Nona rodada! Trio da capital vence, Surian deixa Baeta e Tupi afunda de vez

  As vitórias de Cruzeiro e Atlético diante de Tombense e Patrocinense, a derrota do Tupynambás para o América e a iminente queda do Tupi após mais uma goleada sofrida, desta vez diante do Boa Esporte, marcaram a nona rodada do Módulo I do Campeonato Mineiro. No Baeta, o técnico Felipe Surian deixou o cargo após o final da partida diante do Coelho.

Classificação após o término da nona rodada. Clique para ampliar a imagem

  Galo e Raposa utilizaram equipes alternativas por conta dos compromissos no meio de semana pela Copa Libertadores, mas mantiveram o favoritismo, mesmo sofrendo um pouco mais para garantirem a vitória.

  O destaque positivo do interior ficou para Guarani, que bateu a URT e conquistou sua primeira vitória na competição, e Villa Nova, que derrotou a Caldense e segue vivo na briga contra o rebaixamento.

  De acordo com o regulamento da Estadual, os oito primeiros colocados se classificam para as quartas de final, que ocorrem em jogo único, com mando de campo do time melhor colocado. Na parte de baixo, os dois últimos na tabela são rebaixados e disputarão o Módulo 2 em 2020.

Galo vence CAP no fim

Alerrando (esq.), Guga (centro) e Nathan (dir.) construíram a jogada do gol do Galo em Patrocínio

  O Patrocinense recebeu o Atlético no Estádio Pedro Alves do Nascimento defendendo o posto de melhor equipe do interior. Com a equipe praticamente reserva, por conta da Libertadores, o Galo foi um pouco melhor que o CAP, principalmente durante o segundo tempo, mas as equipes caminhavam para um empate sem gols.

  No “apagar das luzes”, Nathan fez ótimo lançamento para Guga. O lateral rolou para Alerrandro, que garantiu a vitória alvinegra. O Atlético alcançou sua sexta vitória no Estadual e segue líder, enquanto o Patrocinense, que estacionou nos 12 pontos, caiu para a quinta colocação, sendo ultrapassado pelo Boa Esporte.

  Raposa bate Tombense

  Também de olho no compromisso pela maior competição continental, o Cruzeiro entrou em campo com um time alternativo e venceu o Tombense por 2 a 0 no Mineirão. Após pressionar o Gavião, a Raposa abriu o placar, com Sassá, de pênalti. David teve oportunidade de ampliar, mas Felipe fez grande defesa. Na segunda etapa, após boa tabela com Dodô, o meia-atacante celeste não desperdiçou e fez o segundo.

Sassá e David marcaram os gols da vitória do Cruzeiro

  Com o placar encaminhado pela equipe celeste, o Tombense cresceu na partida e levou muito perigo, principalmente com Juan e Everton. O principal lance foi em um pênalti, mas o goleiro Rafael, um os destaques em campo, defendeu a cobrança de Juan. O resultado manteve ainda as esperanças da Raposa de terminar a fase em primeiro lugar.

Dupla Tu-Tu

  O Tupi foi a Varginha encarar o Boa Esporte e sofreu outra goleada no Campeonato Mineiro. Com dois gols de Gustavo, um de Wenderson Tsunami e outro de Gindre, o time do Sul de Minas fez 4 a 1 e entrou no G-4 do Estadual. Com as vitórias de Guarani-MG e Villa Nova-MG, o Carijó terá que vencer seus últimos jogos e contar com tropeços de seus adversários nas duas últimas rodadas. O Galo é o único time que não venceu no Estadual.

  Já o Baeta visitou o América em Belo Horizonte e saiu derrotado 2 a 0, com gols de Júnior Viçosa e Matheusinho. O destaque, no entanto, ficou para o pós-jogo. O técnico Felipe Surian acertou sua saída do Leão do Poço Rico e surpreendeu a todos, causando clima de tensão nos vestiários do Independência. No próximo domingo tem disputa direta pela ponta da tabela. Líder e vice-líder se enfrentam no Mineirão, pela décima rodada. O Baeta, por sua vez, perdeu a chance de ir ao G-4, que dá vantagem de jogar em casa nas quartas de final, e visita a Caldense no domingo, dia 17, às 11h.

Duelos no interior

Jogadores do Villa comemoram o gol marcado diante da Caldense

  O Guarani de Divinópolis conquistou sua primeira vitória no Campeonato Mineiro,  respirando na briga contra o rebaixamento. Com belo gol de Alemão, que cortou o marcador e chutou no ângulo, o Bugre fez 1 a 0 na URT e deixou a “zona da confusão” do Estadual.

  Já a URT, que foi ultrapassada pelo próprio Guarani, ocupa a primeira posição no Z-2, com sete pontos ganhos, três à frente do Tupi, lanterna da competição.

  Em Nova Lima, o Villa Nova bateu a Caldense por 1 a 0 neste domingo e saiu da zona do rebaixamento. Com gol de Diego Macedo na etapa final, o Leão garantiu os três pontos e também respira um pouco mais, a duas rodadas do fim da fase de classificação. Já a Veterana, mesmo com a derrota, segue na zona de classificação para a próxima fase, com dez pontos ganhos.

RESULTADOS

GUARANI 1 x 0 URT

Estádio Waldemar Teixeira de Faria

Gol: Alemão, aos 9 do 1T (Guarani)

Árbitro: Cleisson Veloso Pereira

Assistentes: Fernanda Nandrea Gomes Antunes e Leandro Salvador da Silva

Guarani: Leandro; Rodrigo Dias, Paulão, Élder e Vitão; Alemão (Douglas), Yuri, Ewerton Maradona (Paulo Morais) e Leomir; Pedrinho (Douglas Santana) e Charles. Técnico: Gian Rodrigues

URT: Arthur; Rodney (Jonathan), Everton, Marcos Vinícius e Djalma Silva; Derli (Gilberto) e Diogo Orlando; Rafael Oller e Cascata (Patrick); Bruno Aquino e Juninho Potiguar. Técnico: Ito Roque.

 

PATROCINENSE 0 x 1 ATLÉTICO

 Estádio Pedro Alves de Nascimento

Gol: Alerrandro (Atlético), aos 45 do 2T 

Árbitro: Igor Júnio Benevenuto

Assistentes: Sidimar dos Santos Meurer e Magno Arantes Lyra

Cartões amarelos: Ian, Davi Lopes, Giovanni Pavani, Dedê (Patrocinense); Mancini, Vinícius, Guga (Atlético)

Patrocinense: Júlio César (Cleysson);  Kellyton, Juninho, Betão e Ian Barreto; Davi Lopes, Arílson, Dedê e  Leonardo Oliveira (Felipe Alves); Giovanni Pavani (Lucas Chinaqui) e Tony Galeto. Técnico: Rodrigo Fonseca. 

Atlético: Cleiton; Guga, Maidana, Matheus Mancini e Hulk (Renan Guedes); Zé Welison (Nathan), Adilson, Vinícius (Leandrinho), Terans e Chará; Alerrandro. Técnico: Levir Culpi. 

 

VILLA NOVA 1 x 0 CALDENSE

Estádio Municipal Castor Cifuentes

Gol: Diego Macedo, aos 26 do 2T

Árbitro: Jefferson Antônio da Costa

Assistentes: Augusto Magno de Ramos e Pablo Almeida Costa

Cartões amarelos: Alan Silva, aos 19 do 2T, Luiz Fernando, aos 29 do 2T, Eurico, aos 42 do 2T e Georgemy, aos 45 do 2T (Villa Nova);  Romário, aos 37 do 1T (Caldense)

Villa Nova: Georgemy; Alan Silva, Gabriel, Diego Macedo e Iury; Eurico, Ramires, Luiz Fernando (Jenner) e Renato Bruno; Bruno Veiga (Marcos Augusto) e Elias (Jean Carlos).

Caldense: Omar; Carlinhos, Renato Silveira, Rodolfo Manoel e Edu Pina (Danrlei); Renan, Felipe Baiano (Julio Rangel), Romário e Judson; Lorran e Reginaldo (Salatiel).

 

CRUZEIRO 2 x 0 TOMBENSE

Estádio Mineirão

Gols: Sassá, aos 16 do 1T, e David, aos 10 do 2T (Cruzeiro)

Árbitro: Felipe Fernandes de Lima

Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Marcus Vinícius Gomes

Cartões amarelos: Dedé, aos 41 do 1T e Jadson, aos 43 do 2T (Cruzeiro); Reynaldo, aos 8 do 2T (Tombense)

Cruzeiro: Rafael; Orejuela, Dedé, Fabrício Bruno e Dodô; Lucas Silva e Ariel Cabral; Jadson, Thiago Neves (Marquinhos Gabriel) e David (Renato Kayzer); Sassá (Vinícius Popó). Técnico: Mano Menezes

Tombense: Felipe; Bruno, João Victor, Reynaldo e Lincoln; Rodrigo e Lucas de Sá (Vander); Juan, Ortega (Abner) e Everton; Ricardo Jesus (Edson). Técnico: Ricardo Drubscky

 

Texto: Toque de Bola

Fotos: Felipe Augusto/Villa Nova; Bruno Cantini/Atlético; Vinnícius Silva/Cruzeiro

Tabela: site da Federação Mineira de Futebol (FMF)

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário