18 out 2018

Primeiro Tu-Tu! Times de JF na elite mineira se reúnem com a SEL



Nicanor Pires, Júlio Gasparette, Jarbas Cruz, Cláudio Dias, Flávio Villela, Tadeu Henriques e Cláudio Rogel

  Rivais dentro de campo, Tupynmbás e Tupi devem unir forças e se entender nas questões estruturais que compartilham para realizarem ambos um bom Campeonato Mineiro. Essa foi a ideia central no encontro desta quinta, dia 18, promovido pela Secretaria de Esporte e Lazer (SEL).

  Pela manhã, o diretor de futebol do Tupi, Nicanor Pires; o diretor financeiro do clube, Jarbas Cruz; e o representante e integrante do conselho deliberativo do Tupynambas, Cláudio Dias; se reuniram com o secretário de Esporte e Lazer, Júlio Gasparette. Também estiveram presentes ao encontro o chefe do departamento de Iniciação, Formação e Rendimento Esportivo, Flávio Villela, e os funcionários da SEL da gestão do Estádio Muncipal, Cláudio Rogel e Tadeu Henriques.

Início de planos

  Segundo Gasparette, o encontro foi um início de planejamento. “Nossa preocupação maior foi traçar metas, pois a SEL está formulando seu calendário de 2019. Tupi e Tupynambás são nossos representantes de futebol profissional, ambos na Primeira Divisão do Minero. Nada melhor do que conversar com eles para ver como vamos colocar o Estádio e suas dependências para atendê-los”, considera o secretário, revelando que no início de novembro o hall de entrada começa a passar por reforma e será construída uma cabine do placar.

Reunião definiu que cada clube treinará uma vez na semana no Estádio

  Os dirigentes comemoraram a iniciativa. “A SEL está dando um passo prevendo já o ano de 2019. Mais do que justo que façamos isso com antecedência para evitar problemas”, avalia Dias. “Foi abordada a questão de treinamentos no Estádio, para que não haja problemas em sua marcação, planos de segurança de jogos, entre outras. Para estarmos cientes e já nos programarmos para o próximo ano”, completa Pires.

Um para cada

  A princípio, ficou acertado que cada clube poderá fazer um treinamento no Mário Helênio por semana. “Segunda, habitualmente, não tem treino. A SEL precisa de quinta e sexta de preparar o gramado para os jogos do fim de semana. Terças e quartas serão os dias mais prováveis disponibilizados para treinos. Vai depender mais dos clubes”, ressalta Gasparette.

  Segundo o secretário, agora é aguardar a tabela do Mineiro, após a reunião arbitral do dia 23 de outubro, para mais providências. “Vamos assegurar que o que foi feito em 2018 siga. Como os dois times estão na mesma divisão, vamos aguardar o arbitral para saber como ficará definida a tabela. Então, os clubes mesmo irão traçar como preferem usar o Estádio Mário Helênio”, acredita Júlio.

Cláudio e Nicanor estiveram lado a lado na SEL

Com empresários

  “Sugeri uma reunião convocando empresas, empresários e até mesmo alguns torcedores. O objetivo seria mostrar o que representa para o município as duas equipes na Primeira Divisão. Coloquei-me à disposição para levar o prefeito Antônio Almas. Temos a obrigação de apoiar para que o futebol da cidade fique onde merece”, explica Gasparette.

  A ideia agradou os clubes. “É uma oportunidade de ambos apresentarem suas propostas. Mostrar para a imprensa, para o empresariado. Quem sabe ajudar a trazer parceiros e ter um equilíbrio financeiro maior em 2019 e continuar a fazer um futebol forte”, avalia Nicanor. “Tem que ficar claro que Tupi e Tupynambás são adversários em campo. Fora, têm que trabalhar em conjunto para favorecer a cidade”, define Cláudio.

Alteração na Lei

  O secretário também revelou que já está na Câmara mensagem do Executivo que altera a Lei de Incentivo ao Futebol atual. “A verba para cada clube é de R$ 30 mil para cada um. Nela, consta a responsabilidade dos clubes na prestação de contas do montante recebido e já tem a exigência de que os clubes tenham categorias de base para que haja a revelação de atletas locais”, explica.

Gasparette falou sobre mensagem do Executivo à Câmara

  A expectativa é de que o texto da mensagem do Executivo seja apreciado e votado pelos vereadores em breve. Segundo Gasparette, a intenção é que o prefeito Antônio Almas sancione a legislação o mais rápido possível para que os clubes possam contar com os recursos ainda na formulação de seus elencos.

Clássico

  O clássico Tu-Tu também teve atenção especial no encontro, embora ainda não tenham saído definições sobre a partida na reunião. “A preocupação de fazer essa reunião é também de, quando chegar o ano que vem, não ficarem as disputas de lado de torcidas, vestiários, etc. Colocamos para as duas diretorias que elas têm que buscar um entendimento o quanto antes. Se não houver acordo, como gestor, decido no sorteio. Mas acreditamos em um entendimento após o arbitral”, confia.

  Os representantes comentaram a possibilidade de realizar o jogo na primeira rodada do Mineiro do próximo ano, surgida nas redes sociais. “Acho excelente. Já trazer o torcedor no início da competição”, considera Cláudio. “Uma hora vamos nos enfrentar. Particularmente, não tenho preferência. O mais importante é ser um grande espetáculo para o torcedor de Juiz de Fora”, destaca Nicanor.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Toque de Bola e Clarissa Ramos/SEL


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


09 nov 2018
Cesta! Encontro na Faefid e semifinal da Liga agitam basquete em JF

09 nov 2018
Pedido de ajuda! Tupi Futsal faz evento para levantar fundos

08 nov 2018
Em quadra! Pautando o Esporte traz Tupi Futsal e tradição da modalidade

08 nov 2018
Centenária! Liga de Futebol de JF é destaque no Pautando o Esporte

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse