Despedida! JF Vôlei encerra participação no Carioca contra o Flamengo

JF Vôlei já entrou em quadra cinco vezes na temporada e ainda não venceu

  O JF Vôlei joga neste domingo, dia 16, sua última partida na edição 2018 do Campeonato Carioca, às 17h, no ginásio da Gávea, no Rio de Janeiro.

Ainda sem vencer na temporada após cinco jogos, os juiz-foranos vão em busca da primeira vitória para não passar em branco no estadual fluminense.

  Segundo o coordenador técnico do JF Vôlei, Maurício Bara, mesmo só cumprindo tabela, a equipe local tem um objetivo no Carioca.

“Conseguir essa primeira vitória seria de grande valia. Pode parecer que não, mas é um jogo importante contra uma equipe de escola de tradição. Vencer por um bom placar pode nos colocar em terceiro lugar na competição. Claro que tínhamos um objetivo de, talvez, fazer a final. Mas observamos que os times estavam em um patamar de preparação acima do nosso”, avalia.

Sequência mais equilibrada

  Até agora, na temporada, os juiz-foranos já caíram diante do Tijuca (3 sets a 1) e o Botafogo (3 a 0) no Carioca. No Campeonato Mineiro, foram derrotados pelo Sada/Cruzeiro (3 a 0) e pelo Minas duas vezes (3 a 1 e 3 a 0). Agora, Bara espera confrontos mais equilibrados, a começar pelo deste domingo.

No Mineiro, juiz-foranos perderam para o Minas, duas vezes, e o Sada

  Após pegar o Flamengo neste fim de semana pelo Carioca, o JF Vôlei joga duas vezes contra o Lavras. No dia 19 fora de casa e, no dia 27, em seu ginásio, ambas pelo Mineiro. “Esperamos que nesse novo ciclo de jogos, em partidas mais iguais, a equipe possa vencer. É importante não só a preparação, mas também o time conseguir a vitória. Vamos em busca disso para trabalhar melhor nesse início de temporada”, deseja Maurício.

No Mineiro

  Sobre os jogos feitos no Campeonato Mineiro, diante de duas equipes integrante da Superliga, Maurício considera que a jovem equipe local apresentou-se bem em algumas passagens, mas precisa ter rendimento mais constante. “Ainda há muito para acontecer. Mas o time se portou muito bem nos dois primeiros jogos. Minas e Sada são equipes superiores, e tivemos bons momentos. Precisamos ainda encontrar um melhor equilíbrio de jogo para que eles perdurem e diminuir a quantidade de erros”, aponta.

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Fotos: Toque de Bola e Facebook JF Vôlei

Deixe seu comentário