Baeta: susto no treino, estreia de Campos e mudança para visitar Caldense

Baeta: susto no treino, estreia de Campos e mudança para visitar Caldense

  Nesta sexta, dia 15, o Tupynambás fez seu último treino antes de viajar a Poços de Caldas para enfrentar a Caldense no domingo, dia 17, às 11h. Para a partida, válida pela décima rodada do Campeonato Mineiro, o técnico estreante Paulo Campos deve promover alterações na equipe.

Tupynambás fez seu último treino antes de viajar para Poços de Caldas

  O meio-campo Geovani pode ser novidade na vaga do volante Marcel. Durante o treinamento desta sexta, ele permaneceu o tempo todo entre os titulares e deve iniciar o jogo.

  O susto ficou por conta do zagueiro Adriano, que deixou a atividade ainda no início. O atleta sofreu um corte interno após dividida com o atacante Vitinho e seguiu para o hospital Albert Sabin.

 

  Não preocupa

  De acordo com a assessoria do Tupynambás, Adriano está confirmado na viagem para Poços de Caldas e deverá ter condições de jogo. Ele levou cinco pontos na parte interna da boca e foi liberado. Caso o defensor não esteja apto, Halisson atuará ao lado de Felipe Gregory na defesa alvirrubra.

  Sobre a saída de Adriano do treinamento e a possibilidade de não contar com o atleta na partida de domingo, o técnico Paulo Campos falou em entrevista exclusiva ao Toque de Bola.

Adriano (dir.) sofreu corte na boca, mas deve ser titular contra a Caldense

  “Não será problema. O Adriano é, acima de tudo, um atleta vigoroso, profissional ao extremo. O que aconteceu com ele pode acontecer com qualquer um, em treinamento ou em jogo. Tenho certeza, por conhecer o atleta em poucos dias e sentir que é um jovem que vai à luta, a contusão na boca não vai tirá-lo da partida. Caso haja necessidade de substituição, o Halisson, que é um jogador que eu conheço, estará apto a participar com a mesma qualidade e disposição”, disse o comandante.

Mais uma chance

   Após o término do treinamento desta sexta, Geovani falou com o exclusividade ao Toque de Bola e se disse feliz com a nova provável oportunidade de iniciar entre os titulares.

Geovani deve voltar à titularidade no Baeta

  “É sempre bom voltar a jogar. Buscar a titularidade, ainda mais diante da partida que vai ser no domingo diante da Caldense. Um jogo que pode nos dar muita coisa e eu espero poder corresponder à altura. Que eu possa voltar com confiança, possa marcar e ajudar o Baeta”, disse o meia.

  Geovani iniciou a temporada como titular com o ex-técnico do Baeta, Felipe Surian, e se destacou no clássico diante do Tupi, na segunda rodada. Ele anotou o do gol de falta que deu a vitória ao Leão sobre o Carijó.

O jogo

  Apenas um ponto à frente da Veterana na tabela, o Baeta vê o jogo de domingo como fundamental para atingir o objetivo da classificação. Ao Toque, o técnico Paulo Campos falou sobre as dificuldades que enfrentará no Estádio Doutor Ronaldo Junqueira.

Paulo Campos projetou um jogo complicado na sua estreia

  “Respeitamos a equipe da Caldense, que é uma equipe forte, treinada por um grande amigo meu, que é o Mauro Fernandes, e sei que será uma partida difícil. As duas equipes estão lutando pelo mesmo objetivo. Acho que o Tupynambás, com vontade e com luta, levando a vibração do torcedor para o campo, tem todas as chances de sair com um resultado positivo e classificar-se para a próxima fase”, disse Campos.

  Geovani também falou sobre o confronto diante da Veterana, fora de casa. O meia caracterizou o jogo como um “jogo de seis pontos” e projetou muitas dificuldades para o Baeta. “Será uma partida de seis pontos diante da Caldense. Sabemos que quem vence se classifica e vamos para lá com tudo. Primeiro objetivo foi alcançado, que era permanecer na Primeira Divisão. Agora vamos atrás do objetivo maior, que é se classificar e, quem sabe, bater na semifinal”, disse o jogador.

O treino

  O estreante treinador Paulo Campos se fez bastante participativo na atividade desta sexta, no Centro de Treinamento José Paiz Soares. Durante todo o tempo, o técnico orientou os atletas em movimentações ofensivas, defensivas e, principalmente, nas bolas paradas. Campos fez um trabalho tático em campo reduzido e esboçou a equipe que deve iniciar a partida diante da Caldense.

  Com o retorno de Lucas Hipólito na lateral esquerda após ficar suspenso diante do América, o provável Baeta só tem uma dúvida: Adriano ou Halisson. Com isso, o Leão do Poço Rico deve ir a campo com Renan Rinaldi, Paulinho, Adriano (Halisson), Felipe Gregory, Lucas Hipólito; Léo Salino, Leandro Salino e Geovani; Ygor Soares, Núbio Flávio e Ademilson.

Texto: Toque de Bola

Fotos: Toque de Bola; Yahoo Esportes

Arte de capa: Tupynambás FC

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário