Tudo igual! Tupi sai na frente, mas cede empate ao Tombense

Jogadores comemoram o gol de Gabriel Costa

  Jogando diante de seu torcedor, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, o Tupi saiu na frente do Tombense no compromisso pela primeira rodada do Campeonato Mineiro, neste domingo, dia 20. Mas, viu o adversário da Zona da Mata reagir, buscar o empate e quase virar, acertando duas bolas na trave do Carijó.

  Assim, o placar de 1 a 1, gols de Gabriel Costa para o Tupi e Cássio Ortega para o Tombense, acabou ficando de bom tamanho para ambas as equipes. O próximo compromisso do Carijó pelo Estadual é o clássico  Tu-Tu, contra o Tupynambás, na quarta, dia 23, às 20h, no Mário Helênio.

Início pressionando

  O Tupi partiu para cima, tendo uma sequência de escanteios logo no início do jogo. No mais perigoso deles, aos dois minutos, Afonso cobrou fechado, e o goleiro do Tombense, Felipe, teve que dar o tapa para evitar o gol. Os visitantes equilibraram o jogo e saíram de trás por volta do des minutos.

  Mas o Tupi insistia e, aos 11 minutos, Vitinho recebeu em diagonal na entrada da área, mas a zaga chegou no momento da finalização. Perto da metade da primeira etapa, o confronto ficou igual novamente, com o Tupi insistindo nas bolas aéreas, e o Tombense sem conseguir chance clara.

Sem articular

O autor do gol carijó luta contra a marcação

  Aos 28 minutos, o Tupi teve a primeira chance com bola rolando. Depois de esforço de marcação no ataque, a bola sobrou para Vitinho na entrada da área. Ele bateu, mas o chute saiu fraco, para a defesa de Felipe em seu canto direito.  Sem um articulador nato em campo, o Carijó tentava escapadas em velocidade, pois esbarrava nos erros de passe no ataque quando tinha a bola.

  Já o Tombense ameaçou aos 38 minutos, após cobrança de escanteio de Juan, o atacante Edson cabeceou sozinho na entrada da pequena área, mas mandou por cima do gol. No apagar das luzes, os visitantes pressionaram em sequência de faltas do lado esquerdo da área carijó, mas ninguém saiu do zero no primeiro tempo.

Segunda etapa

  Na volta do intervalo, o Tombense quase marca logo no primeiro minuto. Cássio Ortega cruzou da direita, e Denilson tocou buscando o canto. Mas o zagueiro Aislan conseguiu desviar e a bola tirou tinta da trave esquerda do gol alvinegro.

  Aos 12 minutos, Emerson cruzou rasteiro da direita e Anderson Chub, sozinho na pequena área, errou o arremate, para desespero do torcedor nas arquibancadas. Mas, no lance seguinte, após pressão na saída de bola do Tombense, Chub encontrou Gabriel Costa na área. O atacante carijó invadiu pela esquerda e bateu por baixo do goleiro Felipe, fazendo Tupi 1 a 0.

Técnico Aílton Ferraz teve que mexer por conta do desgaste dos jogadores

Empate e sustos

  Com o desgaste, os dois técnicos mexeram em seus times para tentar não deixar o ritmo cair. E quem se deu bem foi o Tombense. Aos 28 minutos, Cassio Ortega ganhou dividida com o lateral Léo Felipe, que havia entrado no lugar de Afonso, cortou o defensor duas vezes e finalizou no ângulo, para empatar a partida em 1 a 1.

  Aos 37 minutos, quase a virada do Tombense com uma dupla que entrou na segunda etapa. Ricardo Jesús escorou para Everton finalizar próximo à marca do pênati, mas o meia acertou a trave esquerda de Vilar. Aos 43 minutos, Yago recebeu nas costas do lateral, driblou e bateu rasteiro. Felipe jogou para escanteio. Na cobrança, Arthur Sanches cabeceou para defesa firme do arqueiro visitante.

Classificação do Mineiro 2019

  Nos acréscimos, Anderson Chub teve chance de cabeça para o Tupi, mas tocou por cima do gol de Felipe. Já Abner, em chute de fora da área, acertou o travessão de Vilar. Desta maneira, o empate em 1 a 1 permaneceu até o fim.

 

Tupi 1 x 1 Tombense

Estádio Municipal Radialista Mário Helênio – Campeonato Mineiro

Gols: Gabriel Costa aos 13 do 2T (Tupi); Cássio Ortega aos 28 do 2T (Tombense)

Público:1235

Renda: R$ 15.405,00

Árbitro: Murilo Francisco Misson Júnior

Assistente 1: Márcio Eustáquio Souza Santiago

Assistente 2: Leonardo Henrique Pereira

Cartões amarelos: Vitinho e Afonso (Tupi); Reynaldo e David (Tombense)

Tupi

1 – Vilar

2 – Afonso (13 – Léo Felipe aos 16 do 2T)

3 – Arthur Sanches

4 – Aislan

6 – Emerson

5 – Eduardo Nardini

8 – Fábio Henrique

10 – Vitinho (23 – Yago aos 11 do 2T)

11 – Gabriel Costa (21 – Neném aos 17 do 2T)

7 – Anderson Chub

9 – Marcus Vinícius

Técnico: Aílton Ferraz

Tombense

1 – Felipe

2 – David

3 – Lincoln

4 – Reynaldo

6 – Bruninho

5 – Rodrigo

8 – Lucas Chapecó

10 – Juan (17 – Everton aos 23 do 2T)

7 – Cássio Ortega

11 – Edson (16 – Abner aos 9 do 2T)

9 – Denilson (19 – Ricardo Jesús aos 18 do 2T)

Técnico: Ricardo Drubscky

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Toque de Bola e Júnior Ayupe/Tupi F.C.

Deixe seu comentário