Jogo do ano! Tupi precisa bater Patrocinense para se manter vivo

Tupi precisa vencer neste sábado

  Na lanterna do Campeonato Mineiro 2019 e vendo sua situação se agravar a cada rodada, o Tupi tem neste sábado, dia 23, uma verdadeira decisão pela frente. No Mário Helênio, às 15h30, o Carijó recebe o Patrocinense precisando desesperadamente da primeira vitória no Estadual. Você acompanha todos os detalhes do confronto nas rede sociais e na cobertura ao vivo do Portal Toque de Bola.

  O jogo ganhou contornos de drama e pressão por conta da falta de vitórias carijós no Mineiro, no qual o Tupi tem quatro empates e três derrotas até aqui. Além disso, é a última partida do time juiz-forano contra uma equipe de seu porte em casa. O próximo compromisso do Carijó em Juiz de Fora, último jogo alvinegro na cidade na fase de classificação, será no dia 16 de março, contra o Cruzeiro.

Importância

  Assim, o técnico do Tupi, Gérson Evaristo, sabe bem a importância da partida para sua equipe. “É o jogo da nossa vida, para virar essa chave aí e dar consistência. Entrar de vez na competição. Se conseguirmos a vitória no sábado, saímos da zona de rebaixamento. Esse realmente é o jogo mais importante para o Tupi no ano. Essa é a realidade”, define.

Evaristo definiu a partida como ‘jogo do ano’

  Se o torcedor já tirou a calculadora carijó da gaveta, no elenco e na comissão técnica, não é diferente. “Nós também estamos fazendo as contas para nos livrarmos do rebaixamento. O Tupi é uma equipe de camisa e tem que ficar no Módulo I. Temos que somar pontos, e eles não vêm por acaso. Sabemos a importância que tem uma vitória nesse contexto. Que ela venha contra o Patrocinense”, deseja Evaristo.

Seca de gols

  Se tem que vencer desesperadamente, o Tupi precisa de gols. Mas, desde o dia 2 de fevereiro, no empatem em 2 a 2 com a Caldense, em Juiz de Fora, a equipe não balança as redes.  Foram três jogos: derrota por 1 a 0 para o Santa Cruz-RN, na Copa do Brasil, em Natal; empate em 0 a 0 com o Guarani, em Divinópolis, pelo Mineiro; e derrota para o Atlético, por 2 a 0, em Belo Horizonte, também pelo Estadual.

  A situação ainda foi agravada com a contusão do artilheiro da equipe na temporada, Marcus Vinícius, que fez três gols no Mineiro e só volta aos campos no fim de 2019, no dia 6 de fevereiro. Desde então, Romarinho assumiu o comando de ataque, mas ainda não desencantou.

Confiança para balançar

Romarinho quer acabar com a seca de gols

  Tanto o Filho do Peixe como o comandante carijó identificam os mesmo problemas, e a intenção é resolvê-los neste sábado. “A bola não está chegando. Temos nos posicionado bem, marcado bem, mas na hora de atacar infelizmente não está saindo como a gente planeja”, explica Romarinho. “Melhoramos nos últimos dois jogos a parte defensiva. Mas nossa transição ofensiva tem deixado a desejar”, completa Evaristo.

  Segundo Romarinho, existe no elenco a confiança de que essa situação muda diante do Patrocinense. “Estamos em casa e precisamos do resultado. Então, queremos a bola na frente para podermos fazer os gols, tanto eu como o Gabriel. O grupo está bastante confiante de que sábado podemos mudar a história do Tupi nesse Campeonato Mineiro”, acredita o atacante.

Reforçado?

  Procurando fazer de tudo para corrigir o rumo desastroso que o time está tomando no Estadual, a diretoria carijó foi atrás de reforços. Nesta semana, desembarcaram mais duas caras novas em Santa Terezinha: o lateral-esquerdo Lucas Sampaio e o meia Diego Sales, vindos do futebol carioca.

Leandro Brasília está à disposição de novo

  Sem tempo a perder e aproveitando que os novos contratados estavam em atividade na seletiva do Campeonato Carioca, Evaristo já os colocou no time titular.

 No BID!

  Na tarde desta sexta-feira, Lucas e Diego tiveram os nomes publicados no Boletim Informativo Diário – BID – do site da CBF e estão à disposição do treinador.

  Além dos dois reforços, o BID informa sobre  Vitinho, que agora não tem vínculo de empréstimo com o Tupi. É contrato definitivo, uma vez que desligou-se do América Mineiro.

  Assim, o Tupi deve ter novidades na escalação diante da Patrocinense. Outros dois reforços, esses vindos do departamento médico, são o volante Leandro Brasília e o meia Nélio, recuperados de lesões musculares.

Ingressos e acesso

  Os ingressos para Tupi x Patrocinense estão à venda no posto da Liga de Futebol de Juiz de Fora (Calçadão da Rua Halfeld, em frente ao Banco do Brasil) e na sede social do Carijó (Rua José Calil Ahouagi, 332, Centro), em horário comercial nesta sexta, e no sábado até o meio-dia. Os bilhetes custa R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) e menores de 12 anos acompanhados dos responsáveis devidamente documentados  não pagam.

  A torcida do Tupi terá acesso ao Mário Helênio pelo pórtico 1 do estádio, no portão principal. Já os torcedores visitantes entram pelo pórtico 3, no bairro Dom Orione. Os ônibus da linha 517 Estádio, saindo da Avenida Itamar Franco, em frente ao Procon, começam a circular às 14h. As bilheterias e os portões da arena local serão abertos às 14h30. 

TUPI x PATROCINENSE

Mário Helênio – 15h30

Árbitro: Murilo Francisco Misson Júnior

Assistentes: Celso Luiz da Silva e Felipe Ramos de Santana

Tupi: Vilar, Afonso, Tiago, Aislan e Lucas Sampaio (Emerson); Max Carrasco (Leandro Brasília), Diego Gomes, Baiano e Diego Sales (Nélio); Gabriel Costa e Romarinho. Técnico: Gérson Evaristo

Patrocinense: Júlio César, Kellyton, Diego Borges, Betão e Ian Barreto; Bruno Moreno, Davi, Dedê e Pavani; Toni Galego e Felipe Alves. Técnico: Rodrigo Fonseca

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Toque de Bola e Júnior Ayupe/Tupi FC

Deixe seu comentário