A bola pune! Tupynambás perde para Caldense e se complica

Autor de um gol, Carlinhos encara Lucas Hipólito, do Baeta

  “A bola pune!” Declarou o meia do Tupynambás, Léo Salino, citando a célebre frase do ex-técnico Muricy Ramalho, definindo como foi a derrota do Baeta para a Caldense, por 3 a 0, em Poços de Caldas, neste domingo, dia 17, com gols do meia Romário (2) e do lateral-direito Carlinhos.

  Agora, o time de Juiz de Fora vê complicada sua missão de se classificara para as quartas de final do Mineiro 2019. Isso porque, para não depender de nenhum outro resultado, o Leão do Poço Rico tem que vencer o Atlético, na quarta, dia 20. Caso empate ou perca, o Tupynambás vai ter que secar Tombense e Guarani para manter-se entre os oito melhores do Estadual.   

Ficou na trave

  O Baeta começou o jogo deste domingo com o retorno ao time titular do lateral-esquerdo Luca Hipólito, do meia Geovani e do atacante Igor Soares. Mesmo fora de casa, o ímpeto do Leão do Poço Rico foi quem gerou o primeiro lance de perigo, aos 10 minutos. Em contra-ataque, Núbio Flávio acertou a trave da Caldense e, no rebote, Ademilson bateu cruzado e a bola passou raspando, à direita da meta da Veterana.

Resultado foi construído no segundo tempo

  Com saídas em velocidade, o Tupynambás era mais perigoso e seguiu criando. O time da casa tentava ter a posse de bola, mas não conseguia criar chances claras. No fim da primeira etapa, tanto o Baeta como a Veterana tiveram chances, mas ninguém conseguiu tirar seu zero do marcador.

Punição

  Na volta para o segundo tempo, a Caldense colocou pressão, e o expediente deu certo aos 10 minutos. Romário recebeu de Judson e mandou para o gol, abrindo o placar para os donos da casa. Atrás no marcador, o Tupynambás partiu para cima, com o centroavante Eraldo entrando na vaga de Igor Soares.

  Com o Baeta todo à frente, a Caldense se aproveitou e fez mais dois. Em jogada articulada pela direita, Carlinhos pintou na área sozinho para tocar e marcar o 2 a 0 para os donos da casa aos 25 minutos. Aos 32, a Veterana matou o jogo. Após articulação de pê em pé, Romário, com direito a lençol, fez o terceiro, fechando o marcador em 3 a 0. 

Reforço

  Após a partida, o homem forte do futebol do Baeta, Cláudio Dias, anunciou o reforço no número de ingressos para Tupynambás x Atlético, dia 20, às 21h30. Além das 5 mil entradas iniciais colocadas à venda desde a última sexta, mais 4.999 bilhetes serão comercializados a R$ 20 a inteira e R$ 10 a meia. Eles podem ser adquiridos na sede social do clube (Rua Delorme Lousada, 32, Poço Rico), no posto da Liga de Futebol de Juiz de Fora (Calcadão da Rua Halfedl, em frente ao Banco do Brasil, Centro), na Cirúrgica Equilíbrio (Rua São Mateus, 422, São Mateus) e no São Bartolomeu Gastrobar (Rua São Mateus, 41, São Mateus).    

CALDENSE 3 x 0 TUPYNAMBÁS

Ronaldão – Campeonato Mineiro

Gols: Romário aos 10 e aos 32 do 2T; Carlinhos aos 25 do 2T

Árbitro: Antônio Márcio Teixeira da Silva

Assistentes: Leonardo Henrique Pereira e Breno Rodrigues

Cartões amarelos: Núbio Flávio e Léo Salino (Tupynambás); Salatiel e Omar (Caldense)

Caldense

1 – Omar

2 – Carlinhos

3 – Renato

4 – Rodolfo

6 – Edu Pina (Allan Patrick)

8 – Baiano (Jean)

5 – Renan

7 – Romário 

10 – Judson

11 – Lorran (Júlio)

9 – Salatiel

Técnico: Mauro Fernandes

Tupynambás

1 – Renan Rinaldi

2 – Paulinho (Gustavo Crecci)

3 – Adriano

4 – Felipe Gregory

6 – Lucas Hipólito

5 – Léo Salino

8 – Leandro Salino

11 – Geovani (Ygor)

10 – Igor Soares (Eraldo)

7 – Núbio Flávio

9 – Ademilson

Técnico: Paulo Campos

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos com entrevistas à Rádio Globo Juiz de Fora

Arte: Toque de Bola

Foto: Renan Muniz/Caldense

Toque de Bola

Ivan Elias, associado do Panathlon Club de Juiz de Fora, é jornalista, formado em Comunicação Social pela UFJF. Trabalhou por mais de 11 anos no Sistema Solar de Comunicação (Rádio Solar e jornal Tribuna de Minas), em Juiz de Fora. Já foi freelancer da Folha de S. Paulo, atuou como produtor de matérias de TV e em 2007 e 2008 “defendeu” o Tupi, na Bancada Democrática do Alterosa Esporte, da TV Alterosa (SBT-Minas). É filiado à Associação Mineira de Cronistas Esportivos (AMCE) e Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace).

Deixe seu comentário