Exclusivo! Felipe Surian fala sobre sua saída do comando do Baeta

Felipe Surian deixa o Baeta para assumir o Joinville

  Logo após o a partida entre Tupynambás e América, no Independência, no sábado, dia 9, que terminou com vitória americana por 2 a 0, o técnico do Baeta, Felipe Surian, comunicou à direção seu desligamento do clube. Ele e seu auxiliar, Osmar Coelho, seguem para o futebol catarinense, e a decisão pegou todos no Leão do Poço Rico de surpresa.

  Acertado com o Joinville, Surian teve sua saída anunciada pela assessoria de imprensa do Tupynambás nos primeiros minutos deste domingo, dia 10. Logo em seguida, foi oficializado em seu novo clube, onde chega nesta segunda, dia 11, e será apresentado oficialmente nesta terça, dia 12. Com exclusividade, o Portal Toque de Bola manteve contato com o treinador.

Irrecusável

  Apesar de ainda não poder falar sobre o Joinville, por orientação do novo clube, Surian disse que o acerto foi por uma proposta que não poderia recusar. Mas, destaca que só o fez depois de deixar o Baeta navegando em águas calmas. “Já tinha negado outras propostas no início e no meio da competição, como ainda não tinha alcançado os pontos necessários para o não rebaixamento, decidi ficar. Desta vez, com a proposta de um grande clube, não tive como”, explica.
 Após nove jogos à frente do Baeta, com três vitórias, dois empates e quatro derrotas, Felipe sai com a sensação de dever cumprido. “Deixo a equipe muito bem classificada. Tivemos por duas rodadas na liderança e fizemos uma competição sempre brigando na parte de cima”, destaca. O Tupynambás é o atual quinto colocado no Campeonato Mineiro.

Agradecido

  Surian também agradeceu a todos que estiveram com ele no dia a dia do clube na volta à elite do futebol estadual. “Só tenho a agradecer aos atletas e comissão técnica porque eles compraram minha ideia. Meus agradecimentos a vocês também da imprensa, juntamente com os torcedores do Leão”, diz.

  Também teve mensagem para a direção e o amigo que o levou ao Baeta.  “Agradeço tbm ao presidente do clube, senhor Jorge Dias, como também ao presidente do conselho, Toninho.  Em especial ao amigo Alberto Simão (que recentemente assumiu a direção de futebol feminino do Palmeiras) que fará falta em Juiz de Fora”, finaliza.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Foto: Patrocínio Photo Studio/Tupynambás FC

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário