07 mar 2018

Vitória de Montes Claros complica situação do JF Vôlei na Superliga



Classificação da Superliga masculina 2017/18. Mesmo que o JF Vôlei vença as duas partidas finais, não pode mais alcançar o Montes Claros. Clique sobre a imagem para ampliar

 O JF Vôlei está rebaixado para a Superliga B. O Montes Claros derrotou o vice-líder da Superliga, Sesc, por 3 sets a 1 na noite desta terça-feira, no Rio de Janeiro, parciais de 23/25, 25/18, 24/26 e 19/25.

  Assim, mesmo que vença as duas partidas restantes da fase de classificação (diante do Canoas, sábado, dia 10, no ginásio da Faefid-UFJF, e dia 17, fora, contra o Corinthians-Guarulhos) e seus adversários mais próximos percam, o JF Vôlei não tem mais como alcançar a décima posição. Faria, no máximo, 14 pontos, contra 16 do MOC.

 Se não houver mudanças entre os 10 primeiros colocados visando a edição 2018/19, como eventuais perdas de patrocínio, o JF Vôlei estará rebaixado e disputará a Superliga B da próxima temporada. De acordo com o regulamento, porém, há uma possibilidade de permanência.

  Embora esteja previso o descenso das duas equipes com pior pontuação e ascensão dos dois primeiros colocados da Superliga B, o mesmo regulamento determina:  “Caso haja desistência ou impedimento entre as 12 (doze) equipes classificadas para temporada 2018/2019, com observância das normas do presente regulamento a vaga será preenchida de acordo com a seguinte ordem: 1º – Equipe 11ª colocada na Superliga 2017/2018″

  Hoje, o JF Vôlei está justamente na 11ª colocação, um ponto acima do Maringá. Com isso, será fundamental que o time da cidade termine a frente do atual lanterna para manter essa possibilidade, em função de o texto priorizar,em caso de desistência, o 11º colocado e não o terceiro lugar da Superliga B.

 “Nosso objetivo agora é terminar a Superliga em 11° para termos chance na desistência de alguma equipe”, confirma o supervisor da equipe local, Heglisson Toledo.

  Regulamento

Superliga masculina 2017/18: jogos da nona rodada do returno da fase de classificação

 Confira, abaixo, o trecho do regulamento que trata especificamente da questão dos critérios de descenso:

“ARTIGO 7º- A SUPERLIGA MASCULINA E FEMININA 2017/2018, SERÁ DISPUTADA COM ATÉ 12 (DOZE) EQUIPES CADA. DESTAS 12 (DOZE) EQUIPES, TERÃO DIREITO A HABILITAÇÃO PARA A SUPERLIGA MASCULINA E FEMININA 2018/2019  AS EQUIPES QUE CUMPRIREM AS EXIGÊNCIAS ABAIXO: 

 Regulamento Superliga 2017/2018 

  • Ter sido classificada entre as 10 (dez) melhores equipes participantes da Superliga Masculina e Feminina 2017/2018.

As equipes classificadas em 11º e 12º passam a disputar a Superliga Série “B” – 2019.

  • Ter sido classificada em 1º e 2º lugar na Superliga Masculina e Feminina “SERIE B” em 2018 e,
  • 1º- Caso haja desistência ou impedimento entre as 12 (doze) equipes classificadas para temporada 2018/2019, com observância das normas do presente regulamento a vaga será preenchida de acordo com a seguinte ordem:
  • 1º – Equipe 11ª colocada na Superliga 2017/2018

2º – Equipe 12ª colocada na Superliga 2017/2018

3ª- Equipe 3ª colocada na Superliga Série B 2018, e assim sucessivamente até esgotarem as equipes”

   MOC bate vice-líder

 

Montes Claros surpreendeu o Sesc em jogo adiado da nona rodada

 O oposto Alemão foi eleito o melhor em quadra no triunfo do Montes Claros e, por isso, premiado com o Troféu VivaVôlei Cimed. O atacante ainda foi o maior pontuador, ao marcar 25 vezes (23 de ataque e dois de bloqueio). “Viemos um pouco mais soltos para jogar hoje, mas sabíamos que, para ganhar, teríamos que jogar muito. Nos preparamos muito forte e o Sul-Americano nos deu ritmo e confiança com os resultados positivos. Hoje, enfrentamos um time forte e a melhor maneira de respeitar uma equipe como essa é jogando ao máximo. Demos tudo que podíamos e deu certo”, disse Alemão.

  O Montes Claros Vôlei esteve na disputa do Campeonato Sul-Americano de Clubes até o último sábado (03.03) e ficou com a terceira colocação. Outro destaque da partida ficou por conta do jovem levantador, Cristiano. Aos 21 anos, o jogador fez sua primeira partida como titular em uma edição de Superliga e saiu de quadra emocionando. “Acho que nem nos meus melhores sonhos eu poderia imaginar uma noite como essa. Claro que sempre jogo para ganhar, mas hoje tive a oportunidade de começar como titular aqui no Rio, na minha cidade, com toda a minha família aqui comigo, e ainda vencendo uma forte equipe como a do Sesc RJ. Estou emocionado”, disse Cristiano.

SUPERLIGA CIMED MASCULINA 17/18

Superliga masculina 2017-18. Tabela da décima rodada do returno da fase de classificação

NONA RODADA DO RETURNO

03.03 (SÁBADO) – Corinthians-Guarulhos (SP) 3 x 1 Lebes Canoas (RS), às 15h, no ginásio Ponte Grande, em Guarulhos (SP) (25/20, 25/23, 20/25 e 25/21)

03.03 (SÁBADO) – Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) 1 x 3 Minas Tênis Clube (MG), às 18h30, no ginásio Chico Neto, em Maringá (PR) (25/22, 19/25, 20/25 e 16/25)

03.03 (SÁBADO) – EMS Taubaté Funvic (SP) 0 x 3 Sesi-SP, às 19h, no Abaeté, em Taubaté (SP) (12/25, 23/25 e 18/25)

03.03 (SÁBADO) – Ponta Grossa Caramuru (PR) 3 x 1 JF Vôlei (MG), às 20h, na Arena Multiuso, em Ponta Grossa (PR) (27/29, 25/19, 25/19 e 26/24)

06.03 (TERÇA-FEIRA) – Sesc RJ 1 x 3 Montes Claros Vôlei (MG), às 20h, no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ) (23/25, 25/18, 24/26 e 19/25)

14.03 (QUARTA-FEIRA) – Sada Cruzeiro (MG) x Vôlei Renata (SP), às 20h, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG)

 

 

Texto: Toque de Bola, com informações da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV)

Foto: Erbs Jr.

Artes: Toque de Bola, com informações do site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV)

Edição: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


18 out 2018
Superliga masculina 2018/2019: veja tabela, novidades e projeções

18 out 2018
Primeiro Tu-Tu! Times de JF na elite mineira se reúnem com a SEL

18 out 2018
Tupynambás: objetivo é manter-se na elite do Campeonato Mineiro

18 out 2018
Para trás e para a frente! Tupi ainda tem dívidas, mas já pensa em 2019

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.