05 out 2018

Projeto apadrinhado por Thiagus Petrus ganha título e dois vices



Juiz-foranas da categoria cadete foram campeãs em Taubaté

  Nada como um esportista que batalhou para vencer as dificuldades na busca por uma carreira no esporte para entender o que as equipes e projetos de Juiz de Fora passam. Assim, há dois anos, Thiagus Petrus, ex-atleta do handebol do Olímpico e atualmente no Barcelona, da Espanha, apadrinhou uma iniciativa da modalidade para meninas no bairro São Pedro.

  E a turma vem correspondendo. No último fim de semana, as atletas do Projeto Handebol São Pedro/Traine foram ao interior de São Paulo, e voltaram com conquistas na bagagem. Na Copa de Handebol Taubaté, cidade que é referência na modalidade no Brasil, as garotas juiz-foranas foram campeãs na divisão cadete (até 16 anos), e ficaram com o vice na mirim (até 12 anos) e na infantil (até 14 anos).

Garotas do mirim ficaram com o vice

Grande desempenho

  Na decisão que deu o caneco das cadetes às juiz-foranas, o Handebol São Pedro bateu o Taubaté, dono da casa, por 12 a 9. Já no mirim e no infantil, as locais foram derrotadas na final pelo Centro Educacional Suzano da Costa (Cesc), atual campeão carioca. Entre as mais novas, o placar foi 9 a 5, e entre as mais velhas, 15 a 10.

  O técnico e coordenador do projeto, Francisco Neto, comemorou o desempenho de suas atletas. “Participamos de um grande evento, em uma cidade que é referência do esporte no país. E nossas atletas fizeram um grande papel, competindo com equipes do Rio e de São Paulo”, destaca. Além das juiz-foranas, do Cesc e das donas da casa, participaram também da competição os paulistas Pindamonhangaba, Tableu e Basic, e os cariocas Debret e CVC.

Garotas do infantil foram vice-campeãs

Próximos desafios

  Mal chegaram de volta a Juiz de Fora, as meninas do projeto já têm compromisso novamente fora da cidade. Desta vez vão ao Sul de Minas para mais uma competição, e os planos até o fim do ano estão praticamente prontos. “A próxima competição será entre o dia 12 e o dia 15 de outubro, em São Lourenço. Entraremos com os times infantil e cadete. Temos também os Jogos Intercolegiais em outubro. E a Copa Bayer, sub-16 e sub-14, no Rio de Janeiro. Talvez disputemos o Campeonato Mineiro também”, explica Neto.

  Os torneios e jogos fora da cidade só são possíveis por conta do apoio importante do juiz-forano do Barcelona e da Seleção Brasileira, Thiagus Petrus, e de uma soma de esforços da comunidade do bairro São Pedro. “O Thiagus é nosso principal padrinho, nos ajudando em tudo que pode. Os comerciantes do São Pedro também contribuem conosco para as viagens e outros custos”, conta Francisco. Também são apoiadores da iniciativa Padaria Pão de Mel, Colônia dos Smurfs, Poko Preço, J Oliveira, Nascentes Móveis e Inácio e Ferrarezi.

Os times do projeto são femininos atualmente

Para elas

   O projeto de quase dez anos é ligado à Escola Estadual Nyrce Villa Verde Coelho de Magalhães, em São Pedro. É em sua quadra que a maioria dos treinos de segunda a sábado são realizados, sempre com início às 17h30 e até às 19h. Algumas atividades são sediadas na quadra poliesportiva da Faculdade de Educação Física e Desportos (Faefid) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

  Atualmente, o projeto só possui equipes femininas, apesar de alguns garotos participarem dos treinos. “Os times de competição são só femininos. Temos jogadores nos treinos conosco, mas os encaminhamos para outros times até mesmo de fora da cidade. São 20 garotas treinando no mini (entre 6 e 10 anos) e no mirim (até 12 anos). No infantil, temos entre 25 e 30 atletas, e no cadete 12 jogadoras”, explica Neto. 

Thiagus (de verde) em visita ao projeto em julho

Padrinho famoso

  Os caminhos do projeto e de Thiagus se cruzaram dois anos atrás. A iniciativa, que nasceu em 2009, estava perto do fim na ocasião, e o jogador salvou o Handebol São Pedro da extinção. “Tivemos um problema de patrocínio, iria acabar o projeto. Mas o Thiagus entrou em contato via Facebook e disse que iria nos apoiar. Veio conhecer, e nos apadrinhou. É atualmente nosso principal investidor e apoiador”, comemora Neto.

  O atleta do Barcelona ajuda em diversas frentes. “Ele nos ajuda financeiramente, custeando viagens, por exemplo. Manda bolas para os treinos e jogos, outros materiais também. Mas além dessa grande ajuda, ainda se envolve pessoalmente. Vem a treinos e jogos quando pode, trocando experiências com a turma”, explica Francisco.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: divulgação e Facebook Handebol São Pedro

Sthéfany Dias (centro) foi eleita melhor em quadra da categoria mirim

Larissa Almeida (dir), escolhida melhor em partida da categoria cadete

 

 

 

 

 

 

 

Samantha Hevelin (centro) foi destaque na categoria infantil

Duda Barbosa foi escolhida melhor em jogo na categoria cadete


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



17 dez 2018

Mais quatro! Tupi apresenta pacotão de contratações


10 dez 2018

Fotos exclusivas! CFZ-JF fatura o título mirim da Copa Prefeitura Bahamas


06 dez 2018

Fotos exclusivas! Agraciados recebem Mérito Esportivo Panathlon 2018

Notícias


17 dez 2018

Mais quatro! Tupi apresenta pacotão de contratações


13 dez 2018

Aquecendo! JF Vôlei recebe oponentes da Superliga B em torneio


13 dez 2018

Copa Zico Verão JF: entrevistas, resultados e próximos jogos


10 dez 2018

Deu Verdão! Sport vence a categoria Dente de Leite da Bahamas 2018


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse