07 jun 2018

Calculadora carijó: Tupi precisa vencer e secar no fim do primeiro turno



Patrick (esq) fez o gol da vitória do Tupi sobre o Volta Redonda

  Pode-se dizer que o gol do centroavante Patrick, aos 49 minutos do segundo tempo, garantindo a vitória de virada do Tupi por 3 a 2 sobre o Volta Redonda, fora de casa, no sábado, dia 2, reacendeu as esperança alvinegras na Série C.

  Mas o time ainda tem um caminho espinhoso a cumprir se quiser, em sequência, virar o turno fora do temido Z2 – os dois últimos times da chave, que serão rebaixados para a Série D – e voltar a lutar pelo G4 – das equipes que se classificam para disputar o acesso à Série B – do grupo B da Terceira Divisão. Assim, o torcedor carijó já anda esquentando a cabeça e castigando as calculadoras em busca de alento.

Pensando positivo

  Para o Carijó, só a vitória interessa na próxima rodada, já que ele atualmente tem um triunfo a menos que os concorrentes da mesma região da tabela. No melhor dos cenários, o Tupi terminaria a nona e última série de jogos do primeiro turno do grupo B fora do Z2 e na sétima posição.

Classificação do grupo B da Série C

  Com esse objetivo, os juiz-foranos precisam vencer o concorrente direto Ypiranga de Erechim no sábado, dia 9, às 16h, em Juiz de Fora. Desta maneira, o Tupi ficaria com 11 pontos contra 10 dos gaúchos.

Mas para subir até o sétimo lugar, os carijós precisam também secar o Volta Redonda, que vai até o interior de Santa Catarina pegar o lanterna Joinville, na segunda, dia 11. O Voltaço não pode vencer para que Alvinegro de Santa Terezinha o ultrapasse.

Simples e complicado

  Se a intenção for somente não estar na zona de rebaixamento ao final do primeiro turno, a missão só depende dos esforços dos jogadores do Tupi. Vencendo o Ypiranga, os alvinegros ultrapassam os gaúchos saem do Z2 sem depender do resultado em Santa Catarina.

  Mas o Carijó também pode se complicar na rodada. Se perder para o Ypiranga e o Volta Redonda derrotar o Joinville, os juiz-foranos verão novamente a diferença entre eles e o primeiro time fora do Z2 voltar a ser de quatro pontos, ou seja, levaria duas rodadas para deixar a área da degola, faltando apenas nove séries de jogos para o fim da primeira fase da Série C.

Última rodada do turno tem Tupi x Ypiranga

De volta à briga

  Para ajudar o time a voltar à briga pelo acesso, o torcedor tem que, além de soltar a voz no Mário Helênio para o time vencer, ligar o secador no máximo desde sábado. Como Cuiabá e Bragantino se enfrentam no Mato Grosso, o ideal seria um empate nessa partida, assim como no confronto entre Operário e Luverdense, no domingo, dia 10, segurando o limite para a entrada no G4 em 14 pontos.

  Mas se quiser uma arrancada na luta pelo acesso, o Tupi precisa de uma sequência de vitórias no início do returno. A começar pelo confronto com o Tombense, em Tombos, no dia 26. O time alvirrubro atualmente tem 14 pontos e, caso perca para o Botafogo, domingo, fora de casa, e o Carijó vença o Ypiranga, pode ser alcançado pelos juiz-foranos caso eles vençam no Almeidão.

Sequência decisiva

  Na sequência do returno, o Alvinegro de Santa Terezinha terá confrontos diretos com quem luta pelo G4. Primeiro, recebe o Bragantino, depois vai ao Paraná enfrentar o Operário e fecha a série em Juiz de Fora contra o Cuiabá. O desempenho da equipe nesses jogos define se o Tupi brigará ou não pelo acesso esse ano.

 

O início do returno para o Tupi

Texto: Toque de Bola – Wallace Mattos

Artes: Toque de Bola

Foto: Pedro Borges/Volta Redonda FC


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


13 out 2018
Fim de Estadual! JF Vôlei termina sem vencer; Sada/Cruzeiro é campeão

11 out 2018
Semifinal! JF Vôlei encara Sada/Cruzeiro em Contagem pelo Mineiro

11 out 2018
Terceira etapa da Copa JF de Natação AABB-Panathlon 2018 é sucesso

10 out 2018
Detalhes tão pequenos… Baeta segue com Alberto e acerta ponteiros na segunda

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.