Sexta Rodada! Tupi entra na zona, Fajardo cai e Baeta debuta no Mineirão

Classificação do Mineiro 2019

  O final da sexta rodada do Campeonato Mineiro 2019, no domingo, dia 10, foi dos piores para o Tupi. Com a combinação de resultados, o Carijó, que empatou no sábado, dia 9, com o Guarani, em Divinópolis, em 0 a 0, graças a grande atuação do goleiro Vilar, acabou a série de jogos na penúltima posição da tabela, dentro da zona de rebaixamento.

  O Tupi só está à frente da URT, que ainda tem um jogo a menos no Estadual. O Carijó foi diretamente afetado pela derrota do Patrocinense para o Villa Nova, que conseguiu sua primeira vitória na competição, por 3 a 1, em Nova Lima, na tarde de domingo. Com o resultado, o Leão do Bonfim pulou da lanterna para a oitava colocação e empurrou os juiz-foranos para a zona da degola.

Caiu

Fajardo não é mais técnico da Patrocinense

  A vitória do Villa também teve ecos no início da tarde desta segunda, dia 11, e novamente para os lados de Juiz de Fora. O técnico Wellington Fajardo, ex-Tupi e radicado na cidade, foi demitido do Patrocinense por conta do revés em Nova Lima.

  Pesaram para a demissão do treinador da Patrocinense os últimos resultados: empates com Tupynambás e América, além da derrota para o Leão do Bonfim. No total, Fajardo dirigiu o time nos seis jogos no Mineiro, com duas vitórias, dois empates e duas derrotas. O Patrocinense ainda não anunciou novo treinador, o que espera fazer até o fim da semana.

Debutante

Os mitos Dedé e Adê se enfrentaram no Mineirão

  Pela primeira vez em sua história centenária, o Tupynambás jogou no Mineirão uma partida oficial, no domingo. E no debute, encarou logo o Cruzeiro sem Thiago Neves, mas com Rodriguinho estreando diante de sua torcida. O meia deixou sua marca pela primeira vez com a camisa celeste e ajudou a construir a vitória sobre o Baeta, por 3 a 0.

  Já o Atlético precisou apenas de seu time alternativo, no sábado, para conquistar mais uma vitória na competição. O placar de 1 a 0 sobre a Caldense, em Poços de Caldas, foi conquistado logo no início, com gol do zagueiro Leonardo Silva. Este foi o segundo e último jogo do interino Zezito à frente da Veterana. Nesta segunda, Mauro Fernandes foi anunciado como novo treinador da equipe.

Coelho embalado

Neto Berola marcou duas vezes

  Também no sábado, o América levou um susto da lanterna URT, mas conseguiu se recuperar. Jogando no Independência, o líder saiu atrás do marcador, mas virou ainda no primeiro tempo com dois gols do atacante Neto Berola. O Coelho marcou mais uma vez na segunda etapa, com Júnior Viçosa, para fazer 3 a 1 no time de Patos de Minas e seguir firme na ponta do Estadual.

  No domingo pela manhã, em uma quente Varginha, o Boa Esporte conseguiu a vitória na disputa direta com o Tombense. O único gol do jogo foi marcado pelo atacante Berguinho, no fim do primeiro tempo. Ao final da partida, o meia Juan, da equipe de Tombos e ex-Flamengo, reclamou do calor por conta do horário do jogo. Esta foi a terceira vez em seis jogos que sua equipe atuou em partida iniciada antes do meio-dia.

Sétima rodada

jogos da sétima rodada do Mineiro 2019

  O Mineiro 2019 agora entra na reta final da fase de classificação. As próximas partidas começam a ser disputadas no sábado, dia 16, e a série termina somente na segunda, dia 18. Além do confronto do interior entre Tombense e Villa Nova, em Tombos, que abre a rodada às 17h, o primeiro dia tem o Tupi enfrentando o Atlético, no Independência, às 19h. 

  O destaque do domingo fica por conta do clássico entre América e Cruzeiro, às 17h, também no Independência. Já o Baeta fecha a sétima rodada contra a URT, em Patos de Minas, na segunda, às 19h.

 

Confira as fichas completas das partidas que completaram a sexta rodada do Mineiro 2019:

CALDENSE 0 x 1 ATLÉTICO
Ronaldão
 
Gol: Leonardo Silva aos 4 do 1T (Atlético)
 
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer e Marconi Helbert Vieira
Cartões amarelos: Jean Henrique, Renan e Felipe Baiano (Caldense); Vinícius, Jair, Leonardo Silva, Lucas Cândido (Atlético)
Cartões vermelhos: Carlinhos (Caldense); Jair (Atlético)
 
Caldense: Omar; Alexandre Lazarini, Renato Silveira, Rodolfo e Edu Pina; Felipe; Jean Henrique (Tiaguinho), Renan, Felipe Baiano, Carlinhos Judson (Lorran); Reginaldo Junior. Técnico: Zezito 
 
Atlético: Cleiton; Guga, Leonardo Silva, Maidana e Carlos Cesar; Lucas Cândido e Jair; Vinicius, Terans (Daniel Penha) e Alessandro Vinícius (Leandrinho); Alerrandro (Nathan). Técnico: Levir Culpi 
 
 
AMÉRICA 3 x 1 URT
Independência
 
Gols: Juninho Potiguar aos 18 do 1T (URT); Neto Berola aos 24 e 38 do 1T; e Júnior Viçosa aos 25 do 2T (América)
 
Árbitro: Paulo César Zanovelli da Silva
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer e Marconi Helbert Vieira
Cartões amarelos: Fernando Leal (América); Reis e Kaio Wilker (URT)
 
América: Fernando Leal; Leandro Silva, Diego Jussani, Paulão e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Matheusinho (Christian); Neto Berola (França), Júnior Viçosa e Marcelo Toscano (Ademir). Técnico: Givanildo Oliveira 
 
URT: Marcão; Rodney, Gladstone, Marcos Vinícius e Djalma Silva; Diogo Orlando (Bruno Aquino); Juninho Potiguar (Kaio Wilker), Derly e Cascata (Gilson); Carrara e Reis. Técnico: Ito Roque
 
 
BOA ESPORTE 1 x 0 TOMBENSE
Farião
 
Gol: Berguinho aos 40 do 1T (Boa Esporte)
 
Árbitro: Leonardo Rotondo Pinto
Assistentes: Celson Luiz da Silva e Fernanda Nandrea Gomes Antunes
Cartões amarelos: Everton, Lincoln e Bruno Santas (Tombense); Lucas Nascimento e Fernando (Boa Esporte)
 
Boa Esporte: Renan Rocha, Daniel Farias (Chiquinho), Victor, Fernando Fonseca e Tsunami; César Sampaio (Matheus Assis), Maicon Douglas e Kaio Cristian; Lucas Gomes, Dênis e Berguinho (Gustavo). Técnico: Tuca Guimarães
 
Tombense: Felipe, David, Lincoln, Reynaldo e Bruninho; Rodrigo, Trindade e Juan; Éverton (Gustavo), Rafinha (Bruno Santos) e Ricardo Jesus (Denílson). Técnico: Ricardo Drubscky
 
 
VILLA NOVA 3 x 1 PATROCINENSE
Castor Cifuentes
 
Gols: Luiz Fernando aos 9 do 1T e 2 do 2T; e Jonathan aos 47 do 2T (Villa Nova); Val Barreto aos 31 do 2T (Patrocinense)
 
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro
Assistentes: Marcyano da Silva Vicente e Helbert Tavares Miranda de Lima
Cartões amarelos: Otacílio (Patrocinense); Luiz Fernando e Renato Bruno (Villa Nova)
 
Villa Nova: Georgemy, Allan Dias, Marquinhos (Rafael Vitor), Gabriel e Yuri; Denilson, Ramires, Renato Bruno e Luiz Fernando (Roger Bernardo); Higor e Felipinho (Jonathan). Técnico: Eugênio Souza

Patrocinense: Júlio Cesar; Kellyton, Diego Borges, Betão e Ian Barreto; Bruno Moreno, Davi (Leandro Oliveira), Pavani e Dedê (Chinaqui); Toni Galego e Otacílio (Val Barreto). Técnico Wellington Fajardo

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos com informações do Superesportes

Arte: Toque de Bola com informações da Federação Mineira de Futebol

Fotos:  Facebook CA Patrocinense; Patrocínio Photo Studio/Tupynambás FC; Facebook América FC

Deixe seu comentário