27 abr 2018

Baeta recebe Guarani de Divinópolis no primeiro jogo da final do Módulo 2



  Com o torcedor em festa pelo acesso, mas com o time querendo fechar a disputa do Módulo II do Campeonato Mineiro 2018, o Tupynambás recebe hoje o Guarani, de Divinópolis, na partida de ida da decisão da Segundona de Minas.

  O confronto será neste domingo, dia 29, às 11h, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, e será o reencontro entre o Leão do Poço Rico e seus fãs, ainda em festa pela garantia do Baeta no Módulo I do Estadual em 2019, conquistada no último dia 21, quando os juiz-foranos bateram o América de Teófilo Otoni por 2 a 1, fora de casa, de empate em 0 a 0 no primeiro jogo em Juiz de Fora. A volta ocorre no sábado, dia 5, às 15h, no “Farião”.

   Cobertura

  Com apoio de Plasc, Centro de Futebol Zico Juiz de Fora, Faefid-UFJF, Prefeitura de Juiz de Fora e Hiperroll Embalagens, o Toque de Bola vai informar o andamento e os bastidores de Tupynambás x Guarani no Twitter toquedebolajf, Instagram toquedebolajf e fanpage (página no facebook) Portal de Notícias Toque de Bola, direto do Estádio Mário Helênio.

Ademilson espera voltar a brilhar em “palco iluminado”

  “Ademito”

  Autor do gol que deu a vitória ao time juiz-forano no jogo do acesso, garantindo também a presença do Baeta na final do Módulo II, o centroavante Ademilson está confirmado no comando de ataque. O mesmo não se pode dizer do meia Bilu, que entrou no segundo tempo em Teófilo Otoni para dar o passe para o veterano atacante balançar as redes. O jogador acertou empréstimo com a Caldense, de Poços de Caldas, para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro e já se apresentou a seu novo time.

  Além de Bilu, o zagueiro Gustavo Japa, titular na disputa das semifinais da Segundona, também não faz mais parte do elenco do Tupynambás e não vai nem disputar as partidas da decisão do Módulo II. O jogador havia acertado contrato com a diretoria do Baeta apenas para os confrontos com o América-TO, que valiam também o acesso à elite do futebol mineiro. Com o desfalque na defesa, o técnico Guiba deve promover o retorno de Vinícius ao sistema defensivo do Leão.

  Trabalho

  Nesta sexta-feira, o professor Guiba focou nos fundamentos técnicos e táticos da equipe, em treinamento pela manhã no CT José Paiz Soares. Neste sábado, também pela manhã, a equipe realiza um treinamento recreativo e foco nas bolas paradas. Apenas dois atletas estão suspensos para a partida, os volantes Brayan e Gustavo Crecci. Com relação às lesões, nenhum atleta se encontra no Departamento Médico.

   Um dos principais nomes dos confrontos frente o América-TO pelas semifinais, o recém-chegado Lucas Hipólito, ressalta a importância da semana de trabalho e a expectativa para a decisão de domingo: “A expectativa do jogo é a maior possível, tivemos uma semana forte e tranquila, quando a gente pôde trabalhar com tranquilidade. Conseguimos nosso primeiro objetivo que era o acesso, mas para coroar todo esse trabalho, ser campeão seria maravilhoso. Curtimos o momento que tínhamos que curtir, aproveitamos, mas agora o foco é total na final, pois temos um jogo difícil, o Guarani é um time forte, mas sabemos das nossas capacidades. O que nos tranquiliza é que trabalhamos firme e estamos completamente focados para esta partida”.

  O oponente

 

Guarani comemora acesso, depois de “sufoco” no jogo em casa

Assim como o Tupynambás, o Guarani garantiu vaga no Módulo I do Mineiro em 2019 no último dia 21. Mas a equipe de Divinópolis não vem de vitória como o Baeta, já que perdeu por 1 a 0 para o Ubereba, em casa. Como havia vencido os uberabenses no primeiro jogo também por 1 a 0, o Bugre, com a vantagem de ter feito a melhor campanha da primeira fase, ficou com a classificação e avançou à final.

  Teve drama. Após um primeiro tempo melhor, o Bugre, na etapa final, foi surpreendido antes dos 20,  com a contusão de Elder. Como havia feito as três trocas, foi até o fim com 10 em campo. O Uberaba marcou aos 49 minutos, sem tempo suficiente para tentar o segundo gol.

  Para o confronto deste domingo, o time de Divinópolis tem um desfalque certo. O zagueiro e capitão do Bugre, Elder David, rompeu o tendão de Aquiles do pé direito e não joga mais esse ano. Vagner deve ser o substituto do defensor. Já o volante Kauê e o atacante Pedrinho deixaram o campo no jogo do acesso sentindo dores musculares e serão reavaliados, por isso são dúvidas. Se o primeiro não puder atuar, Yuri deve assumir a vaga na cabeça de área, já o ataque do técnico Gian Rodrigues pode ter Marcelo Quilder.

  Ingressos e acesso

  Os ingressos para Tupynambás x Guarani custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada) e podem ser adquiridos na sede social do Baeta (Rua Delorme Louzada, 32, Santa Teresa). No dia do jogo, as vendas começarão às 10h, mesmo horário da abertura dos portões do Estádio Municipal Radialista Mário Helênio. Mulheres e crianças até 12 anos não pagam.

  Artefatos pirotécnicos, fumaças e bebidas em vasilhames de vidro e lata não são permitidos. O lado verde do estádio estará disponível para os torcedores do Tupynambás, que deverão entrar pelo Pórtico 1 do portão principal do Estádio Municipal, e os visitantes pelo Pórtico 3, no Bairro Dom Orione. De acordo com a Settra, serão disponibilizados ônibus para transporte dos torcedores com saída às 9h30 e às 10h30, em frente à sede da Agência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), na Avenida Presidente Itamar Franco. Para o retorno ao Centro, o último veículo sairá do estádio 40 minutos após a partida.

Ficha técnica

TUPYNAMBÁS x GUARANI-MG

Estádio Municipal  Radialista Mário Helênio – 11h  

Tupynambás:  Glaysson; Catatau, Adriano, Vinícius e Lucas Hipólito; Gustavo, Brayan e Filipinho; Yan, Richard e Ademilson. Técnico: Guiba.

Guarani: Leandro Henrique; Ricardo Luz, Eduardo Mancha, Vagner e Thiago Balaio; Kauê (Yuri), Alemão e Leomir; Paulo Morais, Pedrinho (Marcelo Quilder) e Magalhães. Técnico: Gian Rodrigues.

Árbitro: Flávio Henrique Coutinho Teixeira (FMF). Árbitro Assistente 01: Marciano Pires de Lima (FMF). Árbitro Assistente 02: Samuel Henrique Soares Silva (FMF). Quarto Árbitro: Leonardo Prado Neves Silva (FMF). Quinto Árbitro: Warlen Breno Paixão Salgado (FMF). Árbitro Assistente Adicional 01: Enivaldo Lopes da Silva (FMF). Árbitro Assistente Adicional 02: José Alfredo Filho (FMF). Instrutor: Giuliano Bozzano.

 

Texto e artes: Toque de Bola, com informações complementares da assessoria do Baeta

Fotos: Tupynambás e Guarani – Divulgação

 


Voltar

Deixe uma resposta


Mais notícias



15 out 2018

Metas alcançadas! Futsal é campeão e basquete é vice na Regional do Jimi


08 out 2018

Copa Toque de Bola de Futsal: veja resultados e fotos


02 out 2018

Aprovado! Troféu Mário Caruso de Ciclismo de Estrada comemora sucesso

Notícias


16 out 2018

Veja como ficou situação da UFJF/Asepel depois de vitória e derrota fora


15 out 2018

Metas alcançadas! Futsal é campeão e basquete é vice na Regional do Jimi


13 out 2018

Fim de Estadual! JF Vôlei termina sem vencer; Sada/Cruzeiro é campeão


10 out 2018

Detalhes tão pequenos… Baeta segue com Alberto e acerta ponteiros na segunda


+ notícias

Toque de Bola


O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.

Desenvolvimento




Acesse

error: Conteúdo protegido.