Democrata perde aos 49, em casa, e não abre vantagem sobre o Tupi

   

Resultados da quarta rodada do Campeonato Mineiro 2018. Clique sobre a imagem para ampliar

  O complemento da quarta rodada do Campeonato Mineiro teve uma derrota de mandante. Mesmo em Governador Valadares, em noite de muita chuva nesta segunda-feira, dia 29, o Democrata foi derrotado por 2 a 1 para a URT (União Recreativo dos Trabalhadores), de Patos de Minas.

  Com isso, a Pantera se complica e permanece na zona de rebaixamento da competição, na penúltima colocação, com os mesmos três pontos do Tupi, com vantagem no saldo de gols.

   Encerrado um terço da fase de classificação, o Estadual já indica algumas situações. Com os tropeços do Atlético, que tem alternado titulares e reservas e mesmo com a equipe principal perdeu pontos, a dupla Cruzeiro e América mantém a ponta, com 10 pontos cada.

 Com o triunfo fora de casa, a URT saltou para a terceira posição, com oito pontos. Ainda antes do Galo da capital, aparece o Uberlândia, com seis pontos – tem duas vitórias e duas derrotas.

  O Atlético tem a mesma pontuação que Patrocinense e Caldense – cinco pontos, com vantagem no saldo de gols. Tombense e Boa contabilizam quatro pontos e estão em situação delicada, assim como Villa Nova, Democrata e Tupi.

Classificação do Campeonato Mineiro 2018 após quatro rodadas. Clique sobre a imagem para ampliar

  Confronto contra capital  

  Os três últimos colocados apresentam alguns fatos que devem ser destacados quanto ao confronto diante das equipes da capital. O Tupi, em quatro rodadas, já encarou Cruzeiro e América, sendo derrotado nas duas situações.

   O Villa Nova quebrou longo tabu e superou o Atlético em Nova Lima, mas em compensação não somou um ponto sequer nos outros três compromissos.

   O Democrata perdeu para o Atlético na segunda rodada, em Belo Horizonte, e foi derrotado nas duas partidas em que foi o mandante – além do revés diante da URT, caiu na estreia para a Caldense, também por 2 a 1.

 

Projeção

Jogos da quinta rodada do Campeonato Mineiro 2018. Clique sobre a imagem para ampliar

  A quinta rodada já programa um confronto direto na zona da degola. Villa Nova e Tupi enfrentam-se domingo, dia 4, às 16h, em Nova Lima, com ambos em situação delicada.

   A partida marca, fora de campo, o reencontro do dirigente Alberto Simão com o clube de Santa Terezinha. Depois de atuar na gestão do futebol do Carijó, hoje o dirigente está no Villa Nova, na divisão principal, e também no Tupynambás, que disputará pelo segundo ano consecutivo o Módulo 2.

   Já o Democrata tem compromisso longe da torcida: encara a Patrocinense no domingo, às 17h, em Patrocínio.

 A derrota

    Na noite desta segunda-feira, dia 29, no Mamudão, em Governador Valadares, sob muita chuva, as equipes fizeram um jogo bastante disputado e decidido somente nos instantes finais. Melhor para o Trovão Azul, que venceu mais uma e se manteve na terceira posição na competição.

Democrata x URT no complemento da quarta rodada do Campeonato Mineiro 2018: muita chuva em Governador Valadares

  Mesmo com o dilúvio que caiu no Vale do Rio Doce, a URT conseguiu um importantíssimo resultado contra a Pantera e é mais uma equipe que segue invicta no Estadual. A vitória por 2 a 1 conquistada longe dos seus domínios teve tons dramáticos. 

   No primeiro tempo, aos 14 minutos, o zagueiro Victor Salinas abriu a contagem para os visitantes. Já na etapa final, aos 38, Rodolfo Mol mandou a bola para as próprias redes e deixou os times novamente em igualdade. Quando o placar parecia estar definido, Bruninho, no último suspiro, aos 49 minutos, fez o gol que garantiu o triunfo do Trovão.
 
 Expulsões
 
  Cada equipe terminou o encontro com dez jogadores. Aos 17 minutos do segundo tempo, Kayo Cesar, do Democrata, recebeu o segundo cartão amarelo e o vermelho. Já aos 43 minutos da etapa final, Jô, da URT, recebeu cartão vermelho direto.
 
   A súmula do árbitro Murilo Francisco Misson Júnior descreve assim o lance: “Expulsei diretamente do campo de jogo este atleta por tão logo ter
sofrido uma falta no meio de campo, ter atingido com a sola da chuteira seu adversário, com uso de força excessiva na altura do peito de maneira proposital”.
 
 
Texto: Toque de Bola, com informações do site da Federação Mineira de Futebol
 
Artes: Toque de Bola, com informações da Federação Mineira
 
Foto: Divulgação

Deixe seu comentário