Novo treinador! Paulo Campos assume o Baeta para reta final do Mineiro

Paulo Campos treinou o Tupi em 2014

  Foi difícil, mas o Tupynambás acertou com um novo treinador para a reta final de sua participação no Campeonato Mineiro 2019, nesta terça, dia 12. O experiente Paulo Campos, de 62 anos, será o comandante do Baeta em seus últimos jogos no Estadual e na temporada, já que esta é a única competição do clube este ano. Sua apresentação está agendada para esta quarta, dia 13, às 15h, no Mário Helênio.

  Natural de Niterói, Paulo Campos não é um estranho no futebol de Juiz de Fora. Em 2014, o treinador comandou o Tupi entre 26 de fevereiro e 16 de março, na reta final do Campeonato Mineiro daquele ano. À época, trabalhou com dois atletas que estão atualmente no elenco do Baeta: os atacantes Ademilson e Núbio Flávio.

Experiência internacional

Felipe Surian foi apresentado no Joinville

  Campos substitui Felipe Surian, que deixou o Baeta surpreendentemente no dia 9 de março para se transferir para o Joinville, onde foi apresentado na tarde desta terça, dia 12. O novo técnico do Tupynambás é pós-graduado em educação física pela Universidade Gama Filho, formado também em administração esportiva e estava no Planatias Chania, da Grécia. Seu último trabalho no Brasil foi no Londrina-PR, onde foi coordenador técnico e chegou a assumir a equipe interinamente.

Baeta deu as boas-vindas ao novo treinador

  Paulo Campos já comandou seleções de quatro países: Libéria, Gana, Catar e Kwait. Também foi assistente técnico do Real Madrid, com o técnico Vanderlei Luxemburgo. Em clubes do futebol internacional, tem uma grande experiência. Além do grego Planatias Chania, o treinador dirigiu Al Qadsia, Al Rayyan, ambos do Catar; Al Nasr, Al Ahali e Al Wasl, dos Emirados Árabes; Al Ittihad, Al Shabab, Al Ohod e Al Hilal, da Arábia Saudita; além de Asteras Tripolis, da Grécia, e Calabar Rovers, da Nigéria.

No Baeta, Campos reencontrará Admilson (ao fundo)

No Brasil

  O treinador foi, antes de ser de coordenador do Londrina, auxiliar técnico da Seleção Brasileira Sub-20 e do Vasco-RJ no Brasil. Além do Tupi, Campos estev à frente de equipes como São José dos Campos-SP, Resende-RJ, Guaratinguetá-SP, Duque de Caxias-RJ, Mogi Mirim-SP, Iraty-PR, Criciúma-SC, Náutico-PE, Fluminense-RJ, Vila Nova-GO, Paysandu-PA, Paraná-PR, Palmeiras B-SP, Botafogo-RJ, Friburguense-SC e São Cristóvão-RJ.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Toque de Bola; Gustavo Oliveira/Londrina EC e Facebook Joinville

Arte: Tupynambás FC

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário