Estremeceu! Relação entre diretorias de Tupi e Baeta azeda após Tu-Tu

Nicanor e Alberto anunciaram em dezembro intenção de rodada dupla, mas primeira chance será perdida

  O Tu-Tu foi há quase uma semana, mas os bastidores do clássico continuam fervendo. A vitória do Baeta, por 1 a 0, pela segunda rodada do Campeonato Mineiro 2019, no dia 23, teve episódios que estremeceram a relação antes harmônica entre as duas diretorias.

  No mais tenso deles, a declaração de um diretor do Tupi responsabilizando o Tupynambás, mandante da partida, pela abertura do portão pelo qual torcedores do Carijó entraram no Mário Helênio sem pagar ingressos ou passar por revista, gerou reação alvirrubra imediata.

  Segundo fontes de ambas as diretorias junto ao Portal Toque de Bola, o Baeta reteve parte da renda que seria destinada ao Tupi. Os clubes haviam acordado ainda em dezembro de 2018 que as despesas e arrecadação da partida seriam repartidos meio a meio. Somente após o Carijó publicar nota oficial, na sexta, dia 25, em suas redes sociais, isentando o Tupynambás de responsabilidade no episódio é que o dinheiro foi liberado para os alvinegros.

Sem rodada dupla

  Assim, com o clima tenso entre os dirigentes, a primeira oportunidade que os clubes teriam de organizar uma rodada dupla de jogos no Mário Helênio será perdida. No próximo fim de semana, o Tupi joga no sábado, dia 2, contra a Caldense, às 16h30, e o Tupynambás tem compromisso no domingo, dia 3, contra o Tombense, às 11h.

A nota oficial publicada pelo Tupi no dia 25

  Ambos os jogos serão em Juiz de Fora e, quando a organização conjunta do clássico Tu-Tu foi anunciada, cogitou-se a possibilidade de esta ser a primeira rodada dupla também organizada por Tupi e Tupynambás lado a lado. Mas com as relações estremecidas, os esforços nesse sentido ficaram prejudicados.

  Oficialmente, a justificativa para que a rodada dupla não aconteça é a logística, como diz o diretor de futebol do Tupi, Nicanor Pires. “Para eles ficaria ruim jogar no sábado. Para nós, atuar no domingo seria ruim, por conta do jogo da Copa do Brasil”, explica o dirigente, citando o confronto com o Santa Cruz-RN, em Natal, pela competição nacional, marcado para o dia 6.

  Já o Tupynambás está nesta segunda-feira em Patrocínio (cidade situada a 650km de Juiz de Fora), onde atua nesta quarta, dia 30, às 21h, contra o Patrocinense e retorna na quinta, dia 31.

Possibilidade

  Na oitava série de jogos do Mineiro, haverá outra oportunidade de uma rodada dupla acontecer em Juiz de Fora. Desta vez, o Tupi tem confronto marcado para o sábado, dia 23 de fevereiro, às 15h30, contra o Patrocinense, e o Tupynambás pega o Guarani, no domingo, dia 24 de fevereiro, às 11h.

  Segundo o diretor de futebol do Baeta, Alberto Simão, não está descartada a organização conjunta da rodada dupla no próximo mês. “Mas isso vai depender de como vão estar os dois times à época na competição. Não adianta um levar mais e outro menos público, por exemplo. Tem que ser bom para os dois. Veremos até lá”, disse o dirigente.

Críticas de Surian

  Outro episódio do clássico Tu-Tu que gerou tensão entre os clubes foram as declarações do técnico do Baeta, Felipe Surian, dando a entender que alguns integrantes da diretoria carijó demonstraram soberba antes do apito inicial. O técnico do Tupi, Aílton Ferraz, respondeu irritado sobre o que foi dito.

Surian explicou no sábado suas declarações após o Tu-Tu

  Após a derrota por 5 a 0 para o Boa Esporte, no último sábado, dia 26, o comandante alvirrubro esclareceu, em entrevista à Rádio Globo, a quem eram direcionadas suas declarações. Segundo Surian, suas palavras foram mal interpretadas e não eram dirigidas a Aílton, atletas do Carijó ou ao dirigente Nicanor Pires. O treinador disse que direcionou suas críticas a atitudes de um dos dirigentes que faz parte da família que dirige o Tupi, neste caso, os Fortuna.

   O Toque de Bola entrou em contato com a assessoria do clube, mas nenhum dirigente quis se manifestar sobre as declarações de Surian, por conta de estarem focados na sequência do Carijó na temporada 2019. O Portal se coloca à disposição para quaisquer manifestações.      

 

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos, com colaboração de Pedro Sarmento

Fotos: Toque de Bola, Júnior Ayupe/Tupi FC  e Tupynambás

Arte: reprodução Facebook Tupi FC        

Deixe seu comentário