Busca essa vaga! Após a folia, Tupynambás encara o Coelho

Jogadores do Baeta vão correr atrás da vaga nessa reta final

  De volta aos jogos do Campeonato Mineiro após a pausa do Carnaval, o Tupynambás quer manter o embalo da boa fase antes da folia. Para não atravessar o samba na reta decisiva da avenida da primeira fase e garantir uma vaga nas quartas de final da competição, a ordem é buscar ao menos quatro pontos no últimos três jogos.

  O primeiro passo dessa caminhada rumo à apoteose da etapa de classificação do Campeonato Mineiro é neste sábado, às 21h, no Independência, em Belo Horizonte, contra o América. Para enfrentar o Coelho, o técnico do Baeta, Felipe Surian, quer um time com atitude e ousadia mesmo na passarela do adversário.

Jogo aberto

  Segundo o comandante do Leão do Poço Rico, a tendência é que o confronto com os americanos seja franco. “Como conseguimos a pontuação que nos dá tranquilidade, acredito que o jogo será nessas características de ser aberto. O América vai buscar a vitória. E nós podemos nos dar o luxo de arriscar um pouco mais, até porque o campo dá essa condição. Será uma partida com intensidade e velocidade”, acredita Surian.

Anderson (com a bola) não joga desde janeiro

  Projetando esse cenário, o técnico do Baeta armou seu time com jogadores de características compatíveis, tendo habilidade e velocidade. A primeira mudança certa na equipe será na lateral-esquerda, forçada pela suspensão de Lucas Hipólito. Anderson assume a vaga. “O Anderson vem treinando firme, apesar de ter perdido a posição de titular. É um jogador experiente, não vejo dificuldade em coloca-lo, mesmo contra um grande da capital. Confiamos nele”, disse Surian.

Alternativas

  Anderson se disse pronto para contribuir diante do Coelho. “Não só eu, mas todos aqui têm o pensamento de entrar e ajudar. Estou pronto para fazer um bom trabalho. Não atuo desde o jogo contra o Boa Esporte (na terceira rodada do Estadual, no dia 26 de janeiro), mas vinha treinando firme para me preparar para esse momento no qual seria necessário entrar novamente”, conta.

  Já do meio para a frente, Felipe testou algumas alternativas diferentes para o confronto com o Coelho no último treino intenso para a partida. A equipe titular iniciou com o meio de campo formado por Marcel e os irmãos gêmeos Léo e Leandro Salino. Na frente, Matheus Pimenta, Núbio Flávio e Ademilson. No decorrer da atividade, Igor Soares, recuperado de entorse no tornozelo esquerdo, entrou na vaga de Ademilson e, mais tarde, Geovani assumiu a vaga de Léo Salino.

Surian testou alternativas na frente

Volta?

  Assim, a principal questão no ataque do Baeta fica por conta da volta de Igor Soares. Caso seja escalado de início, o jogador assume a vaga do veterano Ademilson, empurrando Núbio Flávio da ponta esquerda para a região central do ataque. Caso fique como opção, Adê será o centroavante e Núbio iniciará na extrema.

  “Ele teve uma entorse. Se fosse pancada teríamos menos preocupação. Mas ele é jovem, tem um bom lastro físico e é leve. Fica mais a precaução para ele não levar outra pancada na região. Mas, treinou bem durante a semana. É uma opção. Ainda não defini quem começa”, disse Surian sobre a situação do Igor e do ataque do Leão.

O Coelho

Classificação do Mineiro 2019

  Após a derrota para o Juventude, por 2 a 1, no Rio Grande do Sul, no dia 28 de fevereiro, na qual o América foi eliminado da Copa do Brasil, o Coelho tem todas as suas atenções voltadas para o Estadual. A intenção é terminar a primeira fase na ponta da classificação. Para isso, o time do técnico Givanildo de Oliveira precisa vencer seus três últimos jogos, a começar pelo Tupynambás.

  Para a partida deste sábado à noite, o treinador americano tem dois desfalques. O lateral-direito Leandro Silva, com uma luxação no ombro direito, dará lugar a Ronaldo. Já o volante Zé Ricardo, suspenso, será substituído por Christian. Givanildo ainda pode mudar na frente, tendo França e Neto Berola como opções.

AMÉRICA X TUPYNAMBÁS

Independência – 21h

Árbitro: Wanderson Alves de Souza

Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira e Marconi Helbert Vieira

América: Fernando Leal; Ronaldo, Diego Jussani, Paulão e João Paulo; Christian, Juninho e Matheusinho; Marcelo Toscano (França), Felipe Azevedo (Neto Berola) e Júnior Viçosa. Técnico: Givanildo Oliveira

Tupynambás: Renan Rinaldi, Paulinho, Adriano, Felipe Gregory e Anderson; Marcel, Léo Salino e Leandro Salino; Matheus Pimenta, Igor Soares (Ademilson) e Núbio Flávio. Técnico: Felipe Surian

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Toque de Bola; Patrocínio Photo Studio/Tupinambás FC

Arte: Toque de Bola com informações da FMF

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário