29 jan 2018

Rodada tem vitórias de Cruzeiro, América e Uberlândia e empate do Atlético



Resultados da rodada 4 do Campeonato Mineiro. Clique sobre a imagem para ampliar

   Mesmo líder, primeiro gol de artilheiro e dois Galos em clima bem diferente. Foi assim a quarta rodada do Campeonato Mineiro, que ficou marcada pelo primeiro gol de Fred com a camisa do líder Cruzeiro.

  A equipe celeste viajou para enfrentar o Tombense, e venceu de virada com um gol do camisa 9 e outro de Rafinha, artilheiro isolado do campeonato, com quatro gols. A Raposa chegou aos dez pontos, e mantém a liderança.

  Outro time da capital que faz bom campeonato é o América, que assim como o Cruzeiro, soma dez pontos e está invicta, ocupando a segunda posição pelos critérios de desempate. O Coelho bateu, em casa, o Boa Esporte.

  Mas Belo Horizonte não foi só festa no final de semana. O Atlético entrou em campo com todos os titulares  que foram poupados na última rodada, mas estes acabaram não fazendo tanta diferença assim. O alvinegro fechou o primeiro tempo em vantagem após abrir 2 a 0, mas cedeu o empate em atuação que pouco convenceu, e gerou protestos da torcida.

  A pressão por resultados também afetava outro Galo antes do inicio da rodada, o Carijó. Após o pior início de sua história no Campeonato Mineiro, o Tupi superou a Caldense em Juiz de Fora. Acesse aqui para ver como foi

  De acordo com o regulamento, o Campeonato Mineiro tem uma novidade este ano: a fase quartas-de-final entre os oito primeiros colocados, em partidas únicas. Os dois últimos colocados ao final da fase de classificação – aqui, sem novidades – serão rebaixados para o Módulo 2 de 2019.

  América 1×0 Boa Esporte

 

Luan marca, de pênalti, gol da vitória do América

O América segue invicto. A equipe da capital teve grande domínio sobre o Boa, que acumulou a segunda derrota consecutiva e soma apenas quatro pontos, contra dez do Coelho.

Estádio: Independência

América: Glauco; Aderlan, Messias, Rafael Lima e Carlinhos; Zé Ricardo, Matheus Sales (David), Gerson Magrão (Renan Oliveira); Aylon (Norberto), Luan e Rafael Moura. Técnico: Enderson Moreira.

Boa Esporte: Fabrício; Igor Amaral, Caíque, Igor Ribeiro e Elivélton Foguinho; Alyson (Christiano), Romário Leiria, Marcílio (Diego Luis); Gerônimo, Sapé (João Guilherme). Técnico: Sidney Moraes.

Árbitro: Igor Júnio Benevenuto (CBF) Assistentes: Sidmar dos Santos (CBF) e Magno Arantes de Lira (CBF).

Gol: Luan, aos 27 minutos do 1º tempo.

Cartões amarelos: Sapé e Romário Leiria (Boa Esporte)

Público: 3.126 torcedores presentes
Renda: R$ 13.245,00

 

Tombense 1×2 Cruzeiro

Fred marca seu primeiro gol na volta ao Cruzeiro: vitória em Ipatinga sobre o Tombense

  Em partida marcada pelo primeiro gol de Fred no retorno ao Cruzeiro, equipe celeste foi para o intervalo com a derrota parcial de 1 a 0. A sequência de Mano Menezes e constância da equipe acabaram sendo fundamentais para a virada na segunda etapa e manutenção da invencibilidade.

  Com o gol sofrido logo aos 6 minutos da etapa final, a equipe de Tombos se assustou, tomou três cartões amarelos nos últimos 45 minutos e acabou cedendo a virada ao Cruzeiro.

  A Raposa lidera o campeonato com 10 pontos e a Tombense ocupa a oitava colocação, com apenas quatro pontos conquistados.

Estádio:Ipatingão

Tombense: Darley; David, Welington Carvalho, Anderson e Bruninho; PH, Natan (Everton), Caio César (Maycon Douglas),  Cássio Ortega; Daniel Amorim, Flávio (Luiz Fernando). Técnico: Ramon

Cruzeiro: Fábio; Edílson, Leo, Murilo e Egídio; Bruno Silva, Ariel Cabral, Rafinha, Thiago Neves (Rafael Sobis), Arrascaeta (Robinho); Fred (Raniel). Técnico: Mano Menezes.

Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (CBF) Assistentes: Marcus Vinicius Gomes (CBF) e Marcyano da Silva (CBF).

Gols: Daniel Amorim, aos 45 minutos do 1º tempo, Fred, aos 6 minutos do 2º tempo e Rafinha, aos 30 minutos do 2º tempo.

Cartões amarelos: Welington Carvalho, PH, Caio César e Cássio Ortega (Tombense); Ariel Cabral e Robinho (Cruzeiro).

Público: 14.751 pessoas
Renda: R$781.290,00

Classificação do Campeonato Mineiro. Clique sobre a imagem para ampliar

 Atlético 2×2 Patrocinense

  Nem a equipe titular salvou o Galo de mais um tropeço. Depois da derrota fora de casa para o Villa Nova, quando o técnico Oswaldo de Oliveira mandou os reservas para o jogo, a necessidade da conquista de pontos aumentou para o Atlético.

  Os titulares abriram 2 a 0 na primeira etapa, mas acabaram cedendo o empate nos 45 minutos complementares. Empate com gosto amargo para a equipe da capital, e muito comemorado pelos visitantes, que mantêm a sexta colocação na tabela.

Estádio: Independência

Atlético: Victor; Samuel Xavier, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Arouca, Elias (Gustavo Blanco), Cazares (Bruno Roberto) e Otero; Roger Guedes (Marco Túlio) e Ricardo Oliveira. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Zagueiro Leonardo Silva, Atlético abre 2 a 0, mas acaba cedendo empate em casa

Patrocinense: Neguete; Ângelo, Diego Borges, Rodolfo Mol e Danilo Tarracha (Magal); Leomir, Mário César, Jefersom Berger e Juninho Arcanjo (Diogo Peixoto); Ademir (Marcelo Régis) e Gênesis. Técnico: Rogério Henrique.

Árbitro: Felipe Fernandes de Lima Auxiliares: Ricardo Junio de Souza (CBF) e Augusto Magno de Ramos (CBF).

Gols: Leonardo Silva, aos 24 minutos do 1º tempo, Diego Borges (contra) aos 47 minutos do 1º tempo, Marcelo Régis, aos 16 minutos do 2º tempo e Ademir, aos 30 minutos do 2º tempo.

Cartões amarelos: Rodolfo Mol, Magal, Mário César, Juninho Arcanjo e Ademir (Patrocinense); Fábio Santos (Atlético).

Cartão vermelho: Rodolfo Mol, por receber o segundo cartão amarelo, aos 36 minutos da segunda etapa.

Público: 20.234 pagantes

Renda: R$ 168.016,00

 

Uberlândia 2×0 Villa Nova

Uberlândia vence com bonitos gols diante do Villa Nova

  Um jogo, duas situações opostas. O Uberlândia, que vinha de derrota na competição, superou o Villa, que vinha de resultado histórico ao vencer o Atlético em Nova Lima.

  Superior durante a partida, a equipe da casa mereceu a vitória e subiu sete posições na tabela, ocupando a terceira colocação. O Villa por sua vez, desceu dois degraus, e agora é o penúltimo colocado, com apenas três pontos.

Estádio: Parque do Sabiá

Uberlândia: Felipe; Cesinha, Mauro Viana, Bruno Costa e Rafael Estevam; João Paulo, Daniel Pereira e Lima (Eliomar); Danilo Bala (Jarlan), Ale (Ricardo) e Deividson. Técnico: Paulo César Catanoce.

Villa Nova: Renan; Nequinha, Otávio Henrique, Rafael e Tchê; Ceará (Luis Felipe), Marzagão, Núbio Flávio (Valdanes) e Paulo Vitor (Leozinho); Carrara e Daniel Morais. Técnico: Ito Roque

Árbitro:Antônio Mário Teixeira (CBF) Auxiliares: Luiz Antônio Barbosa (CBF) e Pedro Araújo Dias

Gols: Tchê (contra) aos seis minutos do 2º tempo e Jarlan, aos 18 minutos do 2º tempo.

Cartões amarelos: Clebão

 

Texto com informações das agências e da Federação Mineira de Futebol

Fotos: Estadão e site e redes sociais de Atlético Mineiro, América Mineiro e Uberlândia

Arte: Toque de Bola, com informações da Federação Mineira

 

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


17 out 2018
Renovação! Liga Desportiva da Zona da Mata levanta a bola do vôlei

13 out 2018
Fim de Estadual! JF Vôlei termina sem vencer; Sada/Cruzeiro é campeão

11 out 2018
Semifinal! JF Vôlei encara Sada/Cruzeiro em Contagem pelo Mineiro

11 out 2018
Terceira etapa da Copa JF de Natação AABB-Panathlon 2018 é sucesso

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.