Amanda Oliveira, do Cria/UFJF, é bicampeã nos 5 mil e 10 mil no Brasileiro sub-23

Amanda Oliveira no topo do pódio

  O atletismo juiz-forano mostrou a força de seus expoentes no último fim de semana em Porto Alegre. Ao final do domingo, dia 29, o saldo dos representantes locais do Centro Regional de Iniciação ao Atletismo da Universidade Federal de Juiz de Fora (Cria/UFJF) na disputa do Campeonato Brasileiro de Atletismo sub-23 foi de duas medalhas de ouro e duas de bronze na competição realizada no Estádio José Carlos Daudt, da Sogipa.

  Amanda Aparecida de Oliveira, de 21 anos, dominou as provas de 5 mil e 10 mil metros na pista gaúcha e ficou com o ouro em ambas – bicampeã nas duas distâncias.

  Já Luiz Maurício Dias, 18, chegou ao pódio tanto no lançamento de disco como no lançamento de dardo, faturando o bronze nas competições. O terceiro representante juiz-forano, Francisco Lima, 18, acabou se sentindo mal e não disputou a competição.

Domínio total

 

Amanda Oliveira

Nas provas nas quais venceu, Amanda dominou completamente suas adversárias. Nos 5 mil metros, a local fez o tempo de 17min20s39, ficando quase 27 segundos na frente da segunda colocada, a paranaense Graziele Zarri, que teve a marca de 17min47s20. Lorena Nunes Alves, do Distrito Federal, completou o pódio, com 17min54s31.

  Os 10 mil metros também tiveram Amanda sobrando na turma, fechando o percurso com o tempo de 36min55s49. Dessa vez, Lorena, bronze nos 5 mil metros, foi a segunda, com 37min22s13. A terceira colocação da distância ficou com Helen Spadari, com 38min58s38.

  Luiz Maurício em terceiro

Luiz Maurício ficou em terceiro

Luiz Maurício, que competiu uma categoria acima da sua, já que ainda tem idade para disputar o Brasileiro de Atletismo sub-20, também fez bonito. No lançamento de dardo, para o qual o juiz-forano tem índice para o Mundial de Atletismo sub-20 que ocorre em julho na Finlândia, o juiz-forano conquistou o bronze com a marca de 65,13m, ficando atrás do amazonense Pedro Henrique Rodrigues (70,35m) e do paulista Pedro Luiz Barros (68,29).

  No lançamento de disco, Luiz Maurício também faturou o bronze, fazendo a marca de 49,12m. O paulista Cleverson Oliveira ficou no topo do pódio, lançando para 56,47m, e o também paulista Wellington Fernandes Filho, ficou em segundo, com 52,94m.

Deixe seu comentário