JF Vôlei tem semana de desafios seguidos em busca da reação na Superliga

Agenda do JF Vôlei no returno da Superliga. Clique sobre a imagem para ampliar

   O JF Vôlei não tem muito tempo para lamentar a derrota por 3 sets a 0 sofrida na noite de sexta-feira, dia 16, para o “parceiro-pedreira” Sada Cruzeiro, em Contagem, na abertura da sexta rodada do returno da Superliga masculina 2017/18.

  A tabela reserva dois compromissos próximos na semana. Na quarta-feira, dia 21, fora de casa, às 20h, o sexteto local visita o Sesc-RJ, no Rio de Janeiro. Já no sábado, dia 19, às 18h, o reencontro com a torcida se dará diante do Maringá, concorrente direto na luta contra o descenso, no ginásio da Faefid-UFJF.

  Pelo regulamento, os oito primeiros colocados disputarão os playoffs e as duas equipes com o menor número de pontos ao final da fase de classificação disputarão a Superliga B na próxima temporada. Juiz de Fora está na disputa da sétima Superliga consecutiva. Na competição 2016/17, comandada por Renan, de 2,17m, hoje no Sesc-RJ, o time da cidade alcançou pela primeira vez  uma vaga nos playoffs, sendo superada, na oportunidade, por Taubaté.

   Desta vez, com uma formação mais jovem, e com o crescimento técnico dos concorrentes, JF Vôlei precisa de uma reação espetacular nas rodas restantes do returno para fugir das duas últimas colocações. Em penúltimo, tem a chance de se distanciar do atual lanterna, Maringá, também com quatro pontos, mas o time treinado por Henrique Furtado ainda precisa tirar uma diferença que hoje está em oito pontos para o Caramuru, décimo lugar, com 12 pontos.

   O jogo

Jogadores do sada Cruzeiro comemoram ponto sobre o JF Vôlei

  O Sada Cruzeiro (MG), atual campeão e líder do campeonato, superou o JF Vôlei (MG) com parciais de 25/20, 25/21 e 25/19. Com o resultado positivo, o time cruzeirense chegou a 46 pontos após 15 vitórias e apenas duas derrotas. Nesta noite, o oposto Alemão foi eleito pela comissão técnica do seu time como o melhor jogador em quadra e foi premiado com o Troféu VivaVôlei. O jogador também saiu de quadra como maior pontuador do confronto, com 15 acertos (11 de ataque, dois de saque e dois de bloqueio).

Após a partida, o atacante falou sobre substituir o titular Evandro, que sentiu dores nas costas e foi poupado na partida. “É difícil a gente ter uma oportunidade e quando ela aparece, tem que aproveitar. O Evandro sentiu um pouco as costas hoje e estou muito feliz por ter representado ele bem em quadra. Todo mundo se ajuda muito nesse time, e esse troféu é um símbolo do trabalho de todos”, disse Alemão.

Outro destaque da partida ficou por conta da volta do ponteiro Rodriguinho, que ficou pouco mais de um mês sem jogar devido a uma lesão no tornozelo esquerdo. O jogador entrou no lugar do experiente Filipe e comemorou o retorno as quadras. “Aos poucos vou melhorando, sentindo um pouco mais de confiança nos movimentos, de correr um pouco mais rápido, saltar mais forte. Eu estou muito feliz por voltar. Infelizmente eu fiquei fora de alguns jogos, que eu gostaria muito de ter estado com a equipe. É muito bom voltar, até antes do esperado, e estou me sentindo bem e muito feliz por isso”, contou Rodriguinho.

   Sesc vem de vitória

Sesc-RJ supera Canoas com destaque para Renan, ex-JF Vôlei

Sesc RJ e Lebes Canoas (RS) se enfrentaram em jogo descentralizado, em Capão da Canoa (RS), na noite de sábado, dia 17, pela sexta rodada do returno da Superliga Cimed masculina de vôlei 2017/2018. Em partida equilibrada, o time do Rio de Janeiro (RJ) levou a melhor e venceu por 3 sets a 1 (22/25, 25/14, 25/21 e 25/23), no ginásio Otto Birlem.

O oposto Renan saiu de quadra como maior pontuador do confronto, com 19 acertos, sendo 16 de ataque, um de saque e dois de bloqueio. Mais votado no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), o ponteiro João Rafael foi premiado com o Troféu VivaVôlei Cimed.

Com a vitória, o Sesc RJ seguiu na segunda colocação, na cola do líder Sada Cruzeiro (MG). O time carioca soma 45 pontos, apenas um a menos do que a equipe mineira. O EMS Taubaté Funvic (SP) é o terceiro colocado, com 39 pontos, seguido pelo Sesi-SP (38), e Minas Tênis Clube (MG), que tem 34 pontos.

EQUIPES

LEBES CANOAS – Pedro, Abouba, Michel, Matheus, Eduardo e Rodrigo. Líbero – Pallotti. Entraram: Maurício, Rodrigues, Leandrão. Técnico: Marcel Matz

SESC RJ – Thiaguinho, Renan, Tiago Barth, Maurício Souza, João Rafael e Maurício Borges. Líbero – Tiago Brendle. Entraram: Everaldo, PV, Japa. Técnico: Giovane Gávio

Outros resultados 

Classificação da Superliga. Clique sobre a imagem para ampliar

O Corinthians-Guarulhos (SP) esteve em Campinas (SP) e levou a melhor sobre o Vôlei Renata (SP) por 3 sets a 1. A equipe do líbero Serginho fez parciais de 25/21, 22/25, 25/21 e 25/22, com destaque para o central Riad, premiado com o Troféu VivaVôlei Cimed. O oposto Leandro Vissotto, do time campineiro, foi o maior pontuador da partida, com 15 acertos, todos em ataque.

  Também fora de casa, o EMS Taubaté Funvic (SP) venceu o Minas Tênis Clube (MG) por 3 sets a 1, com parciais de 25/23, 29/31, 25/15 e 25/16. O central Otávio teve atuação destacada e recebeu o Troféu VivaVôlei Cimed após ser eleito, pela comissão técnica do seu time, o melhor em quadra. Outro destaque ficou por conta do ponteiro Ivovic, maior pontuador do confronto, com 18 pontos, sendo 12 de ataque, cinco de saque e um de bloqueio.

  Em mais uma partida onde o visitante levou a melhor, o Sesi-SP bateu o Montes Claros Vôlei (MG) também por 3 a 1 (22/25, 25/20, 25/20 e 25/21). O ponteiro campeão olímpico, Lipe, foi o nome do time paulista e saiu de quadra com o Troféu VivaVôlei Cimed em mãos. Apesar da derrota do seu time, o ponteiro Lisandro Zanotti foi quem mais marcou ao fazer 18 pontos (16 de ataque, um de saque e um de bloqueio).

  No duelo paranaense, muito equilíbrio. No final, o Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) conseguiu a primeira vitória na Superliga Cimed 17/18 ao bater o Ponta Grossa Caramuru (PR) por 3 sets a 2 (20/25, 25/15, 25/9, 17/25 e 15/11). O levantador campeão olímpico e presidente do clube de Maringá, Ricardinho, foi eleito o melhor do jogo e recebeu o Troféu VivaVôlei Cimed.

SUPERLIGA CIMED MASCULINA 2017/2018

Sexta rodada do returno


Jogos da sétima rodada do returno da Superliga. Clique sobre a imagem para ampliar

16.02 (SEXTA-FEIRA) – Sada Cruzeiro (MG) 3 x 0 JF Vôlei (MG), às 20h, no ginásio Riacho, em Contagem (MG) (25/20, 25/21 e 25/19)

17.02 (SÁBADO) – Vôlei Renata (SP) 1 x 3 Corinthians-Guarulhos (SP), às 18h, no Taquaral, em Campinas (SP) (21/25, 25/22, 21/25 e 22/25)

17.02 (SÁBADO) – Minas Tênis Clube (MG) 1 x 3 EMS Taubaté Funvic (SP), às 18h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (23/25, 31/29, 15/25 e 16/25)

17.02 (SÁBADO) – Montes Claros Vôlei (MG) 1 x 3 Sesi-SP, às 19h, no Tancredo Neves, em Montes Claros (MG) (25/22, 20/25, 20/25 e 21/25)

17.02 (SÁBADO) – Ponta Grossa Caramuru (PR) 2 x 3 Copel Telecom Maringá Vôlei (PR), às 20h, na Arena Multiuso, em Ponta Grossa (PR) (25/20, 15/25, 9/25, 25/17 e 11/15)

17.02 (SÁBADO) – Lebes Canoas (RS) 1 x 3 Sesc RJ, às 21h, no ginásio Otto Birlem, em Capão da Canoa (RS) (25/22 14/25 21/25 23/25)

 

Textos: Toque de Bola e site da Confederação Brasileira de Voleibol – CBV

Artes: Toque de Bola, com informações do site da CBV

Fotos: Fernando Potrick – Gama e Renato Araújo – Sada Cruzeiro

Edição: Toque de Bola

Deixe seu comentário