Sem ponto em BH! Baeta não resiste ao Coelho no Independência

Júnior Viçosa marcou o primeiro do América

  Mesmo com grande atuação do goleio Renan Rinaldi, o Tupynambás não resistiu e acabou derrotado pelo América, em Belo Horizonte, na noite deste sábado, dia 9. Com um gol do centroavante Júnior Viçosa logo aos 9 minutos do jogo, e outro do meia Matheuzinho no apagar das luzes, aos 46 do segundo tempo, o Coelho venceu o Baeta por 2 a 0, no Independência, na nona rodada do Campeonato Mineiro.

  As atenção do Leão do Poço Rico agora se voltam para o confronto da penúltima rodada do Estadual, contra a Caldense, em Poços de Caldas. Na briga pela classificação para as quartas de final do Mineiro, o Baeta também mira uma vaga na Série D de 2020, objetivos nos quais a Veterana é uma adversária direta.

Gol no começo

  O América começou a partida indo com tudo para cima do Baeta. Marcando a saída de bola, os donos da casa não deixavam o Leão do Poço Rico respirar. Na pressão, os americanos conseguiram o primeiro gol cedo. Logo aos 9 minutos, Juninho cruzou da direita, e Júnior Viçosa cabeceou. A bola ainda desviou no zagueiro Adriano antes de entrar para colocar 1 a 0 para o Coelho no placar.

  Mesmo conseguindo o gol, o time de Belo Horizonte não diminuiu o ritmo. Pressionado, o Tupynambás não conseguia sair com qualidade. A partir da metade do primeiro tempo, o Baeta conseguiu se soltar, e as chegadas pela esquerda, com Núbio Flávio, levavam perigo. Mas, o Coelho ganhou espaços com isso e, com três defesas difíceis, Renan Rinaldi evitou que o América ampliasse, sendo o principal nome juiz-forano na etapa inicial.

Gol no fim

  Na volta do intervalo, o técnico Felipe Surian colocou o meia Geovani no Baeta no lugar de Marcel, buscando ter mais a posse de bola para tentar a reação. O expediente melhorou a posse do Baeta, que começou a rondar o gol de Fernando Leal.

  Apesar da evolução do Tupynambás, Renan Rinaldi continuou a ser o nome do Baeta no jogo, com defesas como no chute cruzado, cara a cara, de Júnior Viçosa aos 21 minutos. O ritmo do Coelho diminuiu, e o Leão do Poço Rico se adiantou em busca do empate. Mas, quem marcou no fim do jogo foi o América. Cobrando falta com perfeição, Matheuzinho deu números finais ao confronto em 2 a 0 aos 46.     

AMÉRICA 2 x 0 TUPYNAMBÁS

Independência – Campeonato Mineiro

Gols: Júnior Viçosa aos 9 do 1T; e Matheuzinho aos 46 do 2T

América

1 – Fernando Leal

2 – Leandro Silva

3 – Diego Jussani

25 – Paulão

6 – João Paulo

15 – Christian (Morelli)

8 – Juninho

10 – Matheuzinho

7 – Marcelo Toscano

11 – Felipe Azevedo (Neto Berola)

9 – Júnior Viçosa (Jonatas Belusso)

Técnico: Givanildo de Oliveira

Tupynambás

1 – Renan Rinadi

2 – Paulinho

3 – Adriano

4 – Felipe Gregory

6 – Anderson

23 – Marcel (Geovani)

7 – Léo Salino

8 – Leandro Salino

11 – Matheus Pimenta (Ygor)

10 – Núbio Flávio

9 – Ademilson (Igor Soares)

Técnico: Felipe Surian

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Foto: Mourão Panda/América FC

Arte: Toque de Bola

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário