decisão do Estadual. No sábado, dia 6, o Cruzeiro já havia garantido seu lugar na decisão também no maior estádio de Minas, batendo o América por 3 a 0.

  A disputa do título do Mineiro 2019 começa no próximo domingo, às 16h, com o Cruzeiro como mandante do primeiro jogo da decisão. O Atlético tem o mando da segunda partida da finalíssima, e a vantagem de jogar por dois empates ou derrota e vitória pelo mesmo saldo de gols para conquistar o caneco por conta de ter feito a melhor campanha na fase de classificação do Estadual. A Federação Mineira ainda vai confirmar dia, horário e local do segundo jogo da final. Existe a possibilidade de ele ser antecipado do dia 21 de abril para a quarta anterior, dia 17.
Goelada
Luan abriu o caminho da chuva de gols

  Após o empate sem gols com o Boa Esporte em Varginha na primeira partida da semifinal, o Atlético entrou em campo neste domingo ainda mantendo a vantagem do empate, mas sem poder perder.  Por isso, e empurrados por 45 mil torcedores, os atleticanos trataram de sair para cima dos visitantes. Aos 18 minutos, Luan balançou a rede, mas teve o lance anulado pelo VAR por impedimento. Mas, aos 24, tudo certo, e o Menino Maluquinho pode comemorar após escorar falta cobrada por Cazares na área.

  Ainda no primeiro tempo, com o Boa tentando sair, o Galo ampliou e garantiu o resultado. Em contra-ataque, Elias tabelou com Ricardo Oliveira e, sem goleiro, fez 2 a 0 para o Atlético aos 40 minutos. Sete minutos depois, Cazares mandou para a área, e o zagueiro do Boa, Vitor, mandou contra seu próprio gol, colocando 3 a 0 no placar. No início do segundo tempo, a sorte sorriu para Geovânio que, após presente em falha do zagueiro Fernando Fonseca, avançou e tocou na saída do goleiro para fazer 4 a 0. Aos 28, Vinícius, ex-Tupi, batendo com precisão após passe de Geuvânio, fechou a goleada em 5 a 0.
Sem sustos         
Fred marcou seu 11º gol no Estadual

  No sábado, ao contrário do primeiro jogo, o Cruzeiro se classificou sem levar gols ou sustos. Com a vantagem de poder perder por um gol de diferença, a Raposa avançou com tranquilidade. Logo aos 14 minutos, após rebote e cruzamento na área, Léo cabeceou forte para abrir o marcador no Mineirão. Cinco minutos depois já veio a tranquilidade celeste. Edilson fez desarme e chegou ao fundo para encontrara o artilheiro Fred dentro da área. O camisa 9 escorou de cabeça e ampliou para 2 a 0 o marcador.

  O segundo tempo teve o América partido para cima. Eliminado com o resultado parcial, o Coelho tentou diminuir apostando em chutes de longe. Mas, sem muita precisão. Fábio só foi exigido aos 26 minutos, quando Matheusinho acertou um balaço, mas o camisa 1 cruzeirense estava atento. Controlando a partida, o Cruzeiro não parecia mais interessado em balançar a rede, mas Rafinha contrariou a tendência aos 43. Depois de receber cruzamento de Robinho, ele tocou para fazer 3 a 0 e sacramentar a classificação.
 
Confira as fichas dos jogos de volta das semifinais do Campeonato Mineiro 2019:
 
CRUZEIRO 3 x 0 AMÉRICA

Mineirão – semifinal do Campeonato Mineiro

Gols: Leo aos 14 do 1T; Fred aos 19 do 1T; e Rafinha aos 43 do 2T (Cruzeiro)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden 

Assistentes: Celso Luis da Silva e Anderson José de Morais Coelho

Árbitro de vídeo: Marcelo de Lima Henrique

Cartões amarelos: Felipe Azevedo e Zé Ricardo (América)

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Dedé, Leo e Egídio; Lucas Silva (Ariel Cabral) e Lucas Romero; Rafinha, Robinho e Rodriguinho (Jadson); Fred (Raniel)
Técnico: Mano Menezes

América: Fernando Leal; Leandro Silva, Diego Jussani, Paulão e João Paulo; Zé Ricardo e Christian; Matheusinho, Marcelo Toscano (Neto Berola) e Felipe Azevedo (Carlos França); Júnior Viçosa (Jonatas Belusso). Técnico: Givanildo Oliveira

ATLÉTICO 5 x 0 BOA ESPORTE

Mineirão – semifinal do Campeonato Mineiro
Gols: Luan aos 24 do 1T; Elias aos 40 dp 1T; Victor (contra) aos 47 do 1T; Geuvânio a 1 do 2T; e Vinícius aos 28’ do 2T (Atlético)
Árbitro: Anderson Daronco 
Assistentes: Bruno Boschilia e Felipe Alan Costa de Oliveira
Árbitro de vídeo: Wagner do Nascimento Magalhães 
Cartões amarelos: Réver (Atlético); César Sampaio (Boa Esporte)
 
Atlético: Victor; Guga, Réver (Leonardo Silva), Igor Rabello e Fábio Santos; Adilson e Elias; Geuvânio, Cazares (Vinícius) e Luan (Chará); Ricardo Oliveira. Técnico: Levir Culpi
 
Boa Esporte: Renan Rocha; Chiquinho Alagoano, Fernando Fonseca, Ferreira (Victor)  e Tsunami; César Sampaio, Claudeci, Gabriel Vieira (Denis) e Kaio Cristian; Gindré (Jayme) e Gustavo Henrique. Técnico: Cesinha

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos com informações do Superesportes

Fotos:  Bruno Haddad/Cruzeiro; Bruno Canini/Atlético

Deixe seu comentário