08 out 2018

Xeque-mate! Superliga aponta os vencedores da Liga X 2018



Salão de Cristal do cascatinha ficou cheio para a disputa da Superliga

  Com confrontos equilibrados e em alto nível, terminou no sábado, dia 6, a Liga X 2018. A Superliga da maior competição de xadrez escolar do Brasil, realizada no Salão de Cristal do Cascatinha Country Club, apontou os campeões entre as escolas e das categorias individuais (sub-7, sub-9, sub-11, sub-13, sub-15 e sub-18).

  Após as cinco rodadas de disputas decisivos e acirradas entre os enxadristas, na pontuação geral das escolas, o campeão foi o Colégio Santa Catarina. Já a Escola Municipal Gabriel Gonçalves da Silva conquistou o vice-campeonato. O terceiro colocado na classificação geral dos estabelecimentos de ensino locais foi o Colégio Degraus.

Campeões da Liga X 2018 posam com seus troféus de LED

Campeões individuais

  Na categoria sub-7, Ester Castro, do Santa Catarina, e Caio Chiarini, do Colégio São José/Instituto Vianna Júnior, foram os campeões.

  Na sub-9, Luisa Lopes, do Degraus, e Henrique Botelho, do Santa Catarina, venceram.

  No sub-11, Elisa Coelho, do Degraus,  e Gabriel Maro, do Colégio dos Jesuítas, ficaram com os títulos.

  Na sub-13, Yasmim Souza, do Colégio Apogeu, e Matheus Mendes, do Santa Catarina, foram os vencedores. No sub-15, Brenda Leite, da Gabriel Gonçalves, e Lucca Pimenta, do Santa Catarina, foram os campeões.

  No sub-18, as inscritas para a decisão não compareceram, e o título ficou vago. Já Natã Silva venceu esta divisão etária no masculino. O maior pontuador, somando-se todas as etapas da Liga X foi Rafael Müller, aluno do Santa Catarina, da categoria sub-13.

Crescendo

Campeonato teve entre 200 e 250 participantes em cada etapa

  O coordenador e organizador da Liga X, Haroldo Carvalhido, destaca a qualidade e quantidade dos jogadores da competição em 2018 em sua avaliação do campeonato.

 “Tivemos grande participação. A média foi de 200 a 250 enxadristas por etapa. Coroamos com essa premiação aqui, com troféu de LED e tudo mais. O nível dos jogadores foi muito alto, então a avaliação da Liga esse ano é muito boa”, considera.

  Segundo Haroldo, em dez anos, o evento só cresce e aumenta também sua influência na cidade. “Viemos crescendo. Em 2009, quando começamos, apenas quatro escolas tinham o xadrez no quadro curricular. Atualmente, que eu conheça, são 30. Então, presenciamos esse crescimento agora virá o projeto nas escolas municipais e estamos nessa direção”, explica.

Ensinamentos e sacrifícios

Matheus (mexendo a peça), atual primeiro do país, foi o campeão da sub-13

  Diretora da escola vice-campeã, a professora Cláudia Valssis, resume o que o evento e a modalidade representam na rotina dos alunos.

  “Claro que a vitória é muito importante para os alunos, mas só de estarem aqui participando e integrando-se é de grande importância também. É a escola pública, fazendo a diferença. O xadrez os ajuda no dia a dia, ensinando respeito, a esperar o outro e saber, principalmente, que não é sempre que se ganha”, conta a docente.

  Vencedor da categoria sub-13, Matheus Mendes não estava se sentindo bem no dia anterior da Superliga, mas não deixou de comparecer para faturar o caneco.

  “Estava com febre, mas falou que era xadrez, consegui vir. Venho treinando bastante, a Liga X foi o ponto inicial. É um projeto muito interessante. Estou muito feliz pela conquista”, comemora o enxadrista, um dos destaque locais da modalidade e atual campeão brasileiro de sua categoria.

Outros vencedores

  Além da definição dos campeões da Liga X 2018, a Superliga teve também categorias premiadas individualmente. Na divisão mista, Ygor Martins venceu. Na livre, Pedro Lage foi o vencedor, e o primeiro da categoria de acesso foi Felipe Costa.

Confira fotos da Superliga da Liga X (clique na foto para ampliar)

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



18 out 2018

Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e tabelas


17 out 2018

Segundona Mineira! Athletic e Valeriodoce ficam no 0 a 0 na ida das semi


17 out 2018

Renovação! Liga Desportiva da Zona da Mata levanta a bola do vôlei

Notícias


20 out 2018

Voltando a rolar! Copa Toque de Bola retorna para agitar a garotada


18 out 2018

Primeiro Tu-Tu! Times de JF na elite mineira se reúnem com a SEL


18 out 2018

Tupynambás: objetivo é manter-se na elite do Campeonato Mineiro


18 out 2018

Para trás e para a frente! Tupi ainda tem dívidas, mas já pensa em 2019


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse

error: Conteúdo protegido.