Tupi sub-20! Galinho inicia reta final de preparação para o Mineiro

Assis conversa com seu atual elenco em Santa Terezinha

  Entrando em fase final de definição do grupo, o time sub-20 do Tupi fez nesta quinta, dia 28, um treino aberto – espécie de apresentação extraoficial – para a imprensa em Santa Terezinha.

  Após o cancelamento de uma peneira em fevereiro, e o técnico Wesley Assis, que esteve à frente da categoria em 2018, reassumir o time,  os próximos dias serão de diminuição do elenco para a estreia do Galinho no Campeonato Mineiro. O time local inicia o torneio no dia 14 de abril, contra o América, no Mário Helênio. “Essa semana vai ser crucial para nós fazermos as últimas observações. Vamos reduzir bem esse grupo a partir de segunda”, explica Assis.

Mistura

  A ideia de Assis é trabalhar com, no máximo, 27 atletas. Atualmente, o elenco tem cerca de 35 jogadores com idades entre 18 e 20 anos. Para a montagem do grupo inicial, além de jovens da cidade e região indicados e em teste, Wesley chamou alguns ex-carijós que estiveram na disputa da Copa Alterosa sub-20 em 2018, competição regional da qual o Galinho foi vice-campeão sob seu comando.

Washington atuou pelos profissionais

  O treinador conta também com atletas que integraram o elenco profissional do Tupi no Mineiro 2019. O atacante Washington, ou simplesmente Tom, é um deles. Relacionado contra o Boa Esporte (derrota por 4 a 1), o jogador estreou contra o Cruzeiro (derrota por 3 a 0) e fez o gol do Tupi no revés para a URT, por 2 a 1, em Patos de Minas no Estadual.

Referência

  Com a bagagem trazida dos profissionais, Tom é uma das referências do elenco, mas recusa o rótulo de estrela do Galinho. “Todo mundo aqui não tem diferença. Do profissional, viemos eu, Pablo (lateral-direito), Matheus (zagueiro) e Cleiton (volante). É chegar e trabalhar firme como todos aqui no sub-20. Tive a chance de estrear contra o Cruzeiro, ser titular contra a URT e a felicidade de marcar um gol. Infelizmente, o Tupi já vinha em uma situação ruim e não conseguimos salvar. Agora é usar o que aprendi. Vida que segue aqui, sou novo e vou continuar focado em vencer”, deseja Washington.

Assis quer um time comprometido e lutador

  “É importantes essa integração que já foram para o profissional. Agrega na experiência, porque eles já viveram as situações em um time principal. Além disso, a qualidade. Qualquer treinador quer ter atletas qualificados que estão sendo aproveitados na equipe principal. Eles acabam virando referência e um espelho para os demais. É importante o garoto saber que o clube dá essa chance de crescimento”, destaca Assis.

Resgate e classificação

  Segundo o comandante do Galinho, sua equipe tem dupla missão quando entrar em campo no Mineiro sub-20. “Primeiramente, temos que resgatar a identidade dos atletas com o clube. O Tupi é um clube grande, temos que colocar isso na cabeça deles, mostrar a importância e a oportunidade que eles estão tendo de representar essa camisa. Em campo, quero um time comprometido com os aspectos táticos e que lute a todo momento”, deseja Wesley.

O treino desta quinta do sub-20 foi aberto à imprensa

  No estudo de tabela e projeções de campeonato, a meta é clara: a classificação. “São 15 jogos, e se classificam oito das 16 equipes para a segunda fase. Então é um campeonato que proporciona boas chances. O objetivo é estar entre os times que avançam. Os primeiros cinco jogos são cruciais. Queremos pontuar contra os principais times do estado e jogar de igual para igual com as equipes do nosso porte”, projeta Assis.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Toque de Bola

Deixe seu comentário