21 jun 2018

Para entrar no G4! Tupi busca consolidar reação diante do Bragantino



Jogadores fizeram última atividade antes da partida em Santa Terezinha

  Adaptando o hit da banda Blitz, sucesso do pop brasileiro nos idos da década de 1980, o Tupi está a três pontos do paraíso. E a chance de entrar no céu do grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro aparece já no sábado, dia 23, às 16h, quando o Carijó enfrenta o Bragantino, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

  Uma sequência de quatro jogos sem perder, sendo três vitórias seguidas, levou o clube juiz-forano a desfrutar dessa situação. A boa fase fez com que a luta contra o rebaixamento deixasse de ser a realidade alvinegra. Agora, os torcedores e os atletas sonham com a luta pela classificação e o acesso.

Acostumando a vencer

  Para o meia carijó Diego Luís, o time vem se acostumando a vencer e quer mais um triunfo para entrar de vez no G4. “Sabemos da importância desse jogo contra o Bragantino para podemos entrar na zona de classificação e queremos a vitória para isso. Estamos nos acostumando a vencer e isso é bom. Deixa o clima mais leve no dia a dia e aumenta a confiança”, considera o camisa 10 do Tupi.

Classificação do grupo B da Série C

  Durante a semana, Diego teve diferentes companheiros nos treinos por conta da lesão de Rodrigo Dantas, que vinha sendo titular do meio de campo carijó a seu lado, ainda no primeiro tempo da vitória por 1 a 0 sobre o Tombense, no dia 16.

Alternativas testadas

  Após entrar na vaga de Dantas ainda no confronto em Tombos, João Vitor, cujo chute proporcionou o rebote do goleiro Darley no qual o centroavante Patrick fez o gol do jogo, saiu na frente. Mas, na quinta, dia 21, acabou poupado do treino, com dores musculares.

  Assim, João William ganhou chance no time titular. O recém-chegado Andrey, que fez dupla com Diego Luís na luta pelo acesso na Série C do ano passado, corre por fora, pois não atua desde fevereiro. Para Diego, qualquer um dos companheiros jogar é bem vindo. “O Dantas é um jogador que cadencia mais a bola. João Vítor e João William imprimem um pouco mais de velocidade. O Andrey é um irmão que fiz o ano passado aqui. Temos bastante sintonia. O Tupi está bem servido”, acredita.

Vila entrega bola para companheiro em atividade da qual não participou

Dúvida no gol

  Outra dúvida do técnico do Tupi, Eugênio Souza, é também de ordem médica. O titular Vilar vem sofrendo com dores no púbis e na coxa direita há duas semanas, e não havia treinador até quinta, quando fez alguns trabalhos com o preparador de goleiros Hugo Rodrigues.

  Mas o camisa 1 deixou o treino, o último técnico e tático antes do confronto com o Bragantino, mais cedo. Gonçalves participou de praticamente toda atividade e, caso Vilar não reúna condições, deve entrar como titular no sábado. Antes da viagem a Tombos, Vilar também foi poupado de algumas atividades, mas atuou os 90 minutos contra o Tombense.

Massa bruta

 

Dois jogos mudaram de horário; confronto com o Cuiabá pode mudar também

Curiosamente, o Bragantino também tem um problema de contusão no gol. O titular, Farley, está machucado e deu lugar a Alex Alves. Mas ele terá a concorrência do recém-contratado Samuel, que estava no XV de Piracicaba, e chegou ao Massa Bruta pouco antes do encerramento das inscrições, no dia 15.

  Assim como Samuel, foram contratados para a sequência as Série C o atacante Adriano Paulista, que participou da campanha do acesso do Bragantino na Série A2 do Paulista em 2017; o lateral-direito Buiú, que estava na Ferroviária de Araraquara. Todos estão aptos a jogar neste sábado, mas a tendência é que Samuel receba chance do técnico Marcelo Veiga como novidade, pois Buiú já estreou na derrota por 2 a 0 para o Botafogo-SP, no dia

16, em Bragança Paulista.

Siga as informações de Tupi x Bragantino nas redes sociais do Toque de Bola – Fanpage, Twitter e Instagram

Tupi x Bragantino

Estádio Municipal Radialista Mário Helênio – 16h

Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Júnior

Assistente 1: Alexsandro Lira de Alexandre

Assistente 2: Jander Rodrigues Lopes

Tupi: Vilar (Gonçalves), Afonso, Sidimar, Mateus e Magalhães; Léo Costa, Léo Salino, Diego Luís e João Vítor (João William); Paulinho e Patrick. Técnico: Eugênio Souza

Bragantino: Alex Alves; Buiú, Lázaro, Guilherme Mattis e Fabiano; Adenilson e Walfrido; Fernandinho, Vitinho e Léo Jaime; Matheus Peixoto. Técnico: Marcelo Veiga.

 

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Artes: Toque de Bola com informações da CBF

Fotos: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


13 out 2018
Fim de Estadual! JF Vôlei termina sem vencer; Sada/Cruzeiro é campeão

11 out 2018
Semifinal! JF Vôlei encara Sada/Cruzeiro em Contagem pelo Mineiro

11 out 2018
Terceira etapa da Copa JF de Natação AABB-Panathlon 2018 é sucesso

10 out 2018
Detalhes tão pequenos… Baeta segue com Alberto e acerta ponteiros na segunda

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.