Primeira rodada! Mineiro começa com goleadas e “demissão” de treinador

Jogadores do Atlético-MG comemoram um dos cinco gols de domingo

  Começou no último fim de semana o Campeonato Mineiro 2019, e a competição já pegou fogo logo nos primeiros jogos. Goleadas, empate em cima da hora e demissão de treinador já fazem parte da história do torneio deste ano. Em seu retorno à elite do futebol de Minas Gerais, o Tupynambás foi protagonista desta primeira rodada.

  O Leão do Poço Rico foi à Nova Lima e bateu, no Alçapão do Bonfim, o tradicional Villa Nova. De virada, o time de Juiz de Fora venceu por 5 a 1. A goleada não só marcou com alegria a volta do Baeta à Primeira Divisão do Estadual, mas também inciou o episódio da demissão falsa do técnico Fred Pacheco e toda sua comissão. A notícia chegou a ser veiculada pelo Superesportes no meio da tarde, mas o presidente do clube, Márcio Botelho, a desmentiu logo depois, dizendo se tratar de “um mal-entendido”. 

Outra goleada

Ricardo Oliveira fez três gols na estreia do Estadual

  Após golear o Villa, o Baeta assumiu a ponta da classificação. Mas, um pouco mais tarde, o Atlético-MG ultrapassou os juiz-foranos. Isso porque o Galo também goleou, fazendo cinco gols, mas não levou nenhum do Boa Esporte, no Independência, em Belo Horizonte. O destaque do jogo ficou por conta dos três gols do centroavante Ricardo Oliveira.

  Dois jogos terminaram empatados em 1 a 1. Em Juiz de Fora, o Tupi saiu na frente do Tombense, mas cedeu a igualdade. Já em Poços de Caldas, a Caldense vencia o América-MG por 1 a 0 até os 44 minutos do segundo tempo, quando Leandro Silva acertou um belo chute de fora da área para empatar o confronto.

O primeiro e o último

Raniel marcou duas vezes na vitória do Cruzeiro

  Na abertura da competição, em jogo isolado no sábado, dia 19, o Cruzeiro foi a Divinópolis e bateu o Guarani-MG por 3 a 1. Sem dificuldades, a Raposa contou com um inspirado Raniel, substituto de Fred no comando do ataque celeste. O jovem atacante balançou a rede duas vezes na estreia do Estadual.

  Fechando a rodada, a Patrocinense venceu a URT, em Patrocínio, por 2 a 1. E quem fez o resultado para o time comandado pelo juiz-forano Wellington Fajardo foi a Lei do Ex que, sabemos, nunca falha. Felipe Alves e Diego Borges, ambos ex-jogadores do Trovão Azul, marcaram os gols da vitória, enquanto Gladstone descontou para o time de Patos de Minas.  

 

Confira as fichas dos jogos que completaram a rodada do Mineiro:

 

GUARANI-MG 1 x 3 CRUZEIRO

Farião

Gols: Alemão, aos 42 do 1T (Guarani); Raniel, aos 14 do 1T e a 1 do 2T, e Robinho, aos 18 do 1T (Cruzeiro)

Árbitro: Felipe Fernandes de Lima 

Assistente 1: Pedro Araújo Dias Cotta

Assistente 2: Helen Aparecida Gonçalves Silva Araújo

Cartão amarelo: Henrique (Cruzeiro)

GUARANI-MG

Leandro; Denis (Yuri, aos 21 do 2T), Paulão, João Marcos e Magalhães; Alemão, Renato Xavier e Leomir (Ewerton Maradona, aos 15 do 2T); Paulo Morais, Charles (Douglas, aos 8 do 2T) e Pedro Felipe

Técnico: Gian Rodrigues

CRUZEIRO

Fábio; Edilson, Dedé, Leo e Egídio; Henrique e Lucas Silva (Lucas Romero, aos 16 do 2T); David (Renato Kayzer, aos 22 do 2T), Robinho e Rafinha; Raniel (Sassá, aos 30 do 2T)

Técnico: Mano Menezes

 

CALDENSE 1 x 1 AMÉRICA-MG

Ronaldão

Gols: Lazarini, aos 35 do 1ºT (Caldense); Leandro Silva, aos 44 do 2ºT

Árbitro: Ronei Cândido Alves

Assistente 1: Magno Arantes Lira

Assistente 2: Fernanda Nadrea Gomes Lira

Cartões amarelos: Edu Pina, Renato Silveira e Renan (Caldense); Diego Jussani, Zé Ricardo, Juninho e Wesley Pacheco (América)

CALDENSE

Omar; Lazarini, Renato Silveira, Robinho (Rodolfo Manoel, aos 32 do 1T) e Edu Pina; Renan, Jean e Fernando Baiano; Édipo e Thiaguinho (Judson, aos 46 do 2T); Salatiel (Leleco, aos 11 do 2T)

Técnico: Ito Roque

AMÉRICA-MG

Fernando Leal; Leandro Silva, Diego Jussani, Paulão e João Paulo; Zé Ricardo e Juninho; Matheusinho (Felipe Azevedo, aos 32 do 2T) e Neto Berola (Ademir, aos 9 do 2T); Marcelo Toscano (França, aos 32min do 2T) e Júnior Viçosa

Técnico: Givanildo Oliveira

                                           

ATLÉTICO-MG 5 x 0 BOA ESPORTE

Independência

Gols: Ricardo Oliveira, aos 7 do 1T, aos 25 do 1T e aos 7 do 2T; Cazares, aos 33 do 2T; Elias, aos 43 do 2T (Atlético-MG)

Árbitro: Wanderson Alves de Souza

Assistente 1: Ricardo Júnio de Souza

Assistente 2: Marcyano da Silva Vicente 

Cartões amarelos: Elias e Patric (Atlético-MG); Gabriel (Boa) 

Classificação do Mineiro 2019

ATLÉTICO-MG

Victor, Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison (Adilson, aos 17 do 2T) e Elias; Luan, Cazares (Jair, aos 36 do 2T) e Chará; Ricardo Oliveira (Leandrinho, aos 17 do 2T)

Técnico: Levir Culpi

BOA ESPORTE

Renan Rocha, Chiquinho, Márcio, Fernando e Reiner Ferreira (Dênis, intervalo); Gabriel (Edenílson, aos 20 do 2T), César Sampaio, Kaio; Gindre (James Dean, aos 35 do 2T), Gustavo e Jayme

Técnico: Tuca Guimarães

 

PATROCINENSE 2 x 1 URT

Pedro Alves do Nascimento

Gols: Felipe Alves, aos 6 do 1T, e Diego Borges, aos 42 do 2T (Patrocinense); Gladstone, aos 21 do 2T (URT)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro

Assistente 1: Felipe Alan Costa de Oliveira

Assistente 2: Marconi Helbert Vieira

Cartões amarelos: Betão (Patrocinense); Djalma, Derli e Ewerton (URT)

PATROCINENSE

Julio César, Anderson, Diego Borges, Betão e Jhonathan (Ian aos 22 do 1T); Bruno, Arilson e Wanderson; Felipe Alves, Giovanni (Toniel aos 25 do 2T) e Gabriel (Fernaqndo aos 10 do 2T)

Técnico: Wellington Fajardo

URT

Arthur, Douglas, Gladstone, Marcos Vinícius (Tawan aos 35 do 2T) e Djalma; Ewerton, Derli, Diogo e Jonathan (Gilberto aos 27 do 2T); Cascata (Kaio Wilker aos 20 do 1T) e David Reis

Técnico: Sidney Moraes

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos com informações do Superesportes, do Globoesporte.com e da Federação Mineira de Futebol

Arte: Toque de Bola com informações da Federação Mineira de Futebol

Fotos: Bruno Cantini/Atlético e Facebook Cruzeiro

Deixe seu comentário